• Últimas Notícias

    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

    Caern interrompe operação da Adutora Monsenhor Expedito para conserto de vazamento

    Equipes da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) vão trabalhar durante todo o dia desta quinta-feira (14) na retirada de um vazamento detectado na Adutora Monsenhor Expedito, responsável pelo abastecimento de 30 cidades.

    O vazamento está localizado embaixo da ponte sobre o rio Trairi, na comunidade de Olho D’Água, município de Monte Alegre. Para a execução do serviço, o abastecimento será interrompido, retornando no final da tarde do mesmo dia. Serão necessárias 48 horas para que o sistema esteja totalmente normalizado.

    As cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito são Rui Barbosa, São Pedro, São Tomé, São Paulo do Potengi, Japi, Coronel Ezequiel, Jaçanã, São Bento do Trairi, Lajes Pintadas, São José de Campestre, Serrinha, Sítio Novo, Boa Saúde, Serra Caiada, Lagoa de Velhos, Barcelona, Bom Jesus, Lagoa Salgada, Lagoa de Pedras, Tangará, Santa Cruz, Monte das Gameleiras, Serra de São Bento, Passa e Fica, Lagoa D`anta, Monte Alegre, Ielmo Marinho, Santa Maria, Senador Eloi de Souza e Campo Redondo.

    Também será afetada a cidade de Santa Cruz, que não tem o sistema operado pela Caern, mas que recebe água da Adutora Monsenhor Expedito.

    Por Assessoria

    Justiça determina diminuição de valor de mensalidade por aproveitamento de disciplinas em Universidade

    A 9ª Vara Cível de Natal determinou a diminuição no valor da mensalidade paga por uma aluna do curso de Medicina na Universidade Potiguar (UnP), que solicitou o aproveitamento de disciplinas previamente cursadas.

    A autora da demanda alega que por meio do aproveitamento de três disciplinas por ela já cursadas haveria a diminuição da carga horária de 660 horas para somente 220 horas semestrais. Dessa forma haveria uma diminuição de dois terços na prestação do serviço educacional fornecido pela universidade, motivo pelo qual requereu a adequação do valor da mensalidade.

    WhatsApp prepara sistema de convite para você escolher se entra (ou não) em um grupo

    WhatsApp (Imagem: Pexels)
    Antes tarde do que mais tarde, o WhatsApp começou a desenvolver um sistema que permitirá aos usuários decidirem se realmente querem, por livre e espontânea vontade, entrar no grupo da família para receber GIFs de “bom dia”. A novidade começará a ser testada nas versões beta para iPhone, mas também será liberada para usuários de Android.

    Quem descobriu o recurso foi o WABetaInfo, destacando que contas empresariais do WhatsApp já tinham a possibilidade de impedir a adição em grupos sem permissão. Em versões futuras, a funcionalidade batizada de Group Invitation (“Convite para grupo”, em tradução livre) estará disponível para todos os usuários do aplicativo de mensagens.

    Na versão para iOS, a novidade poderá ser acessada ao entrar em Ajustes > Conta > Privacidade. Um novo item “Grupos” exibirá três possíveis configurações de privacidade para definir quem pode te adicionar a um grupo:
    Todos: você sempre poderá ser adicionado a um grupo, sem necessidade de confirmação (este é o comportamento padrão do WhatsApp atualmente);
    Apenas Contatos: você só poderá ser adicionado automaticamente a um grupo por alguém que esteja na sua lista de contatos. Caso contrário, o WhatsApp te enviará um convite;
    Ninguém: ninguém poderá te adicionar a um grupo automaticamente, e você receberá um convite toda vez que alguém tentar fazer isso.

    O convite é simples: uma nova janela de conversa aparecerá no seu WhatsApp com os botões “Aceitar” ou “Recusar”. Se você não entrar no grupo em 72 horas, ele expirará. Nesse caso, será necessário participar por meio de um link ou esperar até que alguém tente adicioná-lo novamente ao grupo (espero que nunca).

    Ainda não há previsão para que o recurso seja liberado para todos os usuários.

    Por Tecnoblog.net