• Últimas Notícias

    quarta-feira, 7 de março de 2018

    Polícia Militar iniciou aulas do PROERD na cidade de Passa e Fica/RN

    A Policia Militar, através do 8º Batalhão de Policia Militar, iniciou as aulas do PROERD - Programa Educacional de Resistência às Drogas, na Cidade de Passa e Fica, Região Agreste Potiguar.

    As aulas tiveram início nesta terça-feira(06) e vão contemplar 234 crianças que participam do Programa Social, que abrange alunos do 3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental das escolas estaduais e municipais da Cidade.

    O PROERD é um projeto onde os policiais militares fardados, devidamente treinados e com material próprio (livro do estudante, camiseta e diploma), desenvolvem um curso de prevenção às drogas e a violência na sala de aula das escolas.

    O PROERD é essencialmente preventivo e consiste em um currículo de 17 semanas, sendo uma aula por semana, ministrada por policiais militares fardados a alunos do 3º ao 6º ano, ou seja, na faixa etária de 9 a 12 anos de idade. Ao final do curso é realizada uma formatura, onde os estudantes fazem um juramento de se manterem longe das drogas e da violência e recebem o diploma de Aluno PROERD.

    Arrogante, professor da UFRN expulsa aluna de assistir aula acompanhada da filha de 5 anos

    Waleska Maria lopes foi expulsa da sala de aula da UFRN porque estava acompanhada da filha de 5 anos (Foto: Sergio Henrique Santos/Inter TV Cabugi)
    O professor graduado e mestre em Ciências Sociais (UFRN), doutor (Universidade de Paris René Descartes) e pós-doutor em sociologia (UFRJ) Alípio Sousa Filho proibiu uma aluna de assistir às suas aulas porque ela estava acompanhada da filha de cinco anos. A estudante Waleska Maria Lopes trabalha de manhã e de tarde e não tem com quem deixar a criança na hora que vai para a universidade, à noite. Alípio alega que a presença da menina traz prejuízos à aula.

    O fato aconteceu nesta terça-feira (6) durante a aula de Introdução à Sociologia do curso de Ciências Sociais da UFRN. “Me senti muito mal. Minha filha perguntou se não podia mais assistir às minhas aulas. Se era por causa dela. É uma grande humilhação. A única família dela sou eu. Ela só tem a mim. Foi terrível”, relatou a aluna.

    Segundo ela, Alípio Filho a informou que não poderia assistir às suas aulas com a criança e ordenou que Waleska se retirasse da sala. A estudante cria a filha sozinha. Nascida no Rio de Janeiro, onde ainda mora sua família, ela veio viver em Pau dos Ferros, região Oeste potiguar, em 2008. Em 2017, mudou-se para Natal com o objetivo de estudar. Conseguiu entrar na UFRN com a nota obtida no Enem. Na capital, divide um imóvel com outras pessoas, onde também vive sua filha. Durante o dia, trabalha como atendente de telemarketing para sustentar as duas, e nesse período a criança fica em uma escola.

    Alípio Filho diz que não expulsou a aluna da aula. Contudo o professor admite que proibiu a estudante de voltar novamente a uma aula acompanhada da filha.

    “Uma criança de cinco anos, todo mundo sabe, é uma criança que fica inquieta. E a aluna tem que se ocupar com a filha. Se ocupa, porque fica vendo a criança levantar, a criança sentar. E, portanto, a criança fica chamando a atenção da aluna, o que faz com que ela não esteja atenta à aula. Além disso, chama a atenção dos demais alunos”, argumenta.

    Áudio vazou

    Depois que a aluna deixou a sala de aula, Alípio Filho seguiu falando com os estudantes que permaneceram no local. O que o professor disse foi gravado e compartilhado em grupos de WhatsApp.

    Além de abordar as questões mencionadas por ele na entrevista, referentes aos custos e o respeito à Universidade, o docente também direcionou seu discurso para Waleska. “Ela encontre uma rede de solidariedade para cuidar da criança. Não consegue essa rede de solidariedade? Repense sua vida. Não tem que estar fazendo Ciências Sociais, não tem que estar estudando na universidade. Você só faz isso se tiver condições. Agora não vai impôr à instituição coisas que não são assimiladas pela instituição (…) 'ah, eu sou pobre, não tenho'. Problema seu, a universidade não tem problema com isso, se vire”, disse.

    O professor diz que há grupos de alunos que não respeitam as normas da UFRN e querem impôr suas vontades em detrimento do que determina a Universidade dentro dos limites do campus.

    “Esse áudio é maravilhoso, eu agradeço a eles por estar divulgando. Porque é o áudio no qual eu mostro as razões da defesa da universidade pública no Brasil. Dizendo que a universidade é cara, nossos salários são caros, numa sociedade de baixos salários, e que por tão cara que é a universidade pública, ela deve ser zelada e respeitada em sua autoridade moral, o que certos alunos não sabem reconhecer. Eu agradeço, e pode colocar na sua matéria, que o professor agradece a divulgação do áudio”, disse Alípio Filho ao G1.

    Questionado pela reportagem se tinha conhecimento que a estudante é natural do Rio de Janeiro e não tem familiares próximos no Rio Grande do Norte, o professor afirmou não saber do fato, porém disse que essa informação não interfere em sua análise da situação.

    Mais informações Portal G1RN

    STF decide nesta quarta-feira se TREs podem cassar diploma de políticos eleitos

    Por G1 - O Supremo Tribunal Federal (STF) deverá julgar nesta quarta-feira (7) se os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), cortes de segunda instância da Justiça Eleitoral nos estados, podem cassar o diploma e levar à perda do mandato governadores, senadores, deputados federais e estaduais eleitos.

