• Últimas Notícias

    quarta-feira, 13 de novembro de 2019

    Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 10,5 milhões no sábado

    Nenhuma aposta acertou as seis dezenas da Mega-Sena do concurso 2207, sorteadas hoje (13), em São Paulo. Com isso, o prêmio acumulou e próximo sorteio, no sábado (16), tem prêmio estimado em R$ 10,5 milhões.

    As dezenas sorteadas nesta quarta-feira foram: 06, 10, 11, 43, 53, 55.

    Trinta e nove apostas acertaram a Quina e receberão R$ 49.905,76. Já a Quadra teve 2.736 apostas ganhadoras, com prêmio de R$ 1.016,25.

    Sesap confirma mais dois de casos de sarampo no Rio Grande do Norte

    A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) confirmou na manhã desta quarta-feira, 13, mais dois casos de sarampo. Segundo a pasta, os confirmados são de duas pessoas do sexo masculino, um com 30 anos, de Natal, e o outro com 29 anos residente em Parnamirim. Com estes, são seis o total já registrado no Rio Grande do Norte. De acordo com o novo Boletim Epidemiológico sobre a doença, o número de casos notificados é 85, dos quais 52 foram descartados e 27 permanecem em investigação.

    O paciente de Natal teve contato com o homem de 54 anos, primeiro caso de sarampo no Estado registrado em julho deste ano e que teve histórico de viagem a São Paulo. Já o homem de 29 anos teve o caso notificado em setembro, também após viagem à cidade paulista.

    Os outros já confirmados e divulgados anteriormente pela secretaria foram uma criança de 6 anos, do município de Macaíba, uma criança de 1 ano e 6 meses, residente no município de Tibau do Sul – em ambos os casos a fonte de infecção ainda está em investigação –, e de uma mulher de 19 anos, do município de Extremoz que também teve contato com o senhor de 54 anos.

    Imunização

    A confirmação dos dois novos casos é um alerta importante para que a população do Rio Grande do Norte continue procurando as Unidades Básicas de Saúde para receber a vacina da tríplice viral.

    Santa Cruz/RN: Incêndio de grandes proporções destrói veículos apreendidos no pátio da 9ª DRP


    Um incêndio de grandes proporções ocorreu na tarde dessa quarta-feira (13) em um pátio localizado ao lado da delegacia de Policia Civil de Santa Cruz. Cerca de 30 veículos foram destruídos pelo fogo. 


    Uma nuvem negra cobriu parte da cidade de Santa Cruz gerando um certo pânico nos moradores e pais de alunos que estavam assistindo aula em uma escola próxima ao local do incêndio. 

    O corpo de bombeiros da capital foi acionado para combater as chamas mas, antes da chegada, a prefeitura  cedeu caminhões pipa para ajudar a debelar o incêndio. 

    Segundo relatos que chegaram à nossa redação é que populares desde cedo estariam fazendo uma limpeza em um terreno e teriam colocado fogo no local próximo ao pátio da delegacia e que  devido aos ventos e o forte calor uma das fagulhas poderia ter dado origem ao incêndio. No entanto, só uma perícia poderá esclarecer as causas desse incêndio.

    Ideologia petista; Vereador de Natal defende criação de movimento para separar o Nordeste do Brasil

    Foto;Aldenir / Agora RN
    O vereador de Natal Fernando Lucena (PT) disse que vai defender a separação da região Nordeste do resto do Brasil caso haja algum tipo de modificação na Constituição brasileira no tocante a prisão em 2ª instância, hoje vetada pelo texto. Segundo o parlamentar, uma alteração na lei maior do País faria com que ela perdesse credibilidade e, portanto, abriria brechas para um movimento separatista, do qual ele garante encabeçar no Rio Grande do Norte.

    “Se mudarem a Constituição, eu vou criar o Partido Autônomo do Nordeste. Defenderei a separação do Nordeste do resto do Brasil. Hoje eu não posso criar isso porque sou impedido pela Constituição, mas na hora em que mudarem e rasgarem ela, eu vou pra rua criar o partido. Temos tudo aqui: energia limpa, açúcar, sal, frutas, verduras, vinhos, etc. Não precisamos de nada das outras regiões para que depois eles digam que somos miseráveis e que passamos fome”, declarou o vereador em entrevista ao programa “A Hora é Agora”, da rádio 97,9 FM.

