• Últimas Notícias

    quinta-feira, 18 de julho de 2019

    Bolsa Família registra 11 mil desligamentos em 2019

    Resultado de imagem para Bolsa Família registra 11 mil desligamentos em 2019Em 2019, mais de 11 mil famílias já solicitaram desligamento voluntário do Bolsa Família. Segundo a diretora do Departamento de Benefícios do Ministério da Cidadania, Caroline Paranayba, se a família que solicitou o desligamento voluntário precisar novamente do benefício, o processo é simples. 

    “Se a família pediu o desligamento voluntário até 36 meses atrás, basta fazer a conta; se foi a menos de 3 anos, é só procurar o setor responsável pelo Bolsa Família na sua cidade, levar a documentação e solicitar a reversão do cancelamento.”

    Famílias consideradas abaixo da linha da pobreza, com renda per capta de até R$ 178 por mês, tem retorno garantido ao programa. Para solicitar a reinclusão, o beneficiário deve procurar o setor responsável pelo Bolsa Família de seu município. É necessário levar CPF ou título de eleitor e documento de identificação do responsável familiar. Além disso, é preciso apresentar a documentação de todos os integrantes da família, para atualizar o cadastro.

    Abono do PIS/Pasep começa a ser pago na próxima quinta-feira

    O pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), exercício 2019/2020, começa na quinta-feira (25) da próxima semana. A liberação do dinheiro para os cadastrados no PIS vai considerar a data de nascimento e os do Pasep, o dígito final do número de inscrição.

    Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro receberão o abono do PIS ainda este ano. Já os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2020. Recebem também este ano os servidores públicos cadastrados no Pasep com dígito final do número de inscrição entre 0 e 4. Os com final entre 5 e 9 receberão no próximo ano.

    A data para o fechamento do calendário de pagamento do exercício 2019/2020 está prevista para o dia 30 de julho de 2020. A estimativa é de que sejam destinados R$ 19,3 bilhões a 23,6 milhões de trabalhadores. O pagamento do abono salarial referente ao PIS será feito pela Caixa em suas agências em todo o país; e o abono do Pasep será pago no Banco do Brasil.

    Quem tem direito

    Para ter direito ao abono salarial do PIS/Pasep é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2018, com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, o trabalhador tem de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

    Para os trabalhadores que tiverem os dados declarados na Rais 2018 fora do prazo e entregues até 25 de setembro de 2019, o pagamento estará disponível a partir de 4 de novembro de 2019, conforme calendário de pagamento aprovado, e, após este prazo, somente no calendário seguinte.

    Agência Brasil

    Homem se mata em Natal após Flamengo ser eliminado da Copa do Brasil

    Um homem cometeu suicídio na madrugada desta quinta-feira, 18, no Loteamento Santa Cecília, localizado no bairro Pajuçara, zona Norte de Natal. De acordo com o 4º Batalhão de Polícia Militar, a tragédia ocorreu após o jogo do Flamengo, fator que teria influenciado o acontecimento.

    Segundo a Polícia Militar, a esposa da vítima informou que ele chegou irritado em casa após passar por problemas externos e, segundo ela, a derrota do Flamengo na Copa do Brasil teria servido como catalisadora para o suicídio, que ocorreu por volta das 2h.

    Em contato com a reportagem, o plantão do 4º Batalhão da PM, justificou que não foi possível conceder mais informações, porque o relatório policial com a ocorrência não apresentou maiores detalhes sobre o ocorrido, como idade ou o método utilizado pelo homem para tirar a própria vida.

    O Flamengo foi derrotado pelo Athlético Paranaense nos pênaltis, em pleno Maracanã, e foi eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil, após empatar em 1 a 1 no tempo regulamentar – mesmo placar do primeiro jogo no Paraná.

    Agora RN