• Últimas Notícias

    sexta-feira, 25 de maio de 2018

    Audiência do sítio de Atibaia é suspensa por greve dos caminhoneiros

    Em meio à greve dos caminhoneiros, o juiz federal Sérgio Moro suspendeu audiências na ação penal em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é réu envolvendo as reformas no Sítio Santa Bárbara, em Atibaia. O magistrado afirmou: há depoimentos marcados para dia 28 de maio, pela manhã e pela tarde, data em que foi cancelado o expediente da Justiça Federal de Curitiba.

    Em despacho, o magistrado afirmou que “há uma pauta de reivindicação legítima da respeitável categoria e que deve ser avaliada pelas autoridades competentes”.

    “No entanto, o prolongamento excessivo da paralisação e que inclui o questionável bloqueio de rodovias tem gerado sérios problemas para a população em geral, com prejuízos principalmente para o abastecimento de alimentos e de combustíveis nas cidades”, escreveu.

    O magistrado destaca que o “deslocamento entre as cidades e mesmo dentro delas tem sido prejudicado, com afetação dos serviços públicos e inclusive de prestação de Justiça”. “Na presente data, o expediente na Justiça Federal de Curitiba foi cancelado, muito embora seja intenso o trabalho interno dos servidores”, anotou.

    Paralisação de caminhoneiros gera adiamento de provas de concursos

    Órgãos públicos com concursos previstos para este fim de semana decidiram adiar os processos em razão da paralisação nacional dos caminhoneiros. Apesar de acordo fechado ontem pelo governo federal com algumas entidades representativas da categoria, os bloqueios continuaram em diversas rodovias de todo o país.

    A Força Aérea Brasileira (FAB) adiou o exame de admissão da Escola de Especialistas de Aeronáutica. As provas foram remarcadas para o dia 1º de julho. A motivação, segundo comunicado divulgado na página oficial do órgão, foi a “garantia do interesse público e o acesso ao exame em igualdade de condições a todos os candidatos, bem como sua segurança”.

    O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, que abrange a cidade de Campinas (SP), suspendeu as provas que seriam realizadas no domingo do concurso. Uma nova data para o exame ainda não foi divulgada.

    O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF Fluminense) também cancelou as provas para o cargo de técnico-administrativo em educação (classificações “C”, “D” e “E”) e para professor de carreira do magistério de ensino básico, técnico e tecnológico.

    A Polícia Civil de São Paulo também comunicou o adiamento da prova do concurso para delegado. O mesmo ocorreu com o certame da Polícia Civil do Rio Grande do Sul para os cargos de escrivão e inspetor. As provas de capacitação física marcadas para o fim de semana foram transferidas para os dias 9 e 10 de junho.

    OAB e conselhos
    Os cancelamentos também atingiram a Ordem do Advogados do Brasil (OAB). A entidade anunciou que não realizará a segunda fase do exame da ordem. Segundo o comunicado oficial, não havia “condições de logística para a entrega e aplicação das provas de forma uniforme, com segurança, sigilo e eficiência em todo o território nacional”.

    Concursos de conselhos agendados para o fim de semana também foram afetados. O Conselho Regional de Medicina do Paraná divulgou comunicado informando o cancelamento das provas que ocorreriam no domingo “devido às recentes manifestações e greves em todo o território nacional, que geram efeitos e consequências inevitáveis com relação ao deslocamento e à segurança dos candidatos”. A nova data ainda será divulgada.

    O Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região, que abrange os estados do Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima, também comunicou a suspensão das provas previstas para o domingo devido às manifestações “que geram efeitos consequências inevitáveis com relação ao deslocamento e à segurança dos candidatos”. O novo cronograma será anunciado no site da empresa responsável pelo certame, Quadrix.

    Agência Brasil

    Eleições suplementares: Blog O Paralelo em parceria com o Instituto SETA divulgará pesquisa eleitoral para prefeito de Campestre na próxima semana, aguardem!

    O Blog O Paralelo publicará na próxima quinta-feira (31) o primeiro levantamento de abrangência municipal para as eleições suplementares para prefeito que será realizada no próximo dia 03 de junho na cidade de São José do Campestre encomendado pelo Instituto Seta.

    O levantamento oficial e registrado no TRE, medirá a intenção do eleitorado para o voto de prefeito – em cenários espontâneo e estimulado.

    Dois candidatos concorrem ao pleito municipal, pelo MDB concorre o atual prefeito interino Neném Borges, pela oposição concorre o atual vereador pelo PRB, Luciano Xavier.

    Na última eleição para prefeito de Campestre, de 2016, o Blog O Paralelo divulgou uma pesquisa também oficial e registrada no TRE acertando em cheio a previsão que deu vitória a ex-prefeita Alda Romão.

    Até lá, só expectativas.