• Últimas Notícias

    domingo, 22 de abril de 2018

    48 políticos investigados na Lava Jato podem perder foro privilegiado

    Quarenta e oito políticos com foro privilegiado que estão sendo investigados ou foram denunciados na operação Lava Jato correm o risco de ter seus casos enviados à primeira instância caso não consigam se reeleger em outubro.

    A lista inclui o presidente Michel Temer, três governadores, dez senadores e 34 deputados federais.

    Confira uma lista dos políticos que estão na mira da força-tarefa mas que, por terem foro privilegiado, respondem em cortes superiores, onde o andamento dos processos costuma ser mais lento. Boa parte do grupo deverá tentar a reeleição, o que garantiria a manutenção do foro privilegiado.

    PRESIDENTE
    Michel Temer (MDB-SP)

    GOVERNADORES
    Renan Filho (MDB-AL)

    Robinson Faria (PSD-RN)

    Fernando Pimentel (PT-MG)

    Prefeita de Lagoa D’anta tem caminhonete tomada de assalto em frente ao hospital Walfredo Gurgel, na capital do estado

    Criminosos tomaram de assalto na tarde desse domingo, 22, uma caminhonete Amarock de placas DGJ 0774, pertencente a prefeita da cidade de Lagoa D’anta, Taianni Santos. 

    Segundo informes, o assalto a prefeita ocorreu em frente ao hospital Walfredo Gurgel, na capital do estado, quando a mesma fazia uma visita a uma funcionária do município que está internada vítima de acidente de moto em Lagoa D'Anta. Além do veículo os bandidos levaram, celulares e jóias.

    Após uma perseguição policial os bandidos perderam o controle do veículo sendo encontrado pouco tempo depois semidestruído e com marcas de tiros na tampo traseira dentro de um córrego no Paço da Pátria, na Zona Leste de Natal.

    Eleição suplementar: Advogado Fernandes Braga anuncia pré-candidatura a prefeito de São José do Campestre

    A eleição suplementar a ser realizada em 03 de junho desse ano para o cargo de prefeito e vice-prefeito de São José do Campestre, a 100 quilômetros de Natal, terá "possivelmente" três pré-candidatos. O Blog O Paralelo conversou nesse domingo, (22), com um dos pretensos à concorrer a prefeitura daquele município, o Dr. Fernandes Braga. Advogado criminalista de 37 anos, casado e pai de uma filhinha de 2 anos, Fernandes Braga, incentivado por parte da população, já anunciou nas redes sociais e confirmou a esse Blog sua intenção de disputar ao cargo de prefeito e irá apresentar seu nome que deverá ser escolhido em convenção no próximo dia 25 (quarta-feira) pelo partido Solidariedade. 

    Fernandes Braga alegou ao blog que sua indicação popular terá como intenção, caso seja efetivado seu nome, uma busca para um realinhamento na gestão municipal e colocar Campestre nos trilhos do desenvolvimento. "Buscaremos apoios sim, no entanto não conversaremos com políticos que queiram troca de favores, o pleito será limpo, sem acordos espúrios", concluiu Braga.

    Além do advogado Fernandes Braga, existem comentários de outros dois possíveis pré-candidatos que já rodam nas redes sociais, um deles é o atual vereador Luciano Alves, que já foi vice prefeito nas gestões de Dr. Laércio e Sione Oliveira. Outro possível postulante ao cargo é o atual prefeito interino, o vereador Neném Borges.

    Atualmente, o cenário político de Campestre atravessa momentos difíceis, boa parte da população já não acredita nas velhas raposas que comandam os destinos daquele município com pouco mais de 12.400 habitantes. Campestre conta com 10.574 eleitores (esse número pode variar para mais)

    Confira o calendário Eleitoral
    25 de abril - Data a partir da qual é permitida a realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e escolher os candidatos aos cargos de Prefeito e Vice-Prefeito.

    30 de abril - Último dia para a realização de convenções destinadas a deliberar sobre as coligações e escolha dos candidatos a Prefeito e Vice-Prefeito.

    02 de maio - Último dia para o candidato escolhido em convenção desincompatibilizar-se, observada a data de escolha em convenção.

    04 de maio - Último dia para os partidos políticos e coligações apresentarem no Cartório Eleitoral, até às 19 horas, o requerimento de registro de candidatos a Prefeito e Vice-Prefeito. Também Data a partir da qual é vedado aos candidatosparticiparem de inaugurações de obras públicas.

    05 de maio - Data a partir da qual será permitida a propaganda eleitoral

    02 de junho (véspera da eleição) - Último dia para propaganda eleitoral mediante alto-falantes ou amplificadores de som, entre as 8 e as 22 horas, para a promoção de carreata e distribuição de material de propaganda política e para a propaganda na internet.

    03 de junho (dia da eleição)

    às 7h, instalação da seção eleitoral
    às 8h, início da votação
    às 17h, encerramento da votação

    28 de junho - Último dia para a diplomação dos eleitos