• Últimas Notícias

    sexta-feira, 13 de setembro de 2019

    Smartphone “dobrável” da LG deve chegar ao Brasil por R$ 5,5 mil

    Fontes ligadas ao desenvolvimento do smartphone “dobrável” V50 ThinQ, da sul-coreana LG, revelaram ao Canaltech que o aparelho deve chegar ao Brasil com preço sugerido de R$ 5,5 mil. Segundo nossas fontes, a estratégia da fabricante é lançar o aparelho no Brasil por uma faixa de preço que corresponda “a cerca da metade do que custarão os Galaxy Fold [Samsung] e Mate X [Huawei]”.

    Também segundo as informações obtidas pelo Canaltech, o aparelho chegará ao Brasil sob outro nome, que já até figura em nossas páginas: LG G8X ThinQ. Em sua ficha técnica, constatamos a presença de um chipset Snapdragon 855, 128 GB de armazenamento e 6 GB de RAM, telas FHD + OLED de 6,4 polegadas (proporção de 2340 x 1080, 19,5: 9), conector de fone de ouvido com DAC hi-fi de 32 bits, alto-falantes estéreo (1,2 watts cada), leitor de impressão digital no display, bateria de 4.000 mAh, fast Charge 4.0 e carregamento sem fio, e ainda é compatível com Google Assistente. O smartphone ainda tem câmeras traseiras de 12 MP e 13 MP. Por sua vez, a câmera frontal possui um sensor de 32 megapixels, que captura imagens em 8 MP, tal qual mostrado durante a IFA 2019.

    Não nos foi possível, ainda, obter informações mais precisas quanto à data de lançamento do smartphone no Brasil, mas durante sua participação no Hacktown 2019, em Santa Rita do Sapucaí, Minas Gerais, o gerente geral e chefe da área de produtos da LG, Fabricio Habib, comentou que o aparelho deve chegar no Brasil “pouco antes do Natal”, ressaltando que ele deve custar “consideravelmente menos” do que os outros dobráveis anunciados.

    Se o preço se confirmar, a LG pode firmar o aparelho como uma opção viável no setor de foldables — os dobráveis — frente à sua concorrente direta, a Samsung. Caso o Galaxy Fold venha a custar mais de R$ 10 mil, ele será obviamente destinado a um público totalmente premium, ao passo que o preço praticado para o G8X torna as coisas mais leves ao bolso (ao menos, tão "leves" quanto R$ 5,5 mil podem ser).

    Com informações CANAL TECH

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.