    O atual entendimento na Justiça é que recursos contra a expedição de diploma desses políticos só podem ser apresentados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), terceira e mais alta instância da Justiça Eleitoral.

    Na prática, uma eventual mudança nessa sistemática daria a esses políticos uma chance maior de serem empossados no cargo e manterem os mandatos caso tenham a eleição contestada, porque criaria uma instância inferior, em âmbito local, no qual o recurso contra o diploma seria analisado.

    A ação tramita no STF desde 2009 e já teve um pedido de liminar (decisão provisória) analisado pelo plenário.

    Bombeiros abrem inscrições para a 24ª edição da Corrida Soldados do Fogo

    Resultado de imagem para Bombeiros abrem inscrições para a 24ª edição da Corrida Soldados do Fogo
    O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) já iniciou os preparativos para a realização da 24ª Corrida Soldados do Fogo, um dos eventos de rua mais tradicionais de Natal, que será realizado as 16hs do dia 07 de julho, fazendo parte das comemorações alusivas ao Dia do Bombeiro.

    As inscrições estão abertas e são feitas exclusivamente no site www.corridasoldadosdofogo.com.br, onde os participantes também encontram o regulamento da competição, que é disputada em percursos de 5 e 10 km, divididos por categorias geral, portadores de necessidade especiais e bombeiro militar do Rio Grande do Norte. Todos os participantes receberão medalhas e haverá premiação com troféu em todas as categorias, inclusive por faixas etárias.

    Dois homens são presos após aplicar golpe em idoso em agência bancária da Grande Natal

    Dois homens foram presos na tarde desta terça-feira (6), após aplicar golpe em um idoso de 71 anos e a filha dele na agência da Caixa Econômica Federal de Parnamirim, na Grande Natal.

    De acordo com a filha do idoso, uma professora de 31 anos, ela estava acompanhando o pai para realizar um depósito de R$ 650 referente ao pagamento do financiamento da casa da família. Nesse momento, um dos golpistas se aproximou, puxou assunto e perguntou em que local estavam os envelopes.

    A vítima ainda relatou que o homem encontrou um envelope dentro de uma lixeira e voltou a conversar com eles, aconselhando a não inserir o cartão no caixa eletrônico, para não pagar taxa. Foi aí que bandido se ofereceu para realizar o depósito e as vítimas concordaram.

    Nesse momento, segundo a Polícia Militar, o criminoso trocou os envelopes e depositou um vazio, ficando o bandido com o valor de R$ 650. Foi então que a vigilância da agência percebeu a troca dos envelopes através das câmeras de segurança e fechou a agência com todos os clientes e funcionários dentro.

    Sesap divulga resultado do processo seletivo neste sábado(10)

    A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgará neste sábado (10) o resultado final do Processo Seletivo Simplificado, conforme previsto no cronograma do edital nº 001/2018/GS/SESAP/RN. O processo contou com 3.080 candidatos inscritos para concorrer às 553 vagas ofertadas.

    Os cargos com maior procura foram os de técnico em enfermagem, com 1.418 inscritos, e enfermeiro, com 1.063 candidatos. A Sesap vai contratar ainda técnicos em radiologia e em biodiagnóstico, fisioterapeutas, farmacêuticos/bioquímicos e médicos. Esses profissionais atuarão preferencialmente nos hospitais de Natal e região metropolitana pelo período de 12 meses, sendo que o contrato poderá ser prorrogado por igual período.

    O processo seletivo será feito, exclusivamente, com base na avaliação de títulos/experiência profissional, feita por uma comissão composta por servidores de cargo efetivo.

    Lula: levo minha candidatura às últimas conseqüências

    O ex-presidente Lula afirmou nesta terça-feira 6 que estão tentando impedir a candidatura mais forte do campo da esquerda e que usará todos os recursos disponíveis para garantir sua postulação à Presidência.

    Lula se reuniu nesta tarde com representantes da CMP (Central de Movimentos Populares) em São Paulo.

    O encontro ocorreu durante o julgamento do STJ, que negou por unanimidade o habeas corpus preventivo para evitar a prisão de Lula.

    Segundo relatou Raimundo Bonfim, coordenador do movimento, à Folha, Lula afirmou que vai levar a candidatura até as últimas consequências.

    De acordo com reportagem de Cátia Seabra, Lula também acertou sua agenda para as próximas semanas, incluindo uma caravana para o Sul e a participação no Fórum Social Mundial, em Salvador. (BR 247)

    Justiça Federal em SP determina sequestro de 25 milhões de ações da JBS

    A Justiça Federal em São Paulo determinou o sequestro de 25 milhões de ações da JBS, informou a assessoria de imprensa do órgão nesta terça-feira (6). A decisão atende pedido da defesa dos irmãos Joesley e Wesley Batista e substitui o pagamento de seguro-garantia pela empresa.

    Nesta terça, a ação da JBS fechou em leve queda, com baixa de 0,42%, negociada a R$ 9,46.

    A ação judicial faz parte do processo que os executivos, que são sócios da J&F, respondem por uso de informações privilegiadas para lucrar no mercado financeiro, o chamado “insider trading”. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), os irmãos utilizaram a delação premiada para lucrar com venda de ações e compra de dólares quando suas denúncias foram divulgadas.

    No processo, os donos na J&F tiveram bloqueio de ativos no valor de R$ 238 milhões.