• Últimas Notícias

    segunda-feira, 7 de outubro de 2019

    Caixa promove Semana Nacional de Conciliação

    De hoje (7) até sexta-feira (11), cerca de 120 mil clientes da Caixa Econômica Federal em todo o país, com dívidas cobradas na Justiça, poderão renegociar os débitos. O banco promove a Semana Caixa de Conciliação, que facilitará a regularização das dívidas com descontos de até 90% para pagamentos à vista.

    A ação abrange 71 mil pessoas físicas, das quais um quarto poderá quitar dívidas à vista por menos de R$ 1 mil, e 50 mil pessoas jurídicas, das quais mais de 44% poderão pagar à vista com valores inferiores a R$ 10 mil.

    Mesmo se o devedor não puder liquidar à vista, a Caixa oferecerá descontos e condições especiais que variam conforme a situação do contrato e o tipo de operação de crédito.

    São José do Campestre/RN; Veja a relação dos novos membros do Conselho Tutelar eleitos neste domingo (06)

    De um total de mais de 9.600 eleitores aptos a votar, cerca de 3 mil pessoas compareceram aos pontos de votação neste domingo (6/10) na cidade de São José do Campestre/RN para escolher os nomes que assumem em 2020 os órgãos responsáveis por zelar pelos direitos da criança e do adolescente.

    O Conselho Tutelar é órgão previsto no art. 131 da Lei nº. 8.069 , de 13 de julho de 1990 (ECA), que o instituiu como "órgão autônomo, não-jurisdicional, encarregado de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente".

    Ao todo 20 nomes concorreram as eleições para o cargo de conselheiro Tutelar, onde 05 candidatos foram eleitos democraticamente, através do voto popular em 06 urnas disponibilizadas para os eleitores. Cada conselheiro terá a remuneração de um salário mínimo pago pelo município para uma jornada de 40 horas semanais.

    Ainda segundo informações, uma (01) urna pode ser pode ser anulada por excesso de votos. Os votos válidos correspondem as cinco urnas(05), com excessão da urna 02.

    Veja a relação dos eleitos e respectivos votos.

    1º Andreza Gadelha........................1.063 votos
    2º Jefferson.......................................826 votos
    3º Abraão de Picos............................757 votos
    4º Júnior Pinto..................................676 votos
    5º Márcia de Marcos Aurélio............631 votos´

    Suplentes
    6º Hélio dos Anjos............................607 votos
    7º Zélia Aprígio.................................600 votos
    8º Andréia Silva................................464 votos
    9º Jaian de Melo................................435 votos
    10ºVitória Dellys................................433 votos

    SARAMPO: Começa nesta segunda (07) Campanha nacional de vacinação

    Em parceria com os governos estaduais, distrital e municipais, o Ministério da Saúde inicia, na próxima segunda-feira (7), a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. Na primeira fase, que vai até o dia 25 de outubro, o público-alvo serão as crianças com idade entre 6 meses e 4 anos e 29 dias.

    A segunda etapa, de 18 a 30 de novembro, terá foco na população com idade entre 20 e 29 anos. Em entrevista coletiva, o ministro titular da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que a prioridade para este grupo justifica-se porque, como provavelmente não receberam a segunda dose da vacina, seus filhos acabam apresentando um sistema imunológico mais vulnerável à doença. 

    Além dos dois períodos, a campanha também destaca o dia 19 de outubro como o Dia D, para mobilização nacional.

    Bolsa Família: Municípios e estados já podem prestar contas sobre os recursos de gestão do programa

    Está aberto o prazo para as prefeituras e governos estaduais de todo o país prestarem contas dos recursos repassados pelo Ministério da Cidadania para apoiar a gestão do programa Bolsa Família e do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal em 2018.

    Os municípios têm até 30 de novembro, um sábado, para repassar as informações sobre a utilização dos recursos. A pasta repassou em 2018 mais de R$ 512 milhões referentes ao Índice de Gestão Descentralizada (IGD).

    Neste ano de 2019, até agosto, o valor já ultrapassa R$ 367,4 milhões. Caso as informações não sejam registradas até o fim de novembro, o repasse fica suspenso até regularização da prestação de contas e não há repasses retroativos.

    Os dados devem ser lançados no Sistema SuasWeb, disponível no endereço virtual do Ministério da Cidadania.

    A comprovação dos gastos é analisada pelos conselhos locais de Assistência Social, que terão um mês para apreciar e validar as contas.