• Últimas Notícias

    domingo, 17 de junho de 2018

    Lula estreia amanhã como comentarista da Copa

    Preso há dois meses em Curitiba, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será comentarista da Copa do Mundo da Rússia. Mesmo detido, o petista participará das transmissões de uma emissora de TV da Grande São Paulo, a TVT. Ele vai escrever cartas sobre suas impressões da Copa e enviá-las para o jornalista José Trajano, ex-ESPN. Lula tem acesso a uma televisão em sua cela. 

    Lula participará do programa de Trajano na TVT, uma afiliada da TV Brasil, uma rede de televisão pública brasileira pertencente à Empresa Brasil de Comunicação. De acordo com o ex-diretor de jornalismo da ESPN, que anunciou a novidade em um vídeo publicado em seus perfis nas redes sociais, o ex-presidente "passará suas impressões" sobre a Copa em participações no programa do jornalista.

    "O Papo com Zé Trajano tem um novo comentarista, um comentarista exclusivo. Luiz Inácio Lula da Silva", afirmou o jornalista. "Essa é a grande novidade do programa: Luiz Inácio Lula da Silva comentarista exclusivo da TVT e do meu programa."

    O Estado de S.Paulo

    Direita domina a América Latina: Iván Duque é o novo presidente da Colômbia

    Com mais de 99% das urnas apuradas na Colômbia, o candidato de direita Iván Duque — discípulo do ex-presidente Álvaro Uribe — é o grande vencedor do segundo turno, com 53,98% dos votos, confirmando as pesquisas que lhe mostravam como favorito. Seu adversário, o ex-guerrilheiro Gustavo Petro, ficou com 41,81% dos votos, o equivalente a mais de 8 milhões, e deve ser agora a principal voz da oposição. Os brancos foram de pouco mais de 4%, mas a abstenção ultrapassou a do primeiro turno, quando chegou a 46%. Mesmo assim, segundo o registrador nacional (responsável pela organização das eleições) Juan Carlos Galindo, trata-se de uma “participação histórica”, de 52% dos eleitores, em um país onde o voto não é obrigatório.

    Com 41 anos, o afilhado político do polêmico ex-presidente se torna assim o mandatário mais jovem eleito na Colômbia desde 1872.

    Com pouca experiência política, Duque chegou ao Parlamento por uma lista fechada liderada por Uribe e, embora tenha se destacado no Senado, analistas dão o mérito da vitória ao uribismo.

    —Tudo foi alavancado pelo capital político que o ex-presidente Uribe tem — garantiu Fabián Acuña, cientista político da Universidade Javeriana.

    Seu opositor, Petro, de 58 anos, é um ex-guerrilheiro do M-19, já dissolvido, que defende os acordos de paz e prometia romper o histórico controle da direita no país. Agora, graças a uma recente mudança da Constituição, ele tem garantida uma cadeira no Senado e deve se tornar a voz da oposição ao governo de Duque.

    — Se Petro aceitar esse cargo, se converterá no principal opositor ao governo. Com mais de 8 milhões de votos, ele se articula como uma oposição de centro-esquerda forte — explicou ao GLOBO Borja Paladini, representante do Instituto Kroc para Estudos Internacionais da Paz na Colômbia.

    Durante a campanha, Duque mostrou-se contrário ao acordo alcançado com as Farc, mas diminuiu o tom ao longo dos meses e, na reta final, prometeu não reverter o pacto. Petro, por sua vez, apresentou uma série de reformas destinadas a “aprofundar a paz”. Suas propostas de tributação de latifúndios improdutivos, migração para uma economia menos dependente do petróleo e do carvão, empoderamento dos camponeses e críticas às políticas antidrogas atuais preocupavam as elites.

    — Duque começou dizendo que iria destruir o acordo; depois prometeu reformas estruturais e, por último, afirmou que iria fazer ajustes e um diálogo nacional. Provavelmente haverá ajustes, mas a melhor forma de avançar é alcançar de fato um acordo inclusivo, com setores da centro-esquerda e inclusive com ex-guerrilheiros — acredita Paladini. — Uribe é uma força muito grande para explicar sua vitória, mas Duque é um lider jovem, com formação internacional, que deve deixar sua própria marca.

