• Últimas Notícias

    sexta-feira, 3 de maio de 2019

    Radio Comunitária de Campestre funcionava na clandestinidade desde 2008

    A rádio comunitária Matutão FM, estava funcionando sem autorização da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), irregularmente, e na clandestinidade, deste o dia 21 de janeiro de 2008, por não pagar multas ao orgão federal. É o que esse blog conseguiu apurar junto as recentes pesquisas no site da própria Anatel de que a Radcom estava BLOQUEADA!!

    Para quem não sabia, a emissora, que outrora foi criada para servir a população do município de São José do Campestre, com o slogan, ASSOCIAÇÃO RÁDIO COMUNITÁRIA MATUTÃO FM, UM BEM A SERVIÇO DE CAMPESTRE, Também funciona em local desconhecido, isso mesmo! Esse blog descobriu que a rádio tem em registros oficiais seu endereço fixado na capital do estado, mais precisamente na Rua Dom Joaquim Machado, nº 20, em Morro Branco na cidade de Natal/RN. O que fere gravemente seu direito de outorga por ser registrada em endereço duvidoso.

    Enquanto isso, a Rádio Matutão FM, funcionava, antes de ser fechada recentemente, na Rua João Matias na cidade de São José do Campestre/RN.

    E agora Dedé? Bora pagar as multas e legalizar a rádio. O povo precisa ouvir os embates políticos da cidade, e mais, os habitantes de Campestre precisam ficar informados sobre os trabalhos da Câmara Municipal e as obras que serão  inauguradas pelo Prefeito Neném Borges. Contamos com seu empenho!

    Obrigado, de nada!

    Detran informa sobre vencimento do licenciamento de veículos placas finais 7 e 8

    Os licenciamentos de mais de 256 mil veículos cadastrados no Rio Grande do Norte estão com os vencimentos programados para acontecer nas próximas segunda (06) e terça-feira (07). Esses automóveis são os que possuem placas com terminações 7 e 8, e correspondem a 19,64% de toda a frota inserida no banco de dados do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran).

    A taxa de licenciamento cobrada pelo Detran do RN é uma das menores do país e fica no valor de R$ 90, 00, independente do ano, modelo ou categoria do veículo automotor. Ela também é o único tributo referente a veículos cuja a arrecadação vai para os cofres do Detran para ser utilizada na manutenção das instalações físicas do órgão e nas ações de fiscalização, sinalização e demais competência de trânsito exercidas pelo Departamento.

    Para que o proprietário de veículo tenha acesso as guias e boletos de pagamento da taxa de licenciamento o Detran concede quatro alternativas, já que este ano não é mais enviado o carnê físico para os endereços cadastrados. Nesse caso, o boleto digital pode ser emitido pelo site institucional, pelo aplicativo para smartphone “Detran RN”; nas agências do PágFácil; e para clientes do Banco do Brasil, diretamente nos caixas eletrônicos ou guichês das agências bancárias.

    No site do Detran o processo de emissão dos boletos é simples, basta que o usuário vá até o endereço eletrônico da instituição digitando www.detran.rn.gov.br. Com a página aberta, o cidadão clica no ícone “Consulta de veículos e boletos”. Logo em seguida é mostrada uma página onde é possível digitar a numeração da placa e do Renavam do veículo a ser consultado. Dessa forma é possível ter acesso ao ambiente online onde fica disponível os boletos referentes a taxa de licenciamento, IPVA e DPVAT, além de possíveis débitos de infrações de trânsito relacionadas ao veículo consultado.

    Secretaria de Saúde desmente boato de surto de Influenza no RN

    Resultado de imagem para boatosA Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) afirmou ser falsa a informação que vem circulando nas redes sociais, sobre a ocorrência de um suposto surto de influenza no RN.

    Desde o início de 2019 até 02 de maio, às 11h, foram confirmados 42 casos de Influenza, dos quais 34 foram de H1N1, um de Influenza A não subtipado, três de Influenza A Sazonal H3, três de Influenza A e um de Influenza B.

    A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) afirmou ser falsa a informação que vem circulando nas redes sociais, sobre a ocorrência de um suposto surto de influenza no RN.

    Desde o início de 2019 até 02 de maio, às 11h, foram confirmados 42 casos de Influenza, dos quais 34 foram de H1N1, um de Influenza A não subtipado, três de Influenza A Sazonal H3, três de Influenza A e um de Influenza B.

    Esses números não representam surto, estando dentro do esperado, de acordo com a sazonalidade da doença .

    A Sesap reforçou que para redução do risco de adquirir ou transmitir doenças respiratórias, especialmente as de grande infectividade, como vírus Influenza, é importante que além da vacinação, sejam adotadas medidas gerais de prevenção, tais como:

    Frequente higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento;

    Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

    Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

    Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

    Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

    Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

    Manter os ambientes bem ventilados;

    Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza;

    Evitar sair de casa em período de transmissão da doença;

    Orientar o afastamento temporário (trabalho, escola etc.) até 24 horas após cessar a febre.

    Indivíduos que apresentem sintomas de gripe devem:

    Evitar sair de casa em período de transmissão da doença (até 7 dias após o início dos sintomas).

    Fonte: Agora RN

    Facebook bane extremistas de suas redes sociais

    FILE PHOTO: A 3D-printed Facebook like button is seen in front of the Facebook logo, in this illustration taken October 25, 2017. REUTERS/Dado Ruvic/Illustration/File PhotoNuma tentativa de reduzir o conteúdo extremista em suas plataformas, o Facebook baniu vários extremistas americanos, conhecidos por seus discursos de ódio, e alegou que eles violaram sua proibição de "indivíduos perigosos".

