• Últimas Notícias

    sexta-feira, 1 de junho de 2018

    Itaú lança teclado para mandar dinheiro via WhatsApp

    O banco Itaú Unibanco lança nesta sexta-feira (1) o Teclado Itaú, que permite aos seus clientes realizar transferências de dinheiro via aplicativos de mensagens, como WhatsApp e Messenger. A novidade é grátis e está disponível para smartphones com sistema Android e iPhone.

    As transferências por meio desse novo recurso do Itaú podem ser para contas de qualquer banco. A ideia do Teclado Itaú é oferecer comodidade aos usuários, que não precisam mais sair de uma conversa e mudar de aplicativo para transferir dinheiro a um amigo ou colega de negócios.

    Se você já possui o aplicativo atualizado do Itaú instalado, basta habilitar no teclado no app e, depois, no menu de configurações do smartphone para que possa enviar dinheiro aos seus contatos. É preciso apenas tocar no ícone referente ao banco no teclado do celular durante uma conversa, digitar o valor e autorizar a transação.

    De acordo com o Itaú Unibanco, 10 milhões de pessoas físicas (equivalente à metade do seu número de clientes) usam os seus canais digitais e 80% das transações são realizadas via internet ou aplicativo para celular.

    Aumento: Bolsa Família vai pagar de R$ 41 a R$ 205 a partir de julho

    A partir do dia 1º de julho, entrará em vigor o reajuste de 5,67% nos benefícios do programa Bolsa Família. O governo federal formalizou na edição desta sexta-feira, dia 1º, do Diário Oficial da União (DOU), o reajuste que já havia sido anunciado pelo presidente Michel Temer na véspera do Dia do Trabalho. 

    Segundo o texto, o programa atenderá famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, caracterizadas pela renda familiar mensal per capita de até R$ 178 e R$ 89, respectivamente. Hoje, esses valores são de R$ 170 e R$ 85, que beneficiam 13,8 milhões de famílias.

    Tapetão negado em Campestre: Justiça julga improcedente impugnação movida por MP e coligação Campestre com o Povo contra vice de Neném Borges


    Caro (blogueiro),
    Em razão das recentes publicações postadas pela imprensa, suscitando que o Candidato a vice prefeito, Eribaldo Lima (PHS), teve seu registro de candidatura contestado pela coligação adversária e ainda que o MPF opinou favoravelmente ao recurso,  sentimo-nos  a vontade para prestar os seguintes esclarecimentos.

    Partimos do principio que toda ação posta ao Poder Judiciário (no qual se insere a Justiça Eleitoral) há de ser apreciada e julgada. Mas isso não significa sobremaneira que redundará em uma condenação. Dependerá da valoração das provas juntadas nos autos.

    No caso especifico, o candidato a vice prefeito, Eribaldo Lima, esta com o Registro de candidatura DEFERIDO pela justiça eleitoral, que através da sentença datada de 16 de maio de 2018,  julgou IMPROCEDENTE a IMPUGNAÇÃO movida pelo Ministério Publico e pela Coligação Campestre com o povo, e por consequência, DEFIRO o pedido de registro de candidatura de ERIBALDO LIMA, para concorrer ao cargo de vice prefeito, sob o numero 15...”

    Nesse aspecto, importa-nos dar conhecimento da enorme fragilidade do contexto probatório que acompanha o recurso eleitoral, movido pela coligação adversária, simplesmente por não haver nenhum suporte jurídico. Esclarecendo ainda que o Ministério Publico NÃO recorreu da sentença por não enxergar fundamentos para possível provimento.

    Deixamos, portanto, muito claro que a campanha esta sendo pautada na mais completa legalidade. Preenchendo o candidato a vice prefeito, Eribaldo Lima, todos os requisitos de elegibilidade, e tendo todos os atos e propostas moderados segundo os preceitos legais que regem o direito eleitoral.

    Atenciosamente,
    Carlo Virgilio Fernandes de Paiva
    OAB/RN 3942

    Rodrigo Fernandes de Paiva
    OAB/RN 1240-A

    Músicos santa-cruzenses participam neste domingo (03) de encontro de bandas filarmônicas em Nata

    A Banda Filarmônica Mestre João Roberto Paz e União, de Santa Cruz, participará pelo segundo ano consecutivo, do II Encontro Norte-rio-grandense de Bandas Filarmônicas do SESI. O evento acontece neste domingo (03), na Arena das Dunas, em Natal. Não haverá cobrança de ingresso para as apresentações, que terão início a partir das 17 horas.

    Regida pelo maestro Camilo Henrique, a Banda de Música de Santa Cruz reúne atualmente 35 músicos e tem em seu repertório dobrados, valsas, hinos e músicas populares, em especial nordestinas. O grupo tem se apresentado em vários eventos importante de Santa Cruz e no Estado, como o encontro que acontecerá na capital potiguar neste fim de semana.

    O II Encontro Norte-rio-grandense de Bandas Filarmônicas do SESI contará com a participação de oito bandas filarmônicas e mais de 300 músicos reunidos em um só lugar. Entre as participantes, estão: Banda Filarmônica 24 de Outubro (Cruzeta); Banda de Música Euterpe Jardinensse (Jardim do Seridó); Banda Filarmônica Onze de Dezembro (Carnaúba dos Dantas); BAMUSGA - Banda de Música de São Gonçalo (São Gonçalo do Amarante); Filarmônica da Juventude (Florânia); Filarmônica Maestro Felinto Lúcio Dantas (Acari); Banda Filarmônica de Mãe Luzia (Natal) e Banda Filarmônica Mestre Joao Roberto Paz e União (Santa Cruz). O encerramento da noite será realizado pela SESI Big Band, regida pelo maestro Eugênio Graça, que apresentará um repertório democrático, unindo Jazz, Latin Jazz, baião e choro.