    O atual presidente Juan Manuel Santos — que deixará o poder em agosto — evitou se posicionar ao votar durante a manhã na Praça de Bolívar, em Bogotá. No Twitter, horas mais tarde, disse ter telefonado para felicitar Iván Duque e desejar-lhe “a melhor das sortes”.

    “Ofereci toda a colaboração do governo para fazer uma transição ordenada e tranquila”.

    Mais cedo, o Nobel da Paz de 2016 — laureado graças ao acordo com a ex-guerrilha — destacou as “garantias” de segurança que os eleitores tiveram, em um país onde a violência afetou por décadas as eleições.

    — São eleições transcendentais.

    Pouco depois do anúncio, Rodrigo Londoño, um dos líderes das Farc, conhecido como Timochenko, também celebrou as “eleições mais tranquilas das últimas décadas” . “O processo de paz dá frutos. É momento da grandeza, da reconciliação, de respeitarmos a decisão das maiorias e de felicitar o novo presidente. Agora vamos trabalhar, os caminhos da esperança estão abertos”, escreveu no Twitter o ex-guerrilheiro, que chegou a se candidatar à Presidência.

    O Globo – Marina Gonçalves

    Polícia Federal apura ligação de 602 brasileiros com grupos terroristas

    Por O Globo - Um relatório reservado da Polícia Federal (PF) mostra que pelo menos 602 brasileiros estão sendo monitorados por suspeita de envolvimento com grupos terroristas internacionais. O documento, um balanço das atividades da instituição, foi enviado para o Ministério da Justiça no final do ano passado, segundo disse ao GLOBO uma fonte com acesso ao material. Naquele período, a PF estava vinculada à pasta — hoje está na alçada do Ministério da Segurança —, e o terrorismo era um dos temas de maior interesse do ministro da Justiça, Torquato Jardim.

    No relatório, a polícia levanta a suspeita de que alguns grupos estariam se envolvendo em crimes comuns numa tentativa de angariar fundos para financiar ações de extremistas no exterior. Até recentemente, as acusações mais frequentes eram de que estes grupos se abasteciam de recursos com o contrabando de cigarros e o tráfico de drogas em busca de somas mais expressivas. Agora, eles estariam partindo para outras alternativas, inclusive algumas menos lucrativas como o roubo de carros, sobretudo em São Paulo.

    Pelas informações, mantidas em sigilo, os suspeitos estão sendo vigiados em redes sociais, como o Facebook, e em grupos de WhatsApp, entre outras maneiras. Em casos mais específicos, a PF intensifica a vigilância e parte para medidas mais invasivas, como escuta telefônica e até mesmo infiltração de agentes secretos entre os investigados, como aconteceu na Operação Hashtag, durante a Olimpíada de 2016. Em outras situações, a polícia simplesmente acompanha a movimentação diária do investigado até se certificar se as suspeitas iniciais têm ou não algum fundamento.

    Árbitro esnoba o VAR e Brasil estreia com empate amargo diante da Suíça

    Brasil empata Suíça Copa do Mundo VAR
    Jogadores reclamaram do gol sofrido após empurrão em Miranda. ( REUTERS)
    O Brasil empatou com a Suíça neste domingo em Rostov-on-Don, pela primeira rodada do Grupo E da Copa do Mundo Rússia 2018. Após sair na frente com Philippe Coutinho, eleito o melhor em campo, a seleção sofreu o empate em jogada aérea, no início do segundo tempo. Shaqiri cobrou escanteio, Miranda foi empurrado por Zuber, que ganhou a disputa pelo alto e estufou as redes de Alisson. 

    Apesar das reclamações dos jogadores brasileiros, o árbitro mexicano César Ramos não pediu o auxílio do VAR e confirmou o gol suíço. Ele ainda ignorou as reclamações de Gabriel Jesus pela marcação de um pênalti, que, de fato, não existiu.

