• Últimas Notícias

    segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

    Fórum de Santa Cruz recebe certificado de participação na Campanha Papai Noel dos Correios

    Os servidores do Fórum da Comarca de Santa Cruz receberam o certificado de participação na Campanha Papai Noel dos Correios 2018.

    Este é um projeto que há 29 anos é realizado pelos Correios e leva para crianças, da rede pública de ensino, presentes arrecadados por meio de doações.

    Apenas no Fórum de Santa Cruz, foram 37 presentes arrecadados e entregues na festa organizada pela Agência, no total, mais de 250 crianças foram beneficiadas no município. Este é o terceiro ano consecutivo em que o Fórum participa da campanha.

    MEC finaliza proposta de ampliação de escolas cívico-militares no país

    O Ministério da Educação (MEC) deve anunciar nos próximos dias as ações para ampliar o número de escolas cívico-militares no país. Na semana passada, houve uma reunião da equipe responsável. A Agência Brasil apurou que faltam apenas os ajustes finais antes do lançamento da política.

    Aumentar o número de escolas cívico-militares no país é uma das prioridades do MEC, que passou a contar com uma Subsecretaria de Fomento às Escolas Cívico-Militares.

    Atualmente, são 120 escolas em 17 estados do país com o modelo, a maior parte em Goiás, com 50 estabelecimentos de ensino, de acordo com levantamento da Polícia Militar do Distrito Federal (DF). Na conta ainda não estão incluídas as escolas do DF.

    Após morte de Ricardo Boechat, BandNews FM pede desculpas e sai do ar

    Após a confirmação da morte de Ricardo Boechat, no início da tarde desta segunda-feira (11/2), a Rádio BandNews saiu do ar. Os colegas do jornalista anunciaram a notícia, pediram desculpas e não conseguiram continuar a transmissão.

    Boechat estava em um helicóptero que caiu sobre um caminhão no Rodoanel, em São Paulo. Além dele, o piloto que comandava a aeronave também faleceu.

    Segundo o Corpo de Bombeiros, o helicóptero caiu em cima de um caminhão que trafegava pela via, no sentido interior, próximo à Praça do Pedágio. O motorista do caminhão ficou ferido, mas não corre risco de vida.

    Notícia
    A revelação de que o jornalista tinha morrido foi feita ao vivo na Rádio Band. A repórter Sheila Magalhães foi quem noticiou. “Boechat apresentou o noticiário da Band News logo pela manhã, esteve em Campinas para um evento de um laboratório farmacêutico, foi a bordo de um helicóptero, acompanhado de um piloto”, descreveu. “Ele pegou o helicóptero por volta das 11h50 da manhã e pousaria no Grupo Bandeirantes por volta de 12h15, o que não aconteceu”, disse.

    Por volta das 14h, a Band News informou, via programação da rádio, que sairiam do ar. Os colegas do jornalista pediram desculpa aos ouvintes e disseram que não estavam em condições de continuar a transmissão. Na sequência, ficou apenas a vinheta no ar.

    Na Band, canal em que ele trabalhava, o apresentador José Luiz Datena foi quem informou a morte. “Se o Boechat estivesse aí vivo agora, ele diria que a vida vale a pena para caramba”, disse chorando.

    METROPOLES

    Polícia Federal cumpre mandado de busca e reprime fraude eleitoral no RN

    A Polícia Federal cumpriu hoje (11/2), no bairro de Nossa Senhora da Apresentação, Zona Norte de Natal, um mandado de busca e apreensão, para reprimir delito de falsificação de documentos para fins eleitorais.

    A investigação decorreu de provocação realizada pela Justiça Eleitoral, dando conta da existência de eleitor cadastrado com perfis biométricos semelhantes, mas com documentação de cadastro eleitoral diferente, o que evidenciava uma possível fraude.

    No curso das investigações foi constatado que o suspeito de fato possuía três identidades, sendo uma obtida na Paraíba e outras duas no Rio Grande do Norte. As diligências policiais também, por meio do trabalho de perícia datiloscópica, constataram que o investigado fazia uso de diferentes documentos, o que possibilitou a prática da fraude eleitoral e a expedição de mais de um título de eleitor vinculados às cidades de São José do Mipibu e Monte Alegre/RN.

