• Últimas Notícias

    terça-feira, 7 de janeiro de 2020

    Nasa anuncia descoberta de planeta do tamanho da Terra

    frc-d534f5b0d08ab883e53822d23e742642
    A Nasa, agência espacial norte-americana, anunciou nessa segunda-feira (6) a descoberta de um planeta do tamanho da Terra, a orbitar uma estrela a uma distância que torna possível a existência de água, em área identificada como habitável.

    O planeta é chamado de "TOI 700 d" e está relativamente próximo da Terra, a 100 anos-luz de distância, informou a agência.

    A descoberta foi feita pelo satélite Tess, "projetado e lançado especificamente para encontrar planetas do tamanho da Terra e a orbitar estrelas próximas", explicou o diretor da Divisão de Astrofísica da Nasa, Paul Hertz.

    Outros planetas semelhantes foram descobertos antes, principalmente pelo antigo telescópio espacial Kepler, mas este é o primeiro do Tess, lançado em 2018.

    O Tess descobriu três planetas a orbitarem a estrela, denominados "TOI 700 b", "c" e "d". Somente o "d" está na chamada área habitável. É quase do tamanho da Terra (20% a mais), circula a estrela em 37 dias e recebe o correspondente a 86% da energia fornecida pelo Sol à Terra.

    Os pesquisadores geraram modelos baseados no tamanho e tipo da estrela, a fim de prever a composição da atmosfera e a temperatura da superfície.

    Uma das simulações, segundo a Nasa, indica um planeta coberto por oceanos, com "uma atmosfera densa dominada por dióxido de carbono, semelhante à aparência de Marte quando jovem, de acordo com as suposições dos cientistas".

    Uma face deste planeta está sempre voltada para a sua estrela, como é o caso da Lua com a Terra, um fenômeno chamado de rotação síncrona. Essa face estaria constantemente coberta de nuvens, de acordo com este modelo.

    Outra simulação prevê uma versão da Terra sem oceanos, onde os ventos soprariam do lado oculto em direção à face iluminada.

    Vários astrônomos estão agora oservando o planeta com outros instrumentos, tentando obter novos dados que possam corresponder a um dos modelos previstos pela Nasa.

    *Emissora pública de televisão de Portugal.

    Agência Brasil

    RN lidera exportação de frutas e pescados em 2019

    No ano passado, o estado exportou US$ 349,3 milhões
    O resultado da balança comercial brasileira de 2019 coloca o Rio Grande do Norte como maior exportador de frutas do país, o que impulsionou os bons índices da balança comercial potiguar no ano passado. Mas, além do destaque na exportação de frutas, o RN também se destacou na exportação de pescados. Através de redes sociais, o secretário estadual de Planejamento, Aldemir Freire, informou que o RN também foi lidera a exportação de peixes frescos ou refrigerados.

    "Além do Rio Grande do Norte liderar as exportações brasileiras de frutas, também lidera as exportações de peixes frescos ou refrigerados (geralmente atuns). Em 2019 o Brasil exportou US$ 38,2 milhões em peixes frescos ou refrigerados", disse o secretário. Desse total, US$ 12,2 milhões saíram pelo território potiguar.

    Ainda segundo o secretário, em 2019, o RN exportou US$ 349,3 milhões. Foi o maior volume de exportações desde 2009. Destaque para as exportações de frutas (US$ 158,2 milhões).

    No geral, a balança comercial brasileira teve, em 2019, o menor superávit desde 2015. O saldo ficou positivo em US$ 46,7 bilhões, 19,6% abaixo do registrado em 2018. Segundo o Ministério da Economia, o resultado é explicado pelas quedas tanto no valor das exportações quanto das importações.

    De Fato

    Mega-Sena: Loteria sorteia nesta quarta-feira prêmio estimado em R$ 6 milhões

    As seis dezenas serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, da Caixa Econômica Federal, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

    Segundo a Caixa, caso aplicado na poupança, o valor do prêmio renderia R$ 17,2 mil por mês. O dinheiro seria também suficiente para adquirir 150 carros populares, no valor de R$ 40 mil.

    Os apostadores poderão fazer os seus jogos até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em qualquer loja lotérica credenciada pela Caixa, em todo o país.

    A cartela, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.