• Últimas Notícias

    domingo, 23 de setembro de 2018

    TSE disponibilizará aplicativo que mostra apuração em tempo real

    O aplicativo da Justiça Eleitoral, campeão de downloads nas eleições de 2014, já tem sua versão para 2018 e a expectativa é que novamente seja um recorde de acessos. Este ano, o aplicativo foi rebatizado para “Resultados 2018”. A ferramenta é gratuita e a expectativa é que esteja disponível até o final de setembro para tablets e smartphones que operam com os sistemas Android e IOS.

    Há quatro anos, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a plataforma foi disponibilizada apenas para aparelhos com sistema Android e foi chamada de “Apuração 2014”. O aplicativo foi baixado em 2,7 milhões de dispositivos.

    Pesquisa
    Pelo aplicativo, os eleitores poderão acompanhar a contagem dos votos em tempo real. É possível pesquisar desde o desempenho de um determinado candidato por meio de consulta nominal até um dado mais nacional.

    Na tela da pesquisa, aparecerá, por exemplo, o quantitativo de votos para cada candidato com a indicação dos eleitos ou, no caso da disputa para governador e presidente da República, dos que irão para o segundo turno. Também é possível selecionar os candidatos favoritos e visualizá-los com destaque.

    Eleições 2018: Perguntas para debate com candidatos ao Governo podem ser feitas até esta segunda

    A Televisão Universitária (TVU), da Universidade Federal do RN (UFRN), realiza no dia 27 de setembro, próxima quinta-feira, das 21h às 23h, o debate com os candidatos ao Governo do Estado e abre espaço para receber perguntas da população.

    O debate será realizado em parceria com Departamento de Comunicação (Decom), Superintendência de Informática (Sinfo) e seção local da Ordem dos Advogados do Brasil no RN (OAB/RN).

    Sete dos oito candidatos ao Governo do Estado confirmaram participação no Debate Eleitoral da TVU: Carlos Eduardo (PDT), Carlos Alberto (PSOL), Fátima Bezerra (PT), Brenno Queiroga (Solidariedade), Freitas Júnior (Rede), Heró Bezerra (PRTB) e Dário Barbosa (PSTU).

    O candidato à reeleição Robinson Faria (PSD) não confirmou presença, diz nota do Portal N10.

    Bolsonaro não arrecadou R$ 1 milhão em sua campanha; Alckmin já vai com R$ 51 milhões

    Resultado de imagem para bolsonaroO candidato a presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) só arrecadou até agora a cifra de R$ 897.829,06, frente a R$ 51 milhões obtidos por Geraldo Alckmin (PSDB).

    O maior numerário de Bolsonaro vem do financiamento coletivo, totalizando R$ 541.982,00.

    DEMAIS

    Já o petista Fernando Haddad (PT) arrecadou R$ 21,7 milhões até o momento.

    Ciro Gomes (PDT) atingiu a cifra de R$ 20,1 milhões.

    O ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles (MDB), arrecadou R$ 45 milhões. Ele financia sua própria campanha eleitoral.

    Lula (PT) tinha já arrecadado R$ 20,5 milhões. 

    Marina Silva (REDE) contabiliza R$ 7,2 milhões.

    Guilherme Boulos (PSOL) obteve até agora R$ 5,9 milhões.

    Álvaro Dias (PODE) está em R$ 5,2 milhões arrecadados. 

    João Almoêdo (NOVO) totaliza R$ 2,8 milhões.

    Eymael (DC) soma R$ 849 mil em arrecadação.

    Vera (PSTU) angariou R$ 402 mil.

    João Goulart Filho (PPL) arrecadou somente R$ 316 mil.

    Cabo Daciolo (PATRI), apenas R$ 9,1 mil.