• Últimas Notícias

    segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

    Campestre/RN: Polícia Militar prende em flagrante fugitivo de Alcaçuz acusado de estupro de vulnerável e porte ilegal de arma

    Foto cedida pela PM
    A Polícia Militar através do Destacamento Policial da cidade de São José de Campestre prendeu em flagrante, nas primeiras horas da manhã de hoje (28.01), um indivíduo acusado de estupro de vulnerável e de porte ilegal de arma de fogo. 

    Segundo informações repasssadas pelos Policiais Militares, por volta das 5:30 da manhã, uma senhora havia acionado a guarnição local, dando conta que sua neta de apenas 12 anos havia sido raptada, e que o acusado era o filho da comunicante. 

    Diante dessas informações, os Policiais diligenciaram até uma casa abandonada, onde o indivíduo estava mantendo a menor em cárcere privado. Após a intervenção policial a menor foi resgatada, momento em que o acusado portando uma arma de fogo empreendeu fuga, atirando contra os policiais que imediatamente revidaram a injusta agressão, conseguindo atingir o fugitivo, sendo este imediatamente socorrido ao Hospital Municipal. 

    Aos Policiais, a menor relatou que o acusado, que é tio da vítima, havia utilizado a arma de fogo para força-la a manter relações sexuais, configurando desse modo o crime de estupro de vulnerável. 

    O indivíduo foi posteriormente identificado como sendo, Paulo César Rodrigues Santana, 29 anos, conhecido por Palito, fugitivo da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, onde cumpria pena por assalto, sendo considerado um indivíduo de altíssima periculosidade. Com ele os Policiais Militares apreenderam um revólver cal. 32, além de 5 (cinco) munições picotadas e não deflagradas. 

    Todo material apreendido, juntamente com a vítima, foram apresentados a Delegacia Policial Civil do Município de Campestre, para adoção das medidas legais.

    Com informações do 8° BPM/Nova Cruz