• Últimas Notícias

    sexta-feira, 21 de setembro de 2018

    Dirceu aponta erro do PT ao indicar ministros do STF: “Eram todos progressistas e foram coniventes com o golpe”

    Resultado de imagem para O ex-ministro José Dirceu (PT) preso pela PFO ex-ministro José Dirceu (PT) salientou em entrevista coletiva, em João Pessoa, nesta sexta-feira (21), que os ministros do STF indicados pelo PT eram progressistas, mas mudaram de postura para serem coniventes com o ‘golpe’ e medidas ‘ilegais’.

    Segundo Dirceu, os mesmos devem se explicar em suas biográficas, já que eram militantes de esquerda e mudaram sua postura ao ascender ao Supremo.

    “Foram indicados mas tem autonomia, eles que tem que responder na biografia deles porque mudaram, nós não temos. Nos indicamos ministros, talvez com exceção de um ou dois, eram todos progressistas, todos com participação democrática, alguns deram suporte, alguns foram suplentes do PT, outros vieram do Partido Comunista Brasileiro e fizeram toda a militância ao lado dos sem-terra e da Cut, da universidade, da esquerda, e chegaram no Supremo e mudaram, mudaram para ser conivente com golpe, com ilegalidades, com violação da constituição”, definiu.

    O ex-ministro afirmou que o PT deveria ter se preparado mais ao indicar os ministros, como se faz em outras partes do mundo.

    “Não nos preparamos para isso, respondendo a mais um erro, falo que cheguei a propor para que nos preparamos para isso. Cheguei a propor que nos preparássemos par isso, em outros países existem praticamente uma sessão para cuidar disso, do acompanhamento dos juízes, prováveis candidatos, para você ter segurança”, declarou. (Por WSCOM)

    Provas para o concurso da PM do RN serão realizadas nesse domingo 23 em Natal, Mossoró e Caicó

    As provas objetiva e de redação do Concurso Público para provimento de vagas do quadro de Praças da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte serão aplicadas neste domingo, 23, nas cidades de Natal, Mossoró e Caicó, conforme escolha do candidato no momento da inscrição. O certame registrou um total de 12.841 inscritos.

    Os portões serão abertos às 7h30 e o fechamento será às 8h30, considerando o horário do Estado do Rio Grande do Norte. Os candidatos deverão acessar e imprimir o Comunicado Oficial de Convocação para Prova (COCP), constando data, horário e local de realização, disponível no site: www.ibade.org.br

    Candidato não pode ser preso a partir deste sábado sem flagrante

    Resultado de imagem para CANDIDATO PRESOA partir deste sábado, dia 22 de setembro, nenhum candidato poderá ser preso, a não ser que seja pego em flagrante cometendo algum delito.

    A medida de proteção é garantida pelo Código Eleitoral e serve para impedir abusos de autoridades policiais ou judiciais, que possam ser cometidos com intenção de interferir nas disputas pelo voto.

    Entre os casos que podem permitir a prisão em flagrante estão incluídos os crimes eleitorais, como a compra de votos.

    Mesmo se houver prisão ou detenção em flagrante o candidato deve ser levado imediatamente a um juiz para que o magistrado avalie no mesmo momento a legalidade do ato.

    Apesar da proteção, não é incomum que candidatos sejam presos neste período. Nas eleições de 2014, por exemplo, 80 candidatos foram presos somente no domingo de votação, a maior parte pela prática de boca de urna ou transporte irregular de eleitores até a seção eleitoral.

    Esta regra também vale para eleitores, mas somente cinco dias antes da eleição.

    Com informações da EBC

    Saúde: Língua presa compromete a amamentação e a pronúncia; aprenda a identificar

    Clic na imagem para aumentar
    Ter dificuldade de pronunciar corretamente algumas palavras é o principal sintoma da alteração do frênulo da língua, popularmente conhecido como língua presa. Esta condição pode impactar negativamente na qualidade de vida e na saúde de quem a tem. O desmame precoce, a mastigação ruim e até o bullying sofrido por falar diferente são alguns dos problemas. As causas da língua presa ainda não foram descobertas. O que se sabe é que isto ocorre por malformação durante a gestação.

