• Últimas Notícias

    sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

    Eleições suplementares: Santa Cruz e Passa e Fica já tem nomes praticamente definidos para concorrer as respectivas prefeituras

    Numa eleição suplementar bastante acirrada, eleitores de duas cidades do agreste Potiguar terão pouco tempo para conhecer os projetos de governo de cada candidato. 

    Em Santa Cruz por exemplo, o deputado Tomba conseguiu impor, com sua força política, o seu candidato a prefeito, Dr Ivanildinho(PSB), ex-vice prefeito de Fernanda Costa, que juntos, integravam a chapa cassada recentemente pelo TRE/RN. Dr. Ivanildinho terá como vice, o jovem empresário Glauter Adriano. A convenção para homologação da chapa será nessa sexta-feira (28) na Câmara Municipal.

    Pela Oposição, Péricles Rocha(PSD), que é primo de Tomba, eleito prefeito em 2008 com apoio do deputado, perdeu a eleição seguinte em 2012 para a esposa de Tomba, vem para a disputa contra o todo poderoso e traz como vice na sua chapa o vereador mais votado nas eleições de 2016, Paulo César Beju(PSD). A convenção do PSD que homologará a chapa será no próximo domingo(30), a partir das 14h, na Escola Estadual João Ferreira de Souza.

    Em Passa e Fica, com situação e oposição a se definirem nas convenções, o nome do ex-prefeito Celú, com apoio de Pepeu, poderá ter como sua vice, Daniela, ambos do PSB. Já pela Oposição, Cibele, esposa de Everaldo Bezerra será o nome indicado para concorrer ao cargo de prefeita e para vice-prefeita, segundo informações a chapa poderá ser fechada com o nome de Adriana, esposa do vereador Josinaldo Mandu, recentemente cassado pelo TRE.

    As eleições suplementares para os municípios de Santa Cruz (RN) com 23.724 eleitores e Passa e Fica (RN) com 8.626 eleitores, ambas terão pouco tempo para realizar comícios e propaganda eleitoral nos veículos de comunicação que começa no próximo dia 7 de janeiro e termina no dia 1º de fevereiro. Essas eleições suplementares foram marcadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para o dia 3 de Fevereiro. 

    O novo pleito foi determinado após os respectivos prefeitos e vices das duas cidades terem sido cassados.

    O Paralelo

    FPM: Último repasse do ano para os municípios está sendo credito nesta sexta-feira(28)

    A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao terceiro decêndio do mês será realizado nesta sexta-feira (28).

    O valor do crédito é de R$ 2.771.209.556,17, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

    Incluindo o Fundo, o montante é de R$ 3.464.011.945,21, adianta informação extraída do endereço virtual da CNM.

    Do total repassado aos 5.568 municípios, os de coeficientes 0,6, que representam 44,36% do total, ficarão com o valor de R$ 693.798.399,18, ou seja, 20,03% do que será transferido.

    Segundo dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o terceiro decêndio de dezembro de 2018, comparado com mesmo período do ano anterior, apresentou um crescimento de 18%, sem se considerar os efeitos da inflação.

    Ao se considerar, o crescimento foi de 13,91%.

    Bolsonaro diz que vai estender validade de CNH para 10 anos

    Resultado de imagem para Carteira Nacional de Habilitação (CNH)O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou nesta sexta-feira (28/12) por meio do Twitter, que pretende ampliar o prazo de validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para dez anos. "Parabenizo o governo do RJ por extinguir a vistoria anual de veículos. Outrossim, informo que faremos gestões no sentido de passar para 10 anos a validade da carteira nacional de habilitação (hoje, seu prazo é de 5 anos)", escreveu Bolsonaro.

    Atualmente, o documento tem validade de cinco anos para pessoas até 65 anos e de três anos acima desta idade. Para renovar a habilitação, é preciso realizar exames médicos.

    Apostadores deixaram de retirar R$ 266 milhões da Mega-Sena em 2018

    Sortudos que acertarem a Mega-Sena da Virada poderão começar 2019 dividindo um prêmio de R$ 280 milhões. Mas você sabia que há gente que ganha o concurso e não vai buscar o prêmio? De janeiro a novembro deste ano, o valor que não foi retirado pelos ganhadores já chegou a R$ 266,6 milhões.

    Se o dono da aposta vencedora não se apresentar para resgatar seu prêmio em 90 dias o valor prescreve. De acordo com o UOL, grande parte do dinheiro não retirado ajuda alunos que não têm condições de arcar com os custos de suas formações a ingressarem no ensino superior por meio de programas como o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).


