• Últimas Notícias

    segunda-feira, 10 de setembro de 2018

    Urgente: secretário da Câmara pede à Polícia Legislativa detalhes da visita do agressor de Bolsonaro na Câmara dos Deputados

    O pedido foi feito após O Antagonista revelar que o homem que tentou assassinar Jair Bolsonaro esteve na Câmara, registrando-se na portaria do Anexo IV, onde estão localizados os gabinetes dos deputados.

    No ofício dirigido ao diretor do Departamento de Polícia Legislativa, Paul Pierre Deeter, JHC solicita imagens, vídeos e qualquer outro detalhe que esclareça a presença do criminoso nas dependências do Legislativo.

    “Para onde disse que iria” e “para onde de fato se dirigiu após passar pelo balcão de identificação”. O objetivo é saber se Adélio, então filiado ao PSOL, esteve com algum deputado deste ou de outro partido.

    Pelo menos 19 réus e 12 acusados na Operação Lava Jato disputam eleição

    Ao menos 19 réus em processos ligados à Operação Lava Jato e 12 acusados pelo Ministério Público em desdobramentos da operação são candidatos nas eleições de outubro.

    Parte deles aparece bem posicionada em pesquisas de intenções de voto.

    Além do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que teve a candidatura a presidente barrada pela Justiça Eleitoral, a lista de réus e denunciados inclui seu substituto, o também petista Fernando Haddad, alvo de processo na Justiça Eleitoral de São Paulo, e lideranças do Congresso que tentam renovar seus mandatos, como Edison Lobão (MDB-MA) e Valdir Raupp (MDB-RO).

    Em Alagoas, por exemplo, são líderes na mais recente pesquisa do Ibope para o Senado Renan Calheiros, apontado pela Procuradoria-Geral como integrante do “quadrilhão” do MDB, e Benedito de Lira, também denunciado como membro de organização criminosa, mas do PP.

    Para o governo do estado, o eleitor tem como principais opções o ex-presidente e senador Fernando Collor (PTC), réu acusado de corrupção, lavagem e organização criminosa, e Renan Filho (MDB), herdeiro do clã Calheiros, foco de um inquérito no Superior Tribunal de Justiça derivado da delação da Odebrecht.

    Também se destacaram em pesquisas recente do Ibope para o Senado o catarinense Raimundo Colombo (PSD), ex-governador que é réu na Justiça Eleitoral, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), candidata em Minas Gerais e duas vezes denunciada na Lava Jato, o paraense Jader Barbalho (MDB), denunciado sob suspeita no caso do “quadrilhão” do MDB, e Ciro Nogueira (PP), denunciado que tenta se reeleger no Piauí.

    Entre presidenciáveis, Geraldo Alckmin (PSDB) foi acusado na semana passada em ação de improbidade pelo Ministério Público de São Paulo, e José Maria Eymael (DC) passou a ser investigado em 2017 na esteira da delação da Odebrecht.

    A Folha localizou 63 casos de investigados que são candidatos e outros 15 políticos que tiveram investigações arquivadas e novamente estão concorrendo.

    Igreja ameaça processar advogado de agressor de Bolsonaro

    O departamento jurídico da igreja Testemunhas de Jeová avalia ingressar hoje na Justiça contra o criminalista Zanone Oliveira Junior (foto) por ter declarado que foi contratado para defender o agressor de Jair Bolsonaro por uma pessoa ligada à agremiação. Desde que ele fez a afirmação, a igreja tenta contatá-lo para pedir que diga quem da comunidade paga por seus serviços ou se retrate publicamente. A avaliação é que o advogado envolveu a imagem da igreja no episódio, ajudando a estigmatizá-la ainda mais. “Abominamos o que o agressor fez”, diz a igreja via assessoria. 

    A igreja chegou a divulgar nota pública para dizer que “Adélio Bispo de Oliveira (o agressor de Bolsonaro) e sua família não são Testemunas de Jeová ou têm vínculos com ela” e que “lamenta” o ocorrido com o candidato. 

    Procurado ontem pela Coluna, Zanone já não é mais tão assertivo quanto aos vínculos do contratante. “É uma pessoa que conhece o Adélio do meio evangélico, não necessariamente Testemunha de Jeová”, disse. 