    Por El Pais

    Operação Policial recupera trator roubado em Natal e que estava sendo usado por criminosos em cortes de terras no município de Campestre

    Foto Cedida pela Polícia Civil
    Policiais civis e militares da cidade de São José de Campestre recuperaram um trator pertencente a Construtora Guimarães que havia sido furtado em Natal e estava sendo utilizado por criminosos para cortar terras na região rural de Campestre e municípios vizinhos da região agreste.

    Segundo informações da Polícia, o trator avaliado em mais de 100 mil reais, foi recuperado em um galpão no bairro de Bom Pastor na cidade de Natal RN, próximo a favela do Japão. No local ninguém foi preso e as investigações continuam. 

    Ainda na semana passada Policiais Civis e Militares prenderam duas pessoas, da mesma quadrilha, acusadas do roubo de uma carga de gás, avaliada em mais de 200 mil reais e outra carga de ração avaliada em cerca de 15 mil reais . 

    Os policiais que trabalharam nesta operação afirmam ao Blog O Paralelo que os integrantes da quadrilha agem também na PB e tem suspeitas de participação no roubo de animais na região.

    Ainda segundo a Polícia, o trator que estava escondido na zona rural de Campestre, foi levado pela madruga por um dos integrantes da quadrilha até a cidade de Araruna/PB, de lá, o suspeito contratou um caminhão reboque na cidade de Guarabira/PB para levar o trator de Araruna/PB até Natal.
      
    Policiais civis e Militares de Campestre vem cada vez mais realçando o compromisso com a sociedade de combater o crime naquele região e afirmam que continuarão com as ações em combate a criminalidade .

    Ministério da Saúde confirma surto de toxoplasmose e tenta identificar origem

    Uma equipe do Ministério da Saúde trabalha em campo junto com agentes do governo do Rio Grande do Sul e da prefeitura de Santa Maria na investigação do surto de toxoplasmose identificado no município gaúcho. Os técnicos da pasta devem permanecer na cidade até amanhã (18), quando será feita uma reunião com a equipe de investigação e gestores locais.

    De acordo com o ministério, até 7 de junho, foram confirmados, laboratorialmente, 88 casos de toxoplasmose com indício de infecção recente. Já a Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul confirma pelo menos 510 casos da doença. Há ainda, em investigação, 212 casos suspeitos.

    Além do monitoramento do surto, a pasta informou que implementa ações como: orientações técnicas para notificação, diagnóstico e tratamento; disponibilização de contato permanente com médicos especialistas na doença; e aquisição de insumos para a realização de análises laboratoriais.

    “Além de identificar as pessoas doentes, o Ministério da Saúde tem que identificar qual a fonte de infecção, para checar se há algum risco de repetição”, destacou a pasta, por meio de nota.

    Água analisada

    No início de junho, foram coletadas sete amostras de água em Santa Maria. Quatro foram retiradas de açudes, duas de poços artesianos e uma em vertente d’água. Os técnicos também recolheram duas amostras de lodo dos reservatórios de água e duas de água dos reservatórios em localidades onde existem registros de casos confirmados.

    O material foi encaminhado ao Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul para análise em primeira triagem. De lá, as coletas serão encaminhadas para a Universidade Estadual de Londrina, no Paraná, na próxima semana. Os resultados devem ser divulgados em até 15 dias.

    Doença

    Conhecida como doença do gato, a toxoplasmose, de acordo com o Ministério da Saúde, é causada por um protozoário e apresenta quadro clínico variado – desde infecção assintomática a manifestações sistêmicas extremamente graves.

    A infecção em humanos ocorre por três vias: contato direto com solo, areia e latas de lixo contaminados com fezes de gatos infectados; ingestão de carne crua ou mal cozida infectada (sobretudo carne de porco e de carneiro), e infecção transplacentária durante a gravidez.

    A toxoplasmose não pode ser transmitida de humano para humano, com exceção das infecções intrauterinas. De acordo com a pasta, cerca de 40% dos fetos de mães que adquiriram a doença durante a gestação são infectados.

    A orientação para se prevenir a doença é evitar o uso de produtos animais crus ou mal cozidos, eliminar as fezes de gatos infectados em lixo seguro, proteger as caixas de areia, lavar as mãos após manipular carne crua ou terra contaminada e evitar o contato de grávidas com gatos.

    Agência Brasil