    Morre segunda testemunha do caso Odebrecht na Colômbia

    Morreu nesta quinta-feira (27), na Colômbia, a segunda testemunha que prestaria depoimento nas investigações do escândalo Odebrecht neste país. Rafael Merchán, 43, foi encontrado sem vida em seu apartamento, em Bogotá.

    A empreiteira brasileira teria pago, segundo declarou ao Departamento de Justiça dos EUA, US$ 11 milhões (R$ 42,6 milhões) em subornos e caixa 2 a candidatos. Investigação da procuradoria-geral do país, porém, vem apontando que o valor seria muito mais alto —84 bilhões de pesos (R$ 87,9 milhões).

    Depois da morte misteriosa de Jorge Enrique Pizano, cujo corpo foi encontrado sem vida em sua chácara e as investigações ainda não levaram a uma conclusão definitiva, a morte de Merchán, um ex-funcionário do governo Juan Manuel Santos (2010-2018), traz mais interrogações às investigações.

    Com informações da Folhapress

    PRF prende homem que divulgava blitz através do whatsapp

    Conduta é considerada crime, previsto no artigo 265 do Código Pena
    Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam, às 17h desta quarta-feira (26), um homem que divulgou, através whatsapp, a realização de um comando de fiscalização.

    A blitz estava sendo realizada no km 58 da BR-319 (Avenida Imigrantes), em Porto Velho/RO, quando os policiais desconfiaram do comportamento de um indivíduo. Feita a abordagem, o homem, que estava fazendo uso de tornozeleira eletrônica do sistema prisional, confessou ter tirado foto da equipe e divulgado a atividade em um grupo de um aplicativo de mensagens.

    A conduta realizada pelo homem é considerada crime, previsto no artigo 265 do Código Penal, por atentar contra a segurança ou o funcionamento de serviço de utilidade pública, dificultando a fiscalização policial e possibilitando aos criminosos uma maior facilidade para a prática de atitudes ilícitas.

    Diante disso, os agentes efetuaram a prisão do indivíduo, que, em seguida, foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil, nesta capital.

    Agência PRF

    Justiça determina fim da greve dos policiais civis

    O desembargador Saraiva Sobrinho determinou em decisão liminar a suspensão da greve dos policiais civis iniciada na última quarta-feira (27). A decisão foi concedida às 21h39 durante o plantão judicial. O pedido havia sido protocolado pela Procuradoria Geral do Estado nesta quinta-feira. Os agentes da Polícia civil e os escrivães haviam parado as atividades em razão do atraso no pagamento do décimo terceiro salário de 2017 e do salário do mês de novembro. O Governo pagou os valores apenas para quem recebe até R$ 5 mil.

    Segundo o desembargador, a manutenção na greve coloca em risco a sociedade em virtude da “ofensa à Ordem Pública, corporificada a partir dos danos gerados à comunidade potiguar num todo, sobretudo pela carência da prestação de um serviço, senão o mais precípuo, de relevância ímpar à manutenção e tutela da paz social”. A decisão concedeu “a liminar para determinar a imediata suspensão do movimento paredista, de forma a se restabelecer a regular, plena e efetiva continuidade dos serviços relacionados à segurança pública, em todas as unidades do Estado, sob pena de multa diária de R$ 15.000,00 (quinze mil reais), em desfavor da parte demandada”.

    A decisão da Justiça seguiu parecer enviado pelo Ministério Público Estadual, que considerou que “a atividade policial é carreira de Estado imprescindível a manutenção da normalidade democrática, sendo responsável pela garantia da segurança interna, ordem pública e paz social”. Para o MPE, “em se tratando de movimento grevista deflagrado por policiais civis, servidores ocupantes de cargo público cuja atividade diz respeito à segurança pública, considerada como serviço essencial, sua paralisação, mesmo que por parte da categoria, afigura-se ilegal e, sobretudo, ocasionará dano de difícil reparação, propiciando o avanço da violência, colocando em risco a sobrevivência, a saúde e a segurança da população”.

    Com informações da Tribuna do Norte

    Bolsonaro planeja revogar normas para desburocratizar

    (Foto: ABr)
    A cinco dias da posse, a equipe de transição do presidente eleito, Jair Bolsonaro, apresentou nesta quinta-feira (27) um documento, de 81 páginas, com orientações para os primeiros 100 dias do próximo governo. O material, intitulado Agenda de governo e governança pública, foi entregue aos titulares dos ministérios pelo ministro extraordinário da transição, Onyx Lorezoni, que assumirá a Casa Civil.

    A apresentação do documento ocorreu durante reunião na tarde desta quinta-feira (27). O texto estabelece instruções que vão desde critérios para nomeações em cargos até propostas que podem ser encaminhadas ao Congresso Nacional via projeto de lei.