    Entre os banidos estão Alex Jones, radialista americano de extrema direita e teórico da conspiração, Louis Farrakhan, líder do grupo Nação do Islã, que é acusado de antissemitismo, e Milo Yiannopoulos, comentarista político britânico e ex-editor do site de extrema direita americano Breitbart News.

    Também foram punidos Paul Nehlen, que concorreu como "candidato cristão branco" na eleição de 2018 para o Congresso dos Estados Unidos, Paul Joseph Watson, radialista britânico e teórico da conspiração, e Laura Loomer, ativista política que trabalhou como repórter da página canadense de extrema direita Rebel Media.

    O banimento se aplica tanto à rede social Facebook quanto ao Instagram. As páginas de fãs (fanpages) e outras contas relacionadas também foram enquadradas na proibição, afirmou ontem (2) o Facebook.

    Proibição

    A medida faz parte de um esforço conjunto do gigante das redes sociais para remover indivíduos, grupos e conteúdos extremistas de sua plataforma. No mês passado, o Facebook baniu vários grupos britânicos de extrema direita – incluindo a Liga de Defesa Inglesa e o Partido Nacional Britânico – e instituiu uma proibição ao conteúdo nacionalista branco.

    "Indivíduos e organizações que disseminam ódio, ou atacam ou pedem a exclusão de outro com base no que eles são não têm lugar no Facebook", afirmou a empresa.

    Críticos elogiaram a decisão, mas disseram que mais precisa ser feito.

    "Sabemos que continuam existindo outras figuras extremistas que ativamente usam ambas as plataformas para disseminar seu ódio e preconceito", disse Keegan Hankes, analista da Southern Poverty Law Center, uma organização que monitora grupos de ódio nos Estados Unidos.

    O Facebook insistiu que sempre baniu contas e páginas que proclamam uma missão violenta ou odiosa ou estão envolvidas em atos de ódio ou violência, independentemente da ideologia política.

    *Com informações da Deutsche Welle (agência pública da Alemanha)

    Via Agência Brasil

    TJRN entrega smartphones a Juizados para comunicação com vítimas de violência doméstica via WhatsApp

    O Tribunal de Justiça do RN está viabilizando o avanço do projeto “Medida Protetiva Eletrônica”, com o fornecimento de aparelhos smartphones para as unidades judiciárias especializadas. O objetivo é dar celeridade para a comunicação das mulheres vítimas de violência doméstica e familiar sobre a concessão de medidas protetivas, a partir da utilização do aplicativo de mensagens WhatsApp.

    O juiz Deyvis Marques, responsável pela Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (CE-Mulher), ressalta que com os aparelhos, sempre quando o juiz decidir uma medida protetiva, a secretaria da unidade judiciária fará o envio da decisão para a vítima via WhatsApp. O recebimento se dá de forma quase instantânea.

    Tal medida, segundo o magistrado, fará com que deixe de ser necessária a expedição de mandado, ou deslocamento de oficial de justiça, trazendo celeridade e reduzindo custos. “Com a intimação pelo WhatsApp, essa intimação vai ser em tempo real, com maior agilidade e com menor custo. Com isso, conseguimos garantir maior efetividade da lei”, explicou o coordenador da CE-Mulher.

    Justiça Eleitoral: mais de 11 milhões de eleitores já baixaram o e-Título

    O e-Título pode ser utilizado inclusive na hora de votar e pode ser baixado por usuários de iPhone (iOS), smartphones (Android) e tablets. O aplicativo apresenta informações como dados da zona eleitoral do usuário e a situação cadastral do eleitor em tempo real. Após baixá-lo, basta que o eleitor insira seus dados pessoais.

    O aplicativo também permite ao eleitor emitir a certidão de quitação eleitoral, além da certidão de crimes eleitorais. Essas certidões são emitidas por meio do QR Code, o que possibilita a leitura pelo próprio celular.

    Um detalhe importante que o eleitor deve estar atento é em relação à necessidade de preencher os dados pessoais exatamente como eles estão registrados no Cadastro Eleitoral, pois, na hora de preencher os dados no aplicativo, se houver preenchimento de alguma informação em discordância com aquela lançada no documento original, o sistema não validará o cadastro.

    Outra informação relevante é que, se o eleitor já tiver feito o recadastramento biométrico (cadastro das impressões digitais) junto à Justiça Eleitoral, a versão do e-Título virá acompanhada da foto do eleitor, o que facilitará a identificação na hora do voto. Caso o eleitor ainda não tenha feito o recadastramento biométrico, a versão do e-Título será baixada sem a foto. Nesse caso, o eleitor está obrigado a levar outro documento oficial com foto para se identificar ao mesário durante a votação.

    Acompanhe aqui o número de e-Títulos baixados por Unidade da Federação. Os dados são atualizados diariamente.

    Fonte: TSE

    Ministra Damares Alves pede a Bolsonaro para deixar o governo

    A ministra Damares Alves é a estrela mais vistosa da constelação de evangélicos do universo político. Há alguns dias, ela se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro para discutir seu futuro. Depois de fazer um balanço das atividades do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares comunicou que vai deixar o cargo. Alega que está cansada e precisa cuidar da saúde, que anda debilitada.

    Desde que assumiu o comando da Pasta, há quatro meses, a ministra enfrenta uma rotina estressante — mas com um ingrediente incomum: Damares recebe ameaças de morte. Com isso, ela abandonou sua residência, em Brasília, e passou a morar num hotel, cujo endereço é mantido em segredo. 

    Por recomendação do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), Damares também não costuma antecipar a agenda, circula pela cidade escoltada e um segurança fica postado na entrada de sua sala durante todo o expediente.

    Veja