• Últimas Notícias

    domingo, 4 de novembro de 2018

    Educação Básica: Escolas devem escolher obras literárias até esta segunda-feira

    As escolas públicas de educação básica têm até esta segunda-feira (05) para escolher as obras literárias que vão utilizar no ano letivo de 2019.

    O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) prorrogou o prazo, pois até a tarde da última quarta-feira (31) cerca de 42% das unidades de ensino que serão beneficiadas nesta edição do programa ainda não tinham acessado o sistema para efetuar a escolha.
     
    O FNDE vai encaminhar acervos compostos aleatoriamente por títulos do Programa Nacional do Livro e do Material Didático, o PNLD Literário 2018, para escolas que não fizerem a seleção a tempo.

    Esta é a primeira vez que o FNDE permite que diretores e professores escolham as obras literárias que mais se adéquam ao projeto pedagógico de cada unidade de ensino. Apenas as redes municipais ou estaduais e as instituições federais, que aderiram formalmente ao PNLD Literário 2018 por meio do sistema do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE Interativo) podem escolher o material.

    Para educação infantil e turmas do primeiro ao terceiro ano do ensino fundamental, a escolha será de acervos para sala de aula. Já para o quarto e quinto anos do ensino fundamental e para o ensino médio, a seleção será de acervos para biblioteca e de dois livros para cada aluno.

    Com o intuito de ajudar na escolha do PNLD Literário 2018, o FNDE publicou em seu portal eletrônico um guia digital do programa.

    O material contém resenhas e informações sobre todas as obras selecionadas para esta edição.

    Enem 2018: Exame tem menor percentual de faltantes desde 2009, revela Inep

    O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 teve o menor percentual de faltantes desde 2009, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 24,9%, o que representa cerca de 1,4 milhão de estudantes do total de 5,5 milhões de inscritos.

    Até então a menor porcentagem de ausentes foi registrada em 2011, quando 26,4% não fizeram as provas.

    De acordo com o Ministério da educação, o número final de faltantes será divulgado no segundo dia do exame, 11 de novembro, próximo domingo.

    Aqueles que comparecerem no segundo dia de prova serão considerados presentes. Do total de inscritos, 10,55% até este domingo (04), no primeiro dia do Enem não acessaram o cartão de confirmação, que contém o local de prova, o que equivale a 581.892 participantes.