• Últimas Notícias

    sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

    RN lidera produção de energia eólica a nível nacional; Brasil é o 8º no mundo

    O Brasil subiu uma posição, passando o Canadá, e agora ocupa o oitavo lugar no ranking mundial que afere a capacidade instalada de produção de energia eólica, segundo o Global Wind Statistic 2017, documento anual com dados mundiais de energia eólica produzido pelo Global Wind Energy Council (GWEC). 

    Em 2016, o Brasil ultrapassou a Itália no ranking e passou ocupar a 9ª posição. Atualmente, o país conta com 12,76 GW de capacidade de energia instalada, contra os 12,39 GW do Canadá. A China, ocupa a primeira posição, com 188,23 GW; seguida pelos Estados Unidos, com 89,07 GW, e a Alemanha, com 56,132 GW de capacidade instalada. A Índia, Espanha, o Reino Unido e a França completam o ranking dos sete primeiros.

    A Região Nordeste aparece na frente na capacidade de produção de energia a partir dos ventos. Com 135 parques, o Rio Grande do Norte é o estado que mais produziu energia usando ao força dos ventos. São 3.678,85 MW de capacidade instalada. Em seguida, com 93 parques e 2.410,04 MW de capacidade instalada, vem a Bahia. Em terceiro lugar vem o Ceará, que conta com 74 parques e tem 1.935,76 MW de capacidade instalada.

    RJ: Forças Armadas assumirão as atividades de segurança do Estado

    Resultado de imagem para exercito nas ruas do rio de janeiro
    O presidente Michel Temer decidiu decretar intervenção na Segurança Pública do Rio de Janeiro. Com isso, as Forças Armadas assumirão as atividades de segurança do Estado. A ideia do governo é que a ação dure até dezembro deste ano, mas os últimos detalhes do texto do decreto serão definidos nesta sexta (16). O interventor em nome do Exército, segundo a Folha apurou, será o general Braga Neto.É necessária a aprovação do decreto pelo Congresso Nacional em um prazo de dez dias, conforme diz a Constituição Federal.

    O decreto foi preparado durante reunião na noite de quinta (15) do presidente com os ministros da Defesa, Raul Jungmann, do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, da Fazenda, Henrique Meirelles, do Planejamento, Dyogo Oliveira, e da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco. O encontro contou ainda com a participação do governador do Estado, Luiz Fernando Pezão, e dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE).

    De acordo com presentes à reunião com Temer, seria a primeira intervenção do tipo desde a aprovação da Constituição de 1988. Na mesma reunião, o presidente discutiu com os presentes a criação de um Ministério da Segurança Pública.

    Folha

    Luciano Huck reafirma decisão de não concorrer à Presidência

    Ele deve fazer o anúncio formal nesta sexta (16). A manutenção da desistência foi adiantada pelo site “O Antagonista” na tarde desta quinta (15) e confirmada por sua assessoria.

    Nas últimas semanas, a condenação por corrupção em segunda instância e virtual inelegibilidade de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recolocou o nome do apresentador da Rede Globo no jogo. A análise de números de perfil do eleitor permitia antever que boa parte de quem vota no petista poderia ser abocanhada por Huck.

    Contra a Reforma da Previdência, rodoviários anunciam greve para o dia 19

    O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro-RN) decidiu decretar greve a partir da segunda-feira, 19 de fevereiro, contra a votação da Reforma da Previdência pelo Congresso Nacional. 

    “Já havia um acordo desde o ano passado de que se essa tentativa de reforma prosseguisse estraríamos em greve. Segunda é o dia em que o processo de votação começa, e então os rodoviários de todo o Brasil vão parar na segunda”, declarou Harley Davidson, diretor do Sintro, destacando a abrangência nacional do movimento. 

    A frota emergencial de 30% vai continuar em circulação nas ruas, conforme manda a lei.