• Últimas Notícias

    segunda-feira, 8 de outubro de 2018

    Facebook lança tela inteligente para chamadas de vídeo

    Tela inteligente para chamada de vídeos
    O Facebook anunciou nesta segunda-feira a comercialização do "Portal", uma tela inteligente projetada para facilitar as chamadas de vídeo, graças a uma câmera grande angular equipada com inteligência artificial. O lançamento representa uma mudança estratégica da rede social, que passa por momentos difíceis.

    — É uma guinada — disse Andrew Bosworth, vice-presidente do Facebook encarregado de equipamentos de consumo.

    Em 2014, o grupo americano comprou a empresa de capacetes de realidade virtual Oculus, mas é a primeira vez que a gigante da internet desenvolve internamente um dispositivo de consumo.

    — As chamadas de vídeo não param de crescer no Messenger ou no WhatsApp. Mas os equipamentos atuais, tanto os smartphones como os computadores, são limitados. Então, percebemos que, se quiséssemos continuar a cumprir nossa missão, deveríamos fabricar nossos próprios aparelhos — explicou Bosworth.

    A partir desta segunda-feira, os consumidores nos Estados Unidos poderão encomendar com antecedência estes monitores de alta definição, projetados para ser instalados em uma sala e fazer chamadas de vídeo sem ter que ficar em frente ou segurar o telefone com a mão.

    Duas versões de telas

    O "Portal" será disponibilizado em duas versões, de 10 e 15 polegadas, que serão vendidos nos Estados Unidos por US$ 199 e US$ 349, respectivamente. O equipamento estará disponível nas lojas Amazon e Best Buy, além do Facebook.com, e começa a ser enviado para os clientes americanos no início de novembro.

    Continue a leitura AQUI

    Candidatos têm 20 dias para campanha, de olho no segundo turno

    Mal terminou a apuração dos votos do primeiro turno das eleições, o tempo começa a correr para os candidatos que disputarão o segundo turno no dia 28. São apenas 20 dias de campanha. No entanto, o calendário eleitoral é rígido: é preciso hoje (8) esperar 24 horas do encerramento da votação (17 h de ontem) para reiniciar propaganda e divulgações.

    Alguns partidos agendaram para esta semana reuniões da executiva nacional. A Executiva Nacional do PSDB se reúne amanhã (9), em Brasília, o PSTU anuncia na quarta-feira (10) o apoio no segundo turno, além da Rede e do PV, que também têm previsão de encontros até sexta-feira (12).

    O PDT é outro partido que prepara para esta semana a divulgação de apoios. Ontem(6), alguns candidatos revelaram conversas que tiveram por telefone, sinalizando eventuais alianças e coligações para o segundo turno. Até sexta-feira (12), quando os principais partidos tiverem definido os apoios para o segundo turno, começa o período de propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão.

    Prisões

    Pelo Código Eleitoral, a partir de sábado (13) aquele candidato que ainda está na disputa eleitoral não poderá ser detido ou preso, salvo no caso de flagrante delito. Para os eleitores, a proibição só vale a partir do dia 23, quando não poderá haver prisão ou detenção, exceto em flagrante e por sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou por desrespeito a salvo-conduto.

    A três dias do segundo turno, no dia 25, termina o período para propaganda política mediante reuniões públicas ou promoção de comícios e utilização de aparelhagem de sonorização fixa.

    Também será o último dia para partidos políticos e coligações indicarem os nomes dos fiscais e delegados habilitados a monitorar os trabalhos de votação.

    Vésperas

    Às vésperas do segundo turno, o dia 26 será o prazo final para a divulgação da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão, assim como para a divulgação paga, na imprensa escrita, de propaganda eleitoral. Os debates se encerram também nessa data.

    Um dia antes das eleições, 27, ainda é permitida propaganda eleitoral com alto-falantes ou amplificadores de som. Até as 22h poderá ocorrer distribuição de material gráfico e a promoção de caminhada, carreata, passeata ou carro de som que transite pela cidade divulgando jingles ou mensagens de candidatos.

    A exemplo do que ocorreu no primeiro turno, no dia 28, as votações começam às 8h e vão até as 17h. Os partidos políticos têm até o último momento para solicitar, por exemplo, o cancelamento do registro do candidato que ele tiver expulsado.

    A propaganda política em qualquer tipo de comunicação está proibida no dia das eleições. A divulgação de resultados de pesquisas de intenção de votos pode ocorrer desde que o levantamento tenha sido feito em datas anteriores ao dia da votação.

    Por Agência Brasil

    PT e PSL são os partidos que mais elegeram para a Câmara dos Deputados

    Se em 2014, o PT cujo candidato disputada o segundo turno das eleições presidenciais, Fernando Haddad, elegeu 69 deputados, desta vez foram 56 deputados. O PSL, legenda do também candidato Jair Bolsonaro, saltou de um deputado eleito, há quatro anos, para 52.

    O MDB, que tradicionalmente integra a Presidência da Câmara e do Senado, caiu para quase metade em tamanho. Em 2014, foram eleitos 65 deputados, agora serão 34 parlamentares. O Partido Novo, que lançou o empresário João Amoêdo à Presidência, conseguiu oito deputados.

    Legendas

    No total, serão 30 legendas com representação na Câmara. O tamanho das bancadas é importante para que os deputados sejam indicados para funções específicas e relevantes no funcionamento do Parlamento.

    Pelo Regimento Interno da Câmara e negociações, o maior partido ou bloco tem peso na escolha dos da Presidência da Casa e para ocupar o comando de comissões de maior destaque, como a de Constituição e Justiça e a de Finanças e Tributação.