    O cumprimento da busca e apreensão teve como objetivo arrecadar documentos e/ou informações sobre esta e outras fraudes praticadas pelo acusado. Ele responderá pelos crimes de inscrição fraudulenta de eleitor, falsificação de documento público para fins eleitorais, inserção de dados falsos em documento público para fins eleitorais e uso de documento falso, cujas penas somadas poderão, em caso de condenação, alcançar 22 anos de reclusão. 

    Comunicação Social da Polícia Federal

    Diplomatas brasileiros trocam agressões em aeroporto na Bolívia (veja Vídeo)

    Dois diplomatas que ocupavam altos cargos no Consulado-Geral do Brasil em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, trocaram socos e tapas no Aeroporto Internacional de Viru Viru, no mesmo país, na manhã do dia 17 de janeiro. 

    As imagens, gravadas pelo sistema de videomonitoramento, mostram José Augusto Silveira de Andrade Filho, antigo cônsul-geral, levando um tapa e depois desferindo um golpe em Sóstenes Arruda de Macedo, que era cônsul adjunto. A Justiça foi acionada pelos dois lados. Sóstenes, inclusive, levou ao Ministério Público da Bolívia o caso.

    Andrade Filho teve a indicação aprovada pelo Senado Federal no último dia 27 de novembro e foi nomeado no dia 28 de dezembro embaixador do Brasil na Namíbia a partir de fevereiro deste ano. Macedo, por outro lado, não ocupa mais o cargo e respondeu a dois processos administrativos disciplinares. De acordo com relatos ouvidos pela reportagem, os dois tinham um relacionamento complicado no ambiente de trabalho.

    Por Metropoles

    Papa cria órgão anticorrupção no Vaticano

    O papa Francisco sancionou o novo estatuto do Gabinete do Revisor-Geral das Contas do Vaticano, elevando o órgão ao status de "autoridade anticorrupção".Além disso, o líder da Igreja Católica aumentou os poderes da autarquia. O estatuto anterior dizia que o gabinete poderia "pedir aos entes e às administrações qualquer informação e documentação de natureza financeira ou administrativa relevante". 

    Essa redação, no entanto, abria a possibilidade de os dicastérios vaticanos negarem as solicitações. Já o novo texto afirma que o revisor-geral "pede e obtém" os documentos requeridos. O órgão também é obrigado a informar as autoridades econômicas e judiciárias sobre eventuais crimes descobertos em suas inspeções. 

    O cargo de revisor-geral do Vaticano é ocupado interinamente por Alessandro Cassinis Righini.

    Fonte: Ansa

    ALRN: Primeira reunião do colégio de líderes está definida para a próxima terça-feira

    O presidente da Assembleia Legislativa do RN (ALRN), deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), convocou para a próxima terça-feira (12) a primeira reunião de lideranças, para apreciação de matérias que já estão na Casa Legislativa para tramitação.

    As indicações para liderança partidária e de blocos na ALRN foram finalizadas na última quinta-feira (07).

    Os líderes de bancadas partidárias com mais de três deputados e os líderes de blocos parlamentares têm direito a voz e voto na reunião.

    Os líderes de bancadas com menos de três deputados têm direito a voz, mas não a voto.

    Violência e burocracia afastam multinacionais de armas do Brasil

    Regulação, concorrência e até os altos índices de violência impediram a instalação de fabricantes estrangeiras de armas no Brasil nos últimos anos.

    Após o presidente Jair Bolsonaro assinar o decreto que flexibiliza a posse de armas, em janeiro, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que estuda medidas para abrir esse mercado no país.

    O presidente, no entanto, terá de ser arrojado na mudança regulatória se quiser atrair a instalação de fábricas estrangeiras no Brasil, avaliam multinacionais.

    Quando a eleição de Bolsonaro passou a ser dada como certa, fabricantes como a árabe Caracal, a tcheca CZ, e a suíço-alemã Sig Sauer manifestaram na imprensa o interesse de abrir fábricas aqui, com a divulgação de investimentos superiores a US$ 100 milhões (R$ 372 milhões).

    Nos bastidores, porém, a história é outra.

    O país é visto como terreno instável não só pelo velho risco Brasil que atinge os setores em geral, mas por aspectos específicos do mercado de armas local.

    Foi o caso da estatal suíça Ruag, que em 2017 anunciou planos de produzir munições aqui e obteve autorização do Exército brasileiro.

    Em setembro de 2018, entretanto, o governo suíço recomendou recuar após repercussão negativa de se instalar em um país notabilizado por violência e corrupção.