• Últimas Notícias

    sexta-feira, 12 de julho de 2019

    Projeto social Federais Solidários retoma temporada 2019

    O projeto social Federais Solidários, criado há dois anos pelo Sindicato dos Policiais Federais do Rio Grande do Norte (Sinpef-RN), está retomando suas atividades. Na próxima segunda-feira, dia 15, a ação chega à Escola Municipal Alberto de Carvalho Araujo, em Nísia Floresta. 

    Esta será a primeira apresentação após a morte do idealizador do projeto e então presidente do Sinpef - José Antônio Aquino - vítima de um infarto no mês passado. Na ocasião, haverá uma homenagem em sua memória. 

    "Nossa missão precisa continuar, que é abordar assuntos relevantes para a evolução do conhecimento de crianças e jovens potiguares por meio de palestras gratuitas. Este é um dos mais importantes legados que Aquino nos deixou", destaca Sérgio Guimarães, que assumiu a presidência do Sinpef-RN.

    “O conhecimento é o alicerce do ser”, acrescenta o escritor e policial federal Junior Dalberto, um dos palestrantes.

    _*Temas*_

    Os temas das palestras sao: ‘Os perigos da internet’, ‘A importância da leitura’, ‘As drogas e os seus danos’ e ‘Cidadania contra a corrupção’. 

    _*O projeto*_

    No primeiro ano do projeto, cerca de 2.000 pessoas foram beneficiadas com as ações. Em 2018, o número saltou para 3.500. Para este ano, a expectativa é chegar a 4.000.

    Em 2018, o projeto Federais Solidários concorreu ao Prêmio Innovare – um dos mais conceituados do país, e cujo objetivo é o reconhecimento e a disseminação de práticas transformadoras. 

    _*Como participar*_

    Escolas ou instituições interessadas em receber o projeto Federais Solidários podem ligar para o número (84) 99971-5257.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.