• Últimas Notícias

    segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

    Sobrenatural: Depoimento de João de Deus tem teclado quebrado, gritos, fio queimado e ferido

    Na noite desde domingo (16), João de Deus prestou depoimento em delegacia de Goiânia por conta das denúncias de abuso sexual cometidos durante atos religiosos. Alguns acontecimentos um tanto quanto estranhos e inusitados marcaram o depoimento. Segundo a Folha de São Paulo, os ali presentes disseram que o computador usado para registrar suas explicações parecia ter vida própria. 

    "Você apertava uma tecla e ela OOOOOOOOO...", descreveu a delegada Karla Fernandes, coordenadora da força-tarefa imbuída do caso na Polícia Civil.Como estava bastante calor, resolveram usar uma extensão para ligar o ar-condicionado. Segundo a investigadora, o fio explodiu e queimou o frigobar. "Todo mundo gritou dentro da sala", conta ela.

    A oitiva estava marcada para ocorrer em Anápolis, cidade vizinha à capital goiana, mas um imprevisto tirou o escrivão de circulação. Ele foi atropelado na BR-060, a caminho da delegacia, e quebrou o braço.

    Sendo assim, o depoimento foi transferido para Goiânia. Assim, o interrogatório durou por mais de duas horas. Para Fernandes, os episódios podem não ser só obra do acaso. "Estamos diante de uma situação que envolve crenças e energias."

    Questionada se está com medo, ela reage: "Não, mas tenho respeito, até porque sou espiritualista". Ela classifica João de Deus como um homem que tem, de fato, "um poder". "Mas houve um desvio no meio do caminho", comenta.

    Sisu 2019 deve abrir mais de 235 mil vagas no primeiro semestre

    O processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), primeira edição de 2019, vai ofertar 235.476 vagas, em 129 instituições de todo o país. As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, por meio da página eletrônica do Sisu, no período de 22 de janeiro de 2019 até as 23h59 de 25 do mesmo mês, observando o horário oficial de Brasília.

    O Sisu é o instrumento pelo qual as universidades públicas oferecem vagas a candidatos que se submeteram ao Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Podem concorrer às vagas os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtido nota acima de zero na prova de redação.

    Ministério da Saúde libera R$ 14 milhões para ampliar assistência no RN

    O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, anunciou nesta segunda-feira (17) a liberação de R$ 14 milhões para ampliar e qualificar serviços de saúde nos municípios do Rio Grande do Norte. Deste total, R$ 4,3 milhões serão destinados a habilitações em serviços de média e alta complexidade, como leitos para gestantes de alto risco, unidades de cuidados intermediários neonatal, unidades de terapia intensiva pediátrica e também terapia nutricional. Também serão destinados R$ 1,6 milhão para habilitações de equipes multiprofissionais de Atenção Domiciliar para pacientes que necessitam da continuidade do cuidado assistencial em domicílio.

    "Esse investimento do Governo Federal é um importante reforço para melhorar e ampliar os serviços de saúde da região, beneficiando toda a população do estado e municípios do Rio Grande do Norte. Um reforço importante destinado à Atenção Domiciliar, serviços especializados em reabilitação, combate ao mosquito da dengue, além de transportes especializados para atendimento das pessoas com deficiência", reforçou o ministro Occhi.

    Serão ainda destinados R$ 2,4 milhões para serviços de reabilitação adulto e infantil no município de Caico. Já a população do município de São José de Mipibu passa a contar com aproximadamente R$ 1,2 milhão anuais para custeio dos serviços na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) Geraldo de Souza.

    As pessoas com deficiência nos municípios de Pau dos Ferros, Macaíba, São José de Mipibu, Areia Branca, Guamaré, Santa Cruz e Natal também serão beneficiadas. O ministro anunciará a doação de sete veículos adaptados para transporte de pacientes, no valor de R$ 1,2 milhão no total. O veículo é adaptado com plataforma elevatória, ideal para embarque e desembarque de usuário cadeirante. Já os serviços na Atenção Básica de quatro municípios do estado receberão reforço de R$ 500 mil para a construção de quatro Academias da Saúde.

    Também integra o conjunto de anúncios feitos pelo ministro da Saúde, para o Rio Grande do Norte, a distribuição de 24 caminhonetes, com investimento de R$ 2,6 milhões. Os veículos irão reforçar o efetivo para combater o mosquito Aedes aegypti, no atual cenário de risco dos municípios em relação às doenças dengue, zika e chikungunya. Ao todo, a pasta adquiriu mil veículos para serem entregues em todo o país a um custo de R$ 109,4 milhões.