    O objetivo do encontro é propagar e expandir a relevância das filarmônicas (orquestras independentes mantidas por entidades colaborativas ou privadas) para a formação do cenário musical do Rio Grande do Norte, além de fortalecer a existência dessas bandas pelo o interior do Estado.

    Foragido, condenado a 35 anos é preso após telefonema ao Disque Denúncia do MPRN

    Um homem condenado a 35 anos de prisão que estava foragido da Justiça foi localizado e preso pela Polícia Militar após um telefonema anônimo ao Disque Denúncia 127 do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). Marcos Chandecley Gomes de Queiroz foi detido por uma equipe das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) no bairro de Nova Descoberta, na zona Sul de Natal.

    Um telefonema anônimo feito ao Grupo de Atuaçõa Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do MPRN, informou o paradeiro de Marcos Chandecley. A PM foi acionada e cumpriu o mandado de prisão expedido pela vara de Execuções Penais de Natal.

    Na casa onde o criminoso estava, a PM ainda apreendeu uma espingarda calibre 12 artesanal e maconha. Ele foi entregue ao sistema prisional potiguar para cumprir a pena a que foi condenado.

    Apocalipse no governo Temer: Pedro Parente pede demissão da presidência da Petrobras

    A carta de demissão teria sido entregue ao presidente Michel Temer nesta manhã. Assessores do Palácio do Planalto relatam que Pedro Parente teria recebido pressão para mudar a política de preços da Petrobras. Como discordou, decidiu se desligar da presidência da estatal.

    Dentro do governo, poucos defendiam a permanência de Pedro Parente. Assessores também comentaram que um outro fator que pesou para a decisão foi o surgimento, na imprensa, de informações sobre um contrato de 11 mihões entre o sócio de Parente e a Petrobras. A empresa do amigo foi contartada sem licitação. Pedro Parente tinha uma reunião agendada com MIchel Temer hoje, às 11h. O Palácio do Planalto, por enquanto, ainda não se pronunciou.

    Energia elétrica fica mais cara nesse mês de junho com cobrança extra na conta

    As contas de luz iniciam este mês de junho com bandeira tarifária vermelha no patamar 2, o maior entre as faixas tarifárias. Com isso, haverá cobrança extra nas contas de luz de R$ 5,00 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A cobrança da nova bandeira foi anunciada pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

    De acordo com a Aneel, a decisão foi tomada em razão do fim do período chuvoso e a redução no volume dos reservatórios das usinas hidrelétricas. Com isso, há a necessidade de usar energia produzida pelas usinas termelétricas, que têm maior custo de produção.

    Em maio, vigorou a bandeira tarifária amarela, em que há adicional de R$ 1 na conta de energia do consumidor a cada 100 kWh consumidos. Nos quatro primeiros meses dos ano, vigorou a bandeira verde, em que não há cobrança extra na conta de luz.

    O sistema de bandeiras tarifárias foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. A adoção de cada bandeira, nas cores verde, amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica. No patamar 1, o adicional nas contas de luz é de R$ 3,00 a cada 100 kWh; já no 2, o valor extra sobe para R$ 5,00. 

    Por R7

    Devedor no rotativo do cartão pagará taxa igual a de cliente regular

    Por Agência Brasil
    Resultado de imagem para cartões de créditoA partir de hoje (1º), clientes inadimplentes no rotativo do cartão de crédito passam a pagar a mesma taxa de juros dos consumidores regulares. Em abril, uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) limitou e padronizou os juros para essa modalidade, regulamentando decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

    O rotativo é o crédito tomado pelo consumidor quando paga menos que o valor integral da fatura do cartão. O crédito rotativo dura 30 dias. Após esse prazo, as instituições financeiras transferem a dívida para o crédito parcelado.

    Até a nova regra entrar em vigor, os clientes que não pagavam pelo menos o valor mínimo da fatura em dia caíam na modalidade de rotativo não regular, com taxa de juros mais cara que a cobrada dos clientes adimplentes (regulares). Em abril, por exemplo, a taxa de juros do rotativo não regular era de 396,9% ao ano e a do regular, 238,7% ao ano, de acordo com dados do Banco Central (BC).

    Homens são presos após tentarem bloquear rodovia federal no RN

    (Foto: Renato Medeiros)
    Dois homens foram presos na noite desta quinta-feira (31) por tentarem proibir a passagem de veículos em um trecho da BR-110, em Upanema, cidade da região Oeste potiguar. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a dupla ateou fogo na via e ainda jogou pedras em caminhões que passavam pelo local.

    Ainda de acordo com a PRF, os presos já haviam tentado obstruir a rodovia pela manhã. À noite, ele voltaram e tentaram novamente. A prisão aconteceu por volta das 22h. A dupla foi autuada por dano ao patrimônio e atentado à vida.

    A PRF disse que os homens não são caminhoneiros. Os dois foram levados à Polícia Federal de Mossoró. Essas foram as primeiras prisões no Rio Grande do Norte por causa de bloqueio de via pública após a greve dos caminhoneiros, que terminou na noite da quarta (30).

    VIA G1/RN