    — Durante o desenvolvimento fetal, as estruturas da boca são praticamente uma só e, aos poucos, vão se separando. A língua, inicialmente, fica no “chão” da boca e vai se soltando durante a gestação. Mas nem sempre o frênulo se solta totalmente — explica a fonoaudióloga Irene Marchesan.

    Desde 2015, o teste da linguinha se tornou obrigatório em todas as maternidades do país. Esta medida evita justamente que os recém-nascidos sintam dificuldade de sugar o leite materno. Os pais precisam ficar atentos ao comportamento de seus filhos para identificar características de quem tem a língua presa.

    — Os pais podem pedir para a criança abrir a boca e levantar a língua em direção ao lábio superior. Se ela apresentar um formato arredondado, está tudo normal. Mas se ficar em forma de “v” ou de “coração”, é preciso buscar ajuda profissional — ensina Jane Celeste, fonoaudióloga do Estúdio da Voz.

    A cirurgia para “soltar” a língua normalmente é simples, rápida e de fácil recuperação. Ela pode ser feita por médicos ou dentistas.

    — Apesar de ser uma cirurgia simples, ela deve ser feita por profissionais, para que não haja lesão dos nervosos da língua. Ninguém deve fazer isto em casa — alerta Irene.

    EXTRA

    Eleições 2018: Pesquisa XP Investimento tem Bolsonaro 28% e Haddad 16%

    Jair Bolsonaro se mantém na liderança das intenções de voto, segundo pesquisa estimulada da XP Investimento divulgada hoje, com 28%, dois a mais que no levantamento anterior. Fernando Haddad subiu seis pontos, passando de 10% para 16% em relação à semana anterior.

    No andar de baixo, Ciro Gomes (12% para 11%), Geraldo Alckmin (9% para 7%) e Marina Silva (8% para 6%) oscilaram para baixo. A pesquisa, realizada entre os dias 17 e 19 com 2.000 pessoas, está registrada no TSE com o número BR-02995/2018

    Ministério Público Federal recomenda anulação de parte de concurso da UFRN

    O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) a anulação de parte do Concurso Público de Professor da Carreira do Magistério Superior, Classe Adjunto A (Edital n.º 35/2017). O pedido se refere especificamente à área de Teoria Sociológica e o MPF requer o cancelamento imediato de todos os atos relacionados a essa área, inclusive a eventual nomeação de candidatos.

    De acordo com a recomendação, as provas didáticas do concurso tiveram o resultado publicado no dia 7 de abril deste ano. Como o prazo para recursos era de 24 horas e cairia em um domingo, por previsão do próprio edital deveria ser estendido para 9 de abril, uma segunda-feira. Contudo, a etapa seguinte do concurso (Prova de MPAP – Apresentação de Memorial e Projeto de Atuação Profissional) acabou sendo realizada antes, em 8 de abril.

    Devido a essa e outras irregularidades, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da universidade chegou a anular por unanimidade - em 26 de junho - essa parte do concurso (tendo determinado a realização de nova seleção a partir da prova escrita), mas no final de julho mudou de posição e homologou os resultados. Essa mudança desrespeitou até mesmo o Regimento Geral da UFRN, que não prevê recursos em casos de decisões unânimes do Consepe.

    MPF determina que PT terá que devolver dinheiro destinado à candidatura de Lula

    Todos os candidatos julgados inelegíveis pela Justiça Eleitoral terão de devolver os recursos públicos usados na campanha deste ano. A interpretação é da Procuradoria Geral da República e inclui o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teve o registro da candidatura negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

    Conforme dados disponíveis no portal do TSE, a candidatura de Lula arrecadou R$ 20,6 milhões, sendo R$ 20 milhões do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) e contratou despesas no valor total de R$ 26,2 milhões. A assessoria do TSE informou que será necessário fazer uma prestação de contas separada da candidatura de Fernando Haddad.