    Os municípios contemplados com as novas caminhonetes no estado do Rio Grande do Norte são: Acaré, Guamaré, Jardim do Seridó, São Rafael, Triunfo Potiguar, Caicó, Timbaúba dos Batistas, Caiçara do Rio do Vento, Riachuelo, Baraúna, Caraúbas, Itajaí, Lagoa D´Anta, Monte das gameleiras, Mossoró, Nísia Floresta, Olho D´Agua do Borges, Paraú, Parazinho, Riacho da Cruz, São Fernando, São José do Campestre, Serrinha dos Pintos e Severino Melo.

    "No Brasil, é melhor montar um partido do que abrir uma empresa", Diz Ministro do STF

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, afirmou nesta segunda-feira, dia 17, que montar um partido político no Brasil é “mais negócio” do que abrir uma empresa. A declaração foi dada durante palestra na Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em comemoração aos 30 anos da Constituição.

    “Hoje no Brasil é muito mais negócio montar um partido”, disse o ministro. “Por que você vai montar uma pequena empresa? Você monta o partido, existem escritórios especializados nisso, para colher assinatura, e imediatamente você tem mais de R$ 100 mil de Fundo Partidário, mesmo sem parlamentar nenhum. Virou um negócio.”

    Alexandre criticou o Fundo Partidário e deu como exemplo o Partido Social Liberal (PSL), legenda do presidente eleito Jair Bolsonaro, que terá direito a R$ 110 milhões em 2019.

    “Isso é um absurdo. E não é porque é o PSL. Que empresa tem esse faturamento no Brasil? E mais: R$ 110 milhões de dinheiro público”, criticou o ministro, relembrando ainda que, somando-se o total do Fundo Partidário, do Fundo Eleitoral e das isenções, são cerca de R$ 7 bilhões por ano destinados aos partidos.

    Ele se declarou “totalmente contrário” ao financiamento público.


    Ministro do TSE anula acórdão do TRE, Beto é reeleito e tira a vaga de Mineiro

    O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Jorge Mussi anulou o acórdão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que negava o registro de candidatura de Kerinho (PDT). Segundo informou o blog do Barreto.

    Com isso os 8.990 votos dele são validados e a coligação 100% ultrapassa a Do Lado Certo com Beto Rosado (PP) sendo reeleito e Fernando Mineiro (PT) ficando de fora.

    Professora que acumulava cargos em dois municípios da Região Agreste é condenada por improbidade

    A Justiça, em São Paulo do Potengi, condenou uma professora pela prática de atos de improbidade administrativa. A acusação é de que ela acumulou ilicitamente cargos públicos nos municípios de Lagoa de Velhos e de Riachuelo. A juíza Vanessa Lysandra Fernandes Nogueira de Souza reconheceu que a servidora pública praticou ato de improbidade administrativa por ofensa aos princípios da administração pública.

    Ou seja, ela teria acumulado ilicitamente cargos nos quadros funcionais da Prefeitura Municipal de Lagoa de Velhos, como professora, com carga horária de 30 horas semanais, bem como nos quadros da Prefeitura de Riachuelo, como Agente Administrativo, com carga horária de 40 horas semanais, totalizando, assim, 70 horas semanais.

    Assim, magistrada declarou a nulidade da nomeação da servidora para o cargo de Professora do Município de Lagoa de Velhos, condenando-a às sanções de perda de função pública - ou seja, do cargo de Professora do Município de Lagoa de Velhos e de ressarcimento do dano na ordem de 33,34% do valor das remunerações percebidas desde a admissão, em 19 de novembro de 2008 até o seu afastamento do cargo de Professora de Lagoa de Velhos.

    Câmara dos Deputados aprova política para universalizar internet nas escolas

    O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na última quinta-feira (13), o Projeto de Lei nº 9.165/17, do Poder Executivo, que cria a Política de Inovação Educação Conectada, com o objetivo de apoiar as escolas na obtenção de acesso à internet de banda larga e fomentar o uso pedagógico de tecnologias digitais na educação básica. A matéria será enviada ao Senado.

    O texto foi aprovado com oito emendas incorporadas pelo relator, deputado Bacelar (Pode-BA). Uma delas, do deputado André Figueiredo (PDT-CE), permite o uso de recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (FUST) para instalação, ampliação ou atualização de redes de comunicação de voz e de dados, em especial o acesso à internet de alta velocidade em escolas públicas situadas em regiões de maior vulnerabilidade socioeconômica e baixo desempenho em indicadores educacionais.

    Originalmente, o projeto previa como fonte de recursos para as ações dessa política as dotações orçamentárias da União, sujeitas a contingenciamento, e receitas provenientes de outras entidades públicas e privadas.

    Pelo texto aprovado, esse apoio financeiro da União aos demais entes federados ocorrerá por meio de repasses via Fundeb (Lei nº 12.695/12) ou programa Dinheiro Direto na Escola (Lei nº 11.947/09).