• Últimas Notícias

    sexta-feira, 15 de junho de 2018

    Passa e Fica/RN: Câmara Municipal não acata ordem judicial e município fica sem prefeito até segunda ordem

    Resultado de imagem para vereadora Lela Pinto (PP) presidente da camara de passa e ficaUm caso inusitado acaba de acontecer na cidade de Passa e Fica, agreste do Rio grande do Norte. A presidente da Câmara Municipal, Lela Pinto (PP), que atendendo uma ordem da justiça, teria convocado para essa sexta-feira (15), ao meio-dia, uma sessão extraordinária para tomar posse como prefeita interina até que a justiça marque a data para a realização de uma eleição suplementar simplesmente não assumiu e remarcou a sessão de possível posse de qualquer outro vereador que queira assumir o mandato de prefeito interino.

    Agora, o município sem prefeito, todos em Passa e Fica estão no aguardo de uma decisão mais severa por parte da juíza Tatiana Socoloski Perazzo Paz de Melo, da 12ª Zona Eleitoral, pela desobidiência da Câmara em não acatar a ordem da justiça. 

    Blog O Paralelo

    Canal pornô promete um mês de acesso grátis caso Brasil seja campeão

    Resultado de imagem para canal pornográfico Sexy HotDiante de todas a promoções inusitadas envolvendo Copa do Mundo, o canal pornográfico Sexy Hot ousou e prometeu um mês de acesso gratuito no site oficial. caso a seleção brasileira volte da Rússia com o caneco do hexa. 

    Além do mês grátis, o canal vai oferecer, em sua página da internet, um vídeo gratuito a cada jogo da seleção. A produção ficará disponível 48 h.

    Coisas que só acontecem em Campestre/RN: Vereadores de Oposição votam contra projeto de lei que cria o Fundo Municipal de Educação

    Resultado de imagem para guerra entre politicos
    Nesse cabo de guerra político pelo poder só quem perde como sempre é Campestre
    Enquanto todos os municípios brasileiros, através de seus representantes nas Câmaras Municipais, aprovam a lei que cria o Fundo Municipal de Educação, a maioria dos vereadores de Campestre dão um passo para trás e votam contra a lei, prejudicando todos os funcionários da educação municipal.

    Essa aberração aconteceu na noite de quinta-feira(14), quando a câmara municipal de São José do Campestre/RN, realizou sessão ordinária, tendo em pauta um projeto de lei do executivo municipal, que reestruturava a secretaria municipal de educação, atendendo a recomendação da receita federal para fazer o CPNJ da secretaria de educação. 

    Os municípios brasileiros, a partir de julho de 2018, só recebem recursos do FUNDEB se criarem o fundo municipal de educação, com abertura da conta para receber o dinheiro do FUNDEB para pagar os salários dos profissionais da educação e só é possível abrir a conta com o CNPJ liberado pela receita federal.

    O presidente da câmara municipal vereador Francisco Nunes(Preto) e os demais vereadores que fazem parte da mesa diretora da casa, ficaram surpresos com atitude do vereador Luciano de Honório, derrotado para o cargo de prefeito nas eleições suplementares de 03 de junho de 2018, apresentando em sessão, um requerimento para a casa legislativa anular a eleição da mesa diretora, que está subjudice na justiça estadual. 

    O requerimento não foi acatado pela mesa diretora na sessão de ontem à noite, fato esse que gerou um grande tumulto na sessão. Os vereadores de oposição, Pretinho Papagaio, Dedé Mendonça, Luciano de Honório, Gerusa e Leó Fabrício, tiveram seus interesses pessoais contrariados, e findaram prejudicando os profissionais da educação, votando contra o projeto de lei e assim sendo, todos servidores da educação municipal poderão ficar sem recurso para manutenção do ensino, como também sem receber seus salários, porque sem o projeto de lei aprovado, o município fica impossibilitado de criar o fundo municipal de educação e abrir a conta no banco do brasil para receber os recursos do FUNDEB.

    Esse fato lamentável gerou clima de revolta em toda cidade, que após a repercussão negativa entre seus próprios eleitores que fizeram com que o os vereadores de oposição procurassem o presidente da câmara municipal, Vereador Francisco Nunes(Preto), protocolando ofício, solicitando uma sessão extraordinário com base no artigo 36 parágrafo quinto, inciso II e pedindo a anulação da sessão de quinta-feira, (14/06), que foi encaminhado a assessoria jurídica da casa legislativa para dar o respectivo parecer. 

    Meninos bestas
    Dar-se à entender no entanto que os vereadores da oposição só votariam à favor do projeto se ocorresse em troca uma nova eleição para presidente da casa, como os oposicionistas são a maioria (5 contra 4), de uma tacada só tomariam na marra a presidência daquela casa legislativa e respectivamente a Prefeitura.

    Uma trégua em prol de Campestre
    Melhor seria se os nobres vereadores da oposição e situação desarmassem o palanque e procurassem de forma mais civilizada atender os anseios da comunidade, sobre tudo dos funcionários. Esse erro precisa ser reparado urgentemente para o bem da Educação Municipal, afinal os funcionários da educação não tem culpa dessa guerra absurda pelo poder.