    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que também é procuradora-geral Eleitoral, disse que a devolução dos recursos do fundo especial aos cofres públicos não é surpresa aos candidatos, uma vez que foi amplamente divulgado antes da realização das convenções partidárias. “Necessário é o ressarcimento dos cofres públicos dos recursos do fundo de campanha utilizado por candidato inelegível”, disse.

    Segundo Dodge, a Procuradoria espera que os candidatos inaptos devolvam espontaneamente os recursos utilizados na campanha eleitoral. “Caso não acolham, iremos a juízo pedir o ressarcimento do erário público”, afirmou a procuradora. Ela disse que antes das convenções foram feitas reuniões com os procuradores regionais eleitorais para esclarecimento dessa questão.

    Neste ano, a Procuradoria Geral Eleitoral editou quatro instruções sobre o processo, incluindo o financiamento público, a destinação de recursos para as campanhas das candidaturas e o ressarcimento, por exemplo. O intuito, segundo Dodge, foi dar transparência à aplicação da verba pública para custeio da campanha eleitoral, que chegou a R$ 1,7 bilhão.

    A procuradora disse que o momento de cobrar o ressarcimento será no julgamento das prestações de contas dos candidatos. A primeira parcial foi feita na semana passada e abrange a fase inicial da campanha – entre 16 de agosto e 8 de setembro.

    Agência Brasil

    'Canastra Real': MPRN investiga secretário geral da Assembleia, tio-afim do presidente Ezequie

    Presidente Ezequiel Ferreira com o tio-afim Augusto Carlos Viveiros
    O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), mantém o silêncio sobre a operação Canastra Real, mas a sua preocupação tornou-se maior com o avanço das investigações pelo Ministério Público Estadual (MPRN). É que outro nome bem próximo do seu gabinete e do ambiente amigo-familiar passou a ser investigado.

    Trata-se do ex-deputado federal Augusto Carlos Viveiros, tio-afim de Ezequiel e atual secretário geral da Assembleia Legislativa. Contra Viveiros foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em dois endereços seus: Rua Doutor Manoel Dantas, 516, residencial Solar João e Marilda Ferreira de Souza, apartamento 2001, Petrópolis, Natal; e na Avenida Rio Branco, edifício Barão do Rio Branco, 571, salas 507/508, Cidade Alta, também na capital do estado.

    Segundo as investigações, Viveiros teria falsificado pelo menos seis declarações de domicílios em favor de servidores fantasmas com residências no município de Espírito Santo do Oeste. Essas pessoas, que foram presas pela Canastra Real, teriam sido recrutadas pela chefe de Gabinete da presidência da Assembleia Legislativa, Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho, apontada como chefe do esquema fraudulento. Espírito Santo é governado pelo prefeito Fernando Teixeira (PSDB), marido de Ana Augusta. Os dois foram presos durante a operação.

    O Ministério Público apreendeu documentos nos endereços de Augusto Viveiros em que aparecem a sua assinatura. Cópias desses documentos foram liberadas para conhecimento público pelo MPRN. Viveiros não foi inserido na lista dos que tiveram prisão temporária decretada pelo juiz Raimundo Carlyle, titular da 3ª Vara Criminal de Natal. A decisão judicial autorizou o Ministério Público à busca e apreensão.

    Apesar de o novo escândalo de funcionários fantasmas alcançar a antessala da presidência e envolver pessoas de sua confiança e que trabalham sob a sua orientação, Ezequiel Ferreira decidiu, até aqui, não se pronunciar. O parlamentar tem viajado pelo interior do estado em campanha pela reeleição. Na quarta-feira, 19, em Mossoró, ele recebeu o apoio do vereador João Gentil (sem partido) e participou de evento político-eleitoral com o deputado federal Fábio Faria (PSD) e o candidato a vice-governador Tião da Prest (PR). Ezequiel não falou do assunto nem deixou espaço para perguntas de jornalistas.