• Últimas Notícias

    terça-feira, 12 de junho de 2018

    Mãe e filho são executados a tiros dentro de residência na cidade de Passa e Fica RN

    Flagrante do Itep no local nos procedimentos de praxe e remoção dos corpos para Natal
    Resultado de imagem para noticias policiaisA Polícia Militar de Passa e Fica registrou na madrugada dessa terça-feira (12) um duplo homicídio com características de execução no bairro São Pedro em Passa e Fica, agreste do RN. As vítimas são, mãe e filho, ela, uma senhora conhecida pelo nome de Regina Ferreira da Silva, 65 anos, e o filho identificado pelo nome de  Kleider Ferreira da Silva, 29 anos, que segundo informações teria envolvimento com drogas. 

    Ambos foram executados por volta das 02:30 da madrugada com diversos disparos de armas de fogo dentro da residência onde moravam. A Polícia no entando não tem pistas dos autores e o motivo ao qual ocassionou o duplo homicídio.

    O caso será investigado pela Polícia Civil.

    Termina nesta sexta (15) vacinação contra influenza para os grupos prioritários

    A campanha de vacinação contra a Influenza, iniciada em 23 de abril, segue até o próximo dia 15 de junho em todos os postos de vacinação do Rio Grande do Norte.

    Até o momento o estado aplicou 750.330 mil doses, o que corresponde a uma cobertura vacinal de 81,8% do público alvo. O estado se encontra em quarto lugar no Nordeste e décimo segundo do país em números de cobertura vacinal.

    Histórico: Após encontro, Kim Jong-Un diz que ‘mundo verá grande mudança’

    Coreia do Norte e Estados Unidos decidiram deixar o passado para trás e "o mundo verá uma grande mudança", segundo o líder norte-coreano Kim Jong-Un, que nesta terça-feira (12) assinou uma declaração ao lado do presidente dos EUA, Donald Trump.

    Em um dos quatro itens do documento, Kim se compromete a trabalhar pela desnuclearização completa da península coreana, reafirmando o que foi determinado pela Declaração de Panmunjon, assinada em 27 de abril de 2018 pelas duas Coreias.

    O conteúdo do documento foi considerado "bastante completo" por Trump, que diz ter estabelecido uma ligação especial após a assinatura. O presidente americano disse, inclusive, que irá "certamente" convidar Kim a visitar a Casa Branca.

    "Aprendi que ele é um homem muito talentoso que ama muito seu país. É um negociador de valor, que negocia em benefício de seu povo", elogiou.

    O documento assinado por Trump e Kim consiste em quatro pontos:

    EUA e Coreia do Norte se comprometem a estabelecer relações de acordo com o desejo de seus povos pela paz e prosperidade;
    Os dois países irão unir seus esforços para construir um regime de paz estável e duradouro na Península Coreana;
    Reafirmando a Declaração de Panmunjon, de 27 de abril de 2018, a Coreia do Norte se compromete a trabalhar em direção à completa desnuclearização da Península Coreana
    Os EUA e a Coreia do Norte se comprometem a recuperar os restos mortais de prisioneiros de guerra, incluindo a imediata repatriação daqueles já identificados

    Policiais e bombeiros militares do RN vão realizar atos nesta quinta (14) e na segunda (18)

    Policiais e bombeiros protestam nesta quinta, 14
    Em pauta estão os recentes casos de assassinato contra policiais, valorização profissional e a não efetivação do Termo de Compromisso e Acordo Extrajudicial com o Governo
    Os policiais e bombeiros militares definiram durante assembleia ocorrida nesta segunda-feira, 11, a realização de dois atos públicos. O primeiro acontece nesta quinta-feira, 14, e o segundo na segunda-feira, 18. As informações são da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte (ASSPMBMRN).

    De acordo com a entidade, todos os PM’s de folga e de serviço estão sendo convocados para participar da movimentação marcada para esta quinta, às 09h. O ato vai ocorrer na esquina das avenidas Bernardo Vieira e Hermes da Fonseca. “Vamos protestar e cobrar das autoridades do Estado providências enérgicas e eficazes em relação à violência, que está penalizando a sociedade e os profissionais de Segurança Pública, bem como vamos exigir mais uma vez condições de trabalho aos militares estaduais”, informa o subtenente Eliabe Marques, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN).

    Já o segundo está marcado para a segunda em frente a Governadoria. A concentração ocorre a partir das 09h. Desta vez, segundo a associação, o ato tem o objetivo de cobrar do Executivo o cumprimento dos itens não efetivados do Termo de Compromisso firmado em janeiro deste ano. Entre as demandas em atraso está o pagamento do décimo terceiro salário; a reposição de subsídio; a majoração do vale alimentação (atualmente com valor defasado em R$ 10); renovação do fardamento (visto que a última compra foi realizada em 2015); reforma e ampliação das unidades policiais.

    “As condições de trabalho continuam as piores possíveis, é urgente uma resposta. São viaturas quebradas, coletes vencidos, alojamentos insalubres. Tudo isto precisa ser resolvido porque está insustentável”, aponta o presidente da ASSPMBMRN.

    Acordo

    O Termo de Compromisso e Acordo Extrajudicial foi pactuado no dia 10 de janeiro deste ano, após a categoria dar início ao movimento “Segurança com Segurança”, onde policiais e bombeiros seguiram à risca a Legislação Brasileira e as normas das Corporações (Policia Militar e Corpo de Bombeiros) quanto ao uso de equipamentos e procedimentos para o trabalho.

    PF deflagra 2ª fase de operação com foco em registros sindicais

    A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (12) a segunda fase da Operação Registro Espúrio, com o objetivo de aprofundar as investigações a respeito de organização criminosa que atua na concessão fraudulenta de registros sindicais junto ao Ministério do Trabalho.

    Policiais Federais cumprem três mandados de busca e apreensão, expedidos pelo STF (Supremo Tribunal Federal), em Brasília e Rio de Janeiro referentes a uma parlamentar investigada por suposta participação nos fatos apurados.

    Além das buscas, a pedido da Policia Federal e da PGR (Procuradoria-Geral da República) serão impostas medidas cautelares consistentes em proibição de frequentar o Ministério do Trabalho e de manter contato com os demais investigados ou servidores da pasta.

    A primeira fase da Operação Registro Espúrio foi deflagrada no dia 30 de maio.

    Após cerca de um ano, as investigações revelaram um amplo esquema de corrupção dentro da Secretaria de Relações de Trabalho do Ministério do Trabalho, com suspeita de envolvimento de servidores públicos, lobistas, advogados, dirigentes de centrais sindicais e parlamentares.

    R7