    Segundo Lucena, há uma “clara discriminação” do Governo Federal com a região Nordeste. De acordo com ele, até mesmo a distribuição dos recursos é feita de maneira desigual entre as regiões, de modo que o Nordeste sempre acaba recebendo menos aportes provenientes da União. Uma separação, na visão do vereador, faria com que a região tivesse mais autonomia para deliberar sobre certos temas, incluindo a partilha de verbas.

    Do Agora RN

    Tribunal de Justiça nega revisão de condenação de ex-prefeito de São José do Campestre por fraude à licitação

    Os desembargadores do Pleno do Tribunal de Justiça, à unanimidade de votos, julgaram improcedente o pedido de Revisão Criminal feito pelo ex-prefeito do Município de São José do Campestre para modificar condenação crime fraude à licitação, o que gerou pena de quatro anos e seis meses de detenção e pagamento de 30 dias-multa, no regime inicial semiaberto.

    Laércio José de Oliveira foi denunciado pelo Ministério Público local, em fevereiro de 2010, juntamente com mais três réus, pela prática de crimes previstos na Lei de Licitação (Lei nº 8.666/93).

    Segundo o MP, todos os acusados, mediante ajuste, frustraram o caráter competitivo do procedimento licitatório nº 43/03 do Município de São José do Campestre, além do que Laércio José de Oliveira, juntamente com outro acusado, ter dado causa, ilegalmente, a modificação contratual em favor da parte ganhadora do processo licitatório.

    O processo licitatório, deflagrado pela prefeitura de São José do Campestre, tinha por objetivo a contratação de serviços de transporte especial, categoria fretamento contínuo, que apresentou como valor global do orçamento, em sua cláusula 11, o montante de R$ 48.200,00.

    Defesa

    Novo partido de Bolsonaro avisa: quer livrar país de “larápios” e “traidores”

    Foto: Agência Brasil
    Foto; Agência Brasil
    Em manifesto divulgado nesta terça-feira (12), a nova sigla é lançada como “uma nova e verdadeira atitude de aliados [de Bolsonaro]” e como o sonho e a inspiração de pessoas leais ao presidente.

    O documento foi divulgado pouco depois de Bolsonaro ter anunciado a sua saída do PSL, sigla pela qual foi eleito, e a intenção de criar a Aliança Pelo Brasil.

    “Aliança é união e é força. E a Aliança pelo Brasil é o caminho que escolhemos e queremos para o futuro e para o resgate de um país massacrado pela corrupção e pela degradação moral contra as boas práticas e os bons costumes”, afirma o manifesto.

    A saída do presidente do PSL acontece na esteira das denúncias sobre o esquema de candidaturas de laranjas nas eleições de 2018, revelado pelo jornal Folha de S.Paulo em fevereiro.

    O racha no partido ficou evidente em outubro, quando Bolsonaro disse que o presidente da sigla, deputado Luciano Bivar (PE), estava “queimado pra caramba”. A legenda tem a segunda maior bancada da Câmara, com 53 deputados.

    Segundo o texto, que termina com o bordão de Bolsonaro (“Brasil acima de tudo. Deus acima de todos!”), a nova legenda surge para “abrigar essa grande maioria de brasileiros e brasileiras que clamam por uma nova ordem de referências éticas e morais”.

    “Nossa Aliança é com as famílias, com as pessoas de bem, com os trabalhadores, com os empresários, com os militares, com os religiosos e com todos aqueles que desejam um Brasil realmente grande, forte e soberano”, diz o manifesto.

    Bolsonaro se reuniu com deputados, no Palácio do Planalto, para comunicar sua decisão de sair do PSL para fundar a agremiação –a nona de sua carreira política. Mais tarde, foi às redes sociais anunciar seu novo destino.

    “Hoje anunciei minha saída do PSL e início da criação de um novo partido: “Aliança pelo Brasil”. Agradeço a todos que colaboraram comigo no PSL e que foram parceiros nas eleições de 2018″, disse Bolsonaro.