    Carnaúba dos Dantas: Copa Seridó de Futsal RN/PB

    Árbitro Santacruzense Gian Dantas e sua equipe de arbitragem ATAFF-RN fecha com chave de ouro a Copa Seridó de Futsal RN/PB realizada na bela cidade de Carnaúba dos Dantas, a competição envolveu as 32 melhores equipes de Futsal do RN e PB. Parabéns ao organizador do evento o nobre amigo Marcílio Dantas que desempenhou com maestria esse belíssimo evento.

    PIS/Pasep: saiba como consultar se você tem cotas do fundo pela internet

    O governo anunciou nesta quarta-feira (13) sua decisão de ampliar o benefício de saque do fundo PIS/Pasep para cotistas de todas as idades que trabalharam entre 1971 e 1988. A medida pode beneficiar 25 milhões de pessoas e injetar R$ 34,3 bilhões na economia. Se você pode se enquadrar nessa categoria, deve saber como consultar se você tem contas do fundo pela internet. 

    PIS 

    Esse fundo é destinado a trabalhadores de empresas privadas e fica depositado na Caixa Econômica Federal. O banco criou uma página destinada a isso, com o objetivo de auxiliar o usuário. Neste endereço você poderá ver se pode sacar, o valor a receber, datas, entre outras informações.

    Ao entrar no site, há o menu e do lado direito um botão laranja "Consulte seu saldo". Mas para consultar seu saldo é preciso informar data de nascimento e CPF ou NIS, que você encontra no Cartão do Cidadão, ?nas anotações gerais da sua Carteira de Trabalho antiga, na página de identificação da nova Carteira de Trabalho, ou no extrato do seu FGTS impresso. 

    Além disso, é preciso cadastrar uma senha que pede o NIS. 

    Se você tem o Cartão Cidadão:

    a) Acesse aqui

    b) Digite seu NIS.

    c) Clique no botão "Cadastrar Senha".

    d) Clique no botão "Aceito".
    e) Informe a Senha Cidadão e a Senha Internet que quer cadastrar.

    Se você não tem a Senha Cidadão:

    a) Acesse aqui

    b) Digite seu NIS.

    c) Clique no botão "Cadastrar Senha".

    d) Clique no botão "Aceito".

    e) Preencha os dados e clique em "Confirmar".

    f) Cadastre a senha desejada e clique em "Confirmar".

    PASEP 

    Já o fundo Pasep é destinado aos trabalhadores do setor público e fica depositado no Banco do Brasil.

    O banco também criou uma página para consultas, com o objetivo de auxiliar o usuário. Neste endereço você poderá ver se pode sacar, o valor a receber, datas, entre outras informações.

    Para consultar o saldo, logo na página inicial, do lado direito, clique no botão amarelo. É preciso informar data de nascimento, CPF e número de inscrição do Pasep, disponível na carteira de trabalho. É possível, ainda, fazer a consulta em caixas eletrônicos, informando o CPF ou o número do Pasep. 

    Confira aqui o calendário de saques. 

    Info Money

    Marun prevê que Temer será vitima de perseguição e teme hipótese de prisão

    UOL - Instalado numa quina do quarto andar do Palácio do Planalto, o ministro Carlos Marun (Secretaria de Governo) tornou-se a face mais visível do primeiro escalão do governo. Onde houver uma encrenca, lá estará o rosto redondo do deputado sul-mato-grossense. Oficialmente, é coordenador político do governo. Na prática, atua como general sem farda da tropa do presidente. Em entrevista ao blog do Josias de Souza, Marun manifestou em voz alta inquietações sobre o futuro penal de Michel Temer — tema que auxiliares e aliados do presidente costumam abordar apenas longe dos refletores, aos sussurros.

    Marun prevê que, a partir de 1º de janeiro, depois que deixar a poltrona de presidente da República, Temer será submetido a “uma grande perseguição”. O repórter indagou: Acha que Temer pode ser preso? E o ministro: “Hoje em dia qualquer um pode ser preso, principalmente no império das prisões preventivas. O meu receio é que o devido processo legal não seja observado.” Marun não é um neófito na matéria. Como deputado, foi general da tropa de Eduardo Cunha, que escorregou da presidência da Câmara para a cadeia, onde se encontra desde 2016.

    Há no freezer duas denúncias criminais contra Temer. Correm no Supremo mais dois inquéritos por corrupção estrelados pelo presidente. Marun desqualifica as acusações. Parece mais preocupado com os tiros que magistrados de primeira instância e procuradores irão disparar quando tiverem acesso ao paiol. “Eu tenho esse receio porque nós temos no Brasil duas categorias profissionais, talvez as únicas, que não têm nenhuma responsabilidade sobre os seus atos: juiz e promotor.” O governo resistiria a uma terceira denúncia da Procuradoria? Se vier, será “soterrada” no Legislativo, disse Marun.

    O gabinete de Marun é o mesmo que já foi ocupado por Geddel Vieira Lima, hoje hospedado no presídio brasiliense da Papuda. O ministro está separado da sala de Temer apenas por um lance de escada. Amigo de Temer há três décadas, Geddel tinha livre acesso à maçaneta do gabinete presidencial. Cristão novo no grupo de Temer, Marun ganhou a confiança do presidente pela lealdade. “A quem interessa, hoje, uma terceira denuncia?”, ele questiona. “A quem interessa paralisar novamente o Congresso, como foi paralisado no segundo semestre do ano passado?”