• Últimas Notícias

    quinta-feira, 30 de maio de 2019

    MPF ingressa com ação no RN contra ministro da Educação por danos morais a estudantes e professores

    O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou uma ação civil pública (ACP) na Justiça Federal do Rio Grande do Norte buscando a condenação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, e da União por danos morais coletivos decorrentes de condutas praticadas desde que o primeiro assumiu a pasta, em abril deste ano.

    Dentre as condutas em questão, estão a declaração - em entrevista concedida em 30 de abril – de que “universidades que, em vez de procurar melhorar o desempenho acadêmico, estiverem fazendo balbúrdia, terão verbas reduzidas”. Para o MPF, a fala demonstra “clara vontade discriminatória por parte do réu, pois as universidades inicialmente retaliadas pelo MEC (UFF, UFBA e UnB) atingiram ótimo desempenho”, com base em rankings de avaliação do ensino superior, como Times Higher Education.

    Outra declaração considerada ofensiva e discriminatória, apontam os autores da ação, foi dada por Abraham Weintraub em 20 de maio, durante reunião com reitores e membros da bancada parlamentar do Rio Grande do Norte. Ao ser questionado sobre a falta de recursos para o pagamento do serviço de limpeza na Ufersa, UFRN e IFRN, o ministro propôs que “se chamasse o CA e o DCE” para realização dos serviços.

    Justiça nega pedido de Queiroz e mantém quebra de sigilo em caso de desvio e lavagem de dinheiro

    Justiça nega pedido de Queiroz e mantém quebra de sigilo em caso de desvio e lavagem de dinheiro
    O desembargador Antônio Carlos Amado, da 3.ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio, negou nesta quarta-feira, 29, o pedido feito pela defesa de Fabrício Queiroz para anular a quebra de sigilo fiscal e bancário de 86 pessoas e 9 empresas investigadas no suposto esquema de desvio e lavagem de dinheiro no antigo gabinete do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) na Assembleia Legislativo do Estado (Alerj). A quebra de sigilo foi decretada no 27 de abril pelo juiz Flávio Nicolau, da 27.ª Vara Criminal.

    O habeas corpus foi ajuizado no dia 17 de maio pelo advogado Paulo Klein, que defende a família de Queiroz, ex-assessor de Flávio na Alerj. Ele argumentou que o inquérito foi "contaminado por diversas e insanáveis ilegalidades", como o "vazamento" de dados sobre movimentações financeiras atípicas de Queiroz detectadas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) – o caso foi revelado pelo Estado. Segundo o Coaf, Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta bancária no período de um ano.

    O MP-RJ sustenta que há indícios robustos de que havia uma "organização criminosa" comandada por Flávio e operada por Queiroz. Ambos negam a prática. Em nota, Klein afirmou que recebe com "tranquilidade" a decisão e diz estar confiante de que a questão será avaliada por três desembargadores "que certamente apresentarão a melhor solução". 

    As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    4G: velocidade no Brasil está abaixo de média mundial

    O Brasil ocupa a 50ª posição em velocidade download com conexão 4G, com 13 Mbps (megabites por segundo), em raking de 87 países. Segundo pesquisa da OpenSignal, o índice está abaixo da média mundial, de 17,6 Mbps.

    Nesse quesito, a internet móvel brasileira está atrás de países como Albânia (21,4 Mbps), Myanmar (16 Mbps), México (14,9 Mbps) e Vietnã (14,1 Mbps). Pioneira na oferta de acesso 5G, a Coreia do Sul aparece na liderança, com velocidade de 52,4 Mbps.


    Já em velocidade de upload, o Brasil apresenta a marca de 4,5 Mbps, abaixo de Bolívia (6 Mbps), Peru (5,9 Mbps) e Cazaquistão (4,9 Mbps). A primeira colocada é a Dinamarca com 15,3 Mbps. 

    Em disponibilidade de rede, o Brasil está na 69ª posição com 72%, atrás de Camboja (81,1%), Argentina (79%) e Líbano (78,6%). A Coreia do Sul lidera, com 97,5% de cobertura.


    A OpenSignal coletou dados de mais de 43 milhões de celulares com conexão à internet em 87 países de janeiro a março deste ano.

    Metro


    Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 55 milhões no sábado

    Nenhum apostador acertou os números sorteados pela Caixa Econômica Federal na Mega-Sena desta quarta-feira (29), concurso 2.155. 

    Os números sorteados foram 02, 06, 27, 37, 44 e 47

    A estimativa da Caixa para o prêmio do próximo concurso, a ser sorteado no sábado (1º) é de R$ 55 milhões. No sorteio de hoje, 91 apostas acertaram a quina e cada uma ganhou um prêmio de R$34,59 mil. A quadra teve 6.630 acertadores, com prêmios individuais de R$ 678,24

    Solange Almeida processa o ex-colega de trabalho Xand Avião e ex-sócios do Aviões do Forró

    Solange Almeida processa ex-sócios do Aviões do Forró
    A cantora Solange Almeida decidiu entrar na Justiça contra o Aviões do Forró, banda no qual trabalhou por mais de 11 anos. O problema é que a ex-vocalista do grupo também era dona da marca e ao sair do grupo fez uma negociação com ex-sócios, onde, agora alega que o acordo não foi cumprido.

    Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal 'O Dia', mesmo sendo dona de 25% do grupo, a cantora acabou sendo expulsa da banda, com a promessa de receber tudo a que tinha direito. Porém alega que até agora não recebeu nada. Solange está pedindo na Justiça uma indenização no valor de R$ 5 milhões aos seus ex-sócios, entre eles, Xand Avião.

    O advogado da banda negou as acusações de Solange Almeida. “Na questão societária ela sempre recebeu dentro do percentual dela. Isso vai ser demonstrado tecnicamente depois de uma avaliação com perito. Não basta o que Solange diz, quem vai dizer isso é um perito. Nós estamos preparando todo o material técnico e vamos entregar ao Juiz. O perito vai dizer quais são os haveres ou deveres. Muitas vezes o balanço é negativo”, informou.

    Notícias ao Minuto