    ‘Perseguição política é um álibi construído’, diz Moro sobre Lula

    Resultado de imagem para moro e lula
    Em entrevista ao jornal paranaense Gazeta do Povo, Sergio Moro afirmou que as críticas de Lula à Lava Jato não enfraquecem a operação e que sua alegação de “perseguição política” “é absolutamente um álibi que foi construído”.

    “É o mesmo discurso que ele já falava antes [de ser solto]. E as pessoas avaliam os fatos, têm condições de avaliar os fatos que aconteceram. Essa questão da perseguição política (…) não tem nenhuma procedência no mundo real”, declarou o ministro da Justiça.

    Questionado se ficou frustrado com a soltura do petista, o ex-juiz da Lava Jato afirmou não ter sentimento pessoal envolvido.

    “Quando eu proferi as decisões contra o presidente Lula, assim como qualquer outro réu, durante toda a minha carreira judiciária, isso sempre foi algo imparcial, objetivo”, disse Moro.

    “Na verdade, quando o juiz condena alguém à prisão, o sentimento normalmente é de pesar. Puxa, mandar alguém para a prisão sempre é algo negativo, é fazer o mal para uma pessoa. Mas isso é uma consequência de um crime que a pessoa cometeu. E juiz tem que cumprir o dever legal. Não pode pensar só no acusado; tem que pensar também nas vítimas. É um sistema que precisa, acima de tudo, afirmar o império da lei”, acrescentou.

    O Antagonista com Gazeta do Povo

    Servidores do Estado paralisam atividades em protesto contra salários atrasados

    Os servidores públicos do Rio Grande do Norte paralizaram suas atividades nesta quarta-feira (13), a partir das 8h30, em ato pela defesa dos serviços e dos servidores públicos. A decisão pela paralisação geral foi definida por representantes de sindicatos que fazem parte do Fórum Estadual dos Servidores. Os protestos vão acontecer no Centro Administrativo do Estado, em frente à Governadoria.

    As principais reivindicações dos trabalhadores dizem respeito ao calendário de pagamentos dos salários atrasados de 2018 (parte de novembro, décimo terceiro e dezembro) e calendário de pagamento do décimo terceiro de 2019; reajuste de 16,38% para todos os servidores e concurso público como única forma de entrada no serviço público estadual.

    “Vamos dizer não ao tratamento preconceituoso e discriminatório que o Executivo do nosso Estado vem tratando os demais servidores do nosso estado. Todos os servidores ativos, aposentados e pensionistas são convocados a estarem presentes nessa luta legítima e necessária para a melhoria do serviço público”, destacou Janeayre Souto, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do RN (SINSP/RN).

    Não há, até o momento, qualquer garantia que o Governo vá conseguir reduzir ainda neste ano o passivo salarial herdado pela gestão anterior. Em diferentes momentos, a governadora Fátima Bezerra (PT) afirmou que esses salários seriam pagos até dezembro, desde que houvesse a entrada de recursos extras nos cofres do Estado. Agora, mesmo com a confirmação de chegada desses recursos, como a cessão onerosa (cerca de R$ 160 milhões), e o saldo da venda da folha (aproximadamente R$ 123 milhões), não se sabe se de que forma o Governo utilizará essas receitas.

    No próximo mês, Fátima precisará pagar, além da folha normal de dezembro, o 13° de 2019, totalizando quase R$ 1 bilhão somente em salários. Apesar da crise financeira, a governadora conseguiu aprovar, na Assembleia Legislativa, projeto de lei de autoria do próprio Poder Executivo reajustando em 16,38% o subsídio dos procuradores estaduais, matéria que gerou polêmica e revolta entre os servidores das demais categorias do funcionalismo público.

    Em carta divulgada à imprensa, a presidente do Sinsp/RN, Janeayre Souto, afirmou, citando o resultado da votação na Assembleia que derrubou a emenda que estenderia o reajuste de 16,38% para todos os servidores, que “um dos piores momentos na luta sindical é perder quando temos no poder um governo que lutamos e ajudamos a eleger”.