    A defesa do agressor de Bolsonaro está compilando polêmicas declarações do candidato sobre mulheres, negros e homossexuais. Vai alegar que o Código Penal prevê atenuar a pena de crime cometido por “motivo de relevante valor social ou moral”.

    Estadão

    Neto de ex-prefeito de Jaçanã é encontrado morto com marcas de tiros dentro de casa

    Um jovem identificado Eslen Laweran Pereira de Macedo, 22 anos foi encontrado morto na casa em que morava em Jaçanã(RN) na manhã deste segunda-feira (10).

    Segundo a Polícia Militar, uma amiga encontrou o jovem nesta manhã , o corpo do mesmo estava com marcas de tiros de arma de fogo.

    A residencia em que o jovem foi encontrado fica localizada no centro da cidade, ao lado do Mercado Publico. Laweran era neto do saudoso Dedé Pereira, ex-prefeito de Jaçanã por três mandatos.

    Com informações do Notícias da Serra

    Agência reguladora suspende Planos de Saúde com Comercialização

    A partir desta segunda-feira (10) passa a valer a suspensão temporária da comercialização de 26 planos de saúde de 11 operadoras definida pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A medida foi tomada a partir das elevadas queixas relativas à cobertura assistencial. Os 26 planos, juntos, têm 75.500 beneficiários.

    Paralelamente, houve a reativação de 20 planos de 11 operadoras, que ficarão liberados para comercialização a partir de hoje (10).

    A lista completa dos 26 planos que serão suspensos está disponível no site da ANS.

    Eleições 2018: Pesquisa publicada nessa segunda (10), Bolsonaro dispara e chega a 30%

    Resultado de imagem para Bolsonaro chega a 30 %
    (Foto Rodolfo Buhrer/Reuters)
    A primeira pesquisa divulgada depois do atentado contra Jair Bolsonaro, a terceira da série da FSB para o banco BTG, mostra Jair Bolsonaro pela primeira vez com 30% das intenções de voto. Foi um crescimento de 4 pontos percentuais desde a segunda-feira anterior. Na espontânea, o candidato do PSL foi de 21% para 26%. Nessa sondagem sem cenários apresentados chama a atenção também a queda acentuada dos que citam Lula: eram 21% há uma semana e agora são 12%.

    Já Ciro Gomes, que se manteve estável com 12% na estimulada, mas teve um leve crescimento dentro da margem de erro e foi de 4% para 7% na espontânea, e para Fernando Haddad, que oscilou 2 pontos na estimulada, indo a 8% e empatando numericamente com Geraldo Alckmin, que se manteve estável. 

    Marina Silva foi a única do primeiro pelotão que caiu: de 11% há uma semana, foi a 8%. / V.M.

    Coisa de cinema: Bando metralha presídio, explode portão e resgata presos em João Pessoa; 105 fugiram

    Bandidos fortemente armados atacaram o presídio PB1, no fim da noite deste domingo (9), no bairro Jacarapé, em João Pessoa. Moradores da região circunvizinha relataram ter ouvido muitos tiros, além do barulho de uma explosão.

    O portão da penitenciária foi explodido e alguns detentos resgatados. 105 fugiram.

    Imagens de como o presídio ficou após o ataque circularam nas redes sociais. Alguns moradores compartilharam áudios com o barulho dos tiros.

    Há suspeita que os presos resgatados tenham sido os quatro que foram detidos na cidade de Lucena, após a explosão de um carro forte. Eles são suspeitos de integrar um grupo criminoso procurado em outros estados.

    T5

    São José do Campestre; Neném Borges e Eribaldo Lima serão diplomados, prefeito e vice, pela Justiça eleitoral nessa segunda(10)

    O prefeito de São José do Campestre, Neném Borges (MDB) e seu vice-prefeito Eribaldo Lima (PHS) serão diplomados na manhã desta segunda-feira (10), às 10 horas em cerimônia simples realizada no Fórum da 15ª Zona Eleitoral e presidido pelo Juiz Eleitoral Dr Rainel Batista Pereira Filho.

    Ambos foram eleitos em uma eleição suplementar realizada no último dia 03 de junho. Logo após a diplomação será definido o dia da posse em definitivo para assumir de forma oficial o governo municipal até 31 de dezembro de 2020.