• Últimas Notícias

    terça-feira, 16 de janeiro de 2018

    Ditadura genocida da Venezuela: Piloto de helicóptero é morto pela polícia de Maduro

    Óscar Pérez
    O ex-piloto Óscar Pérez durante um protesto contra o governo em julho do ano passado
    A operação da polícia venezuelana para capturar Óscar Pérez, piloto rebelde perseguido pelo governo do presidente Nicolás Maduro desde que sobrevoou e supostamente atacou prédios públicos de Caracas, terminou com sua morte, disseram altas fontes do governo venezuelano à CNN. O governo não se pronunciou oficialmente. Mais cedo, o governo havia anunciado que dois policiais morreram na ação, além de rebeldes, e que cinco pessoas foram presas.

    Forças de segurança cercaram na manhã de ontem uma casa onde estava o dissidente, desencadeando várias horas de tensão. Pérez publicou um vídeo nas redes sociais, no qual se ouviam os dois lados negociando a sua entrega, enquanto o seu rosto está coberto de sangue. O chavismo, no entanto, o acusa de ter aberto fogo primeiro contra as autoridades.

    Dentre os mortos, estão dois policiais e um número ainda não conhecido de opositores, a quem o governo venezuelano chama de terroristas. Cinco agentes de segurança estão gravemente feridos. As autoridades dizem que o grupo já foi desmantelado.

    Com informações tanscritas de O Tempo

    Servidores do RN entram em confronto com a PM e derrubam grade na Assembléia

    Manifestantes retiraram grades que cercavam o prédio da AL
    foto de Magnus Nascimento
    Durou pouco o clima de tranquilidade no entorno da Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira (16). Em busca de acompanhar a apreciação do pacote de 18 projetos encaminhados pelo Governo do Estado à Casa, servidores e membros de sindicatos entraram em confronto com a Polícia Militar e, mais uma vez, derrubaram a grade que limitava o acesso às dependências do Poder Legislativo. Não há, no entanto, relatos sobre feridos.

    Com mais de 250 homens atuando na segurança do local, inclusive com membros da Cavalaria e BPChoque, a PM precisou dispersar a multidão devido à tentativa de invadir o Legislativo. Algumas das grades que estavam posicionadas nos arredores dos acessos ao Palácio José Augusto foram derrubadas e os policiais impediram a entrada dos servidores no Legislativo.

    Apesar da tensão, ninguém conseguiu invadir o local e a mobilização continua na área externa, mas junto à porta principal do Legislativo, próximo ao acesso ao plenário. Os parlamentares analisam os projetos nas comissões e a tendência é que sejam lidos em plenário ainda nesta terça-feira. 

    Por Tribuna do Norte

    Mercado dá como certa a condenação de Lula

    Analistas do mercado financeiro dão a condenação do ex-presidente Lula como certa, revela a coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta terça-feira.

    Estão de olho em apenas duas coisas:

    O placar no TRF, se 3 a 0 ou 2 a 1, e a reação do PT no dia seguinte ao julgamento.

    O advogado australiano Geoffrey Robertson, que representa o ex-presidente Lula na ONU, vai participar do julgamento no TRF-4 como integrante da defesa do petista.

    O ex-presidente tem sido aconselhado a ampliar a divulgação de seu caso no exterior.

    Sinte-RN reconhece situação ilegal de professores e oferecerá defesa

    O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do RN (Sinte-RN) se posicionou acerca de denúncia da secretária de Educação Cláudia Santa Rosa, sobre a abertura de dezenas de processos administrativos para punir professores que teria cometido irregularidades “terceirizando” as aulas para outras pessoas, pagando cerca de R$ 800 a R$ 1 mil por mês.

    “O Sinte-RN tomou conhecimento e é contra essa prática dos professores, mas vamos oferecer as condições para defesa e que os professores optem ou não pelo magistério, defendemos que não haja a quebra da estabilidade”, afirmou a presidente de Sinte-RN, Fátima Cardoso.


    Governo do RN publica edital de concurso público para a Polícia Militar

    O Governo do Rio Grande do Norte publicou nesta terça-feira, 16, no Diário Oficial do Estado (DOE) o edital do concurso público para praças da Polícia Militar.

    São disponibilizadas 938 vagas de nível médio para homens e 62 para mulheres. As inscrições serão realizadas a partir desta quarta-feira, 17, através do site www.idabe.org.br e se encerram no dia 8 de fevereiro. A taxa de inscrição custa R$ 100.

    O concurso será realizado pelo Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE) e as provas serão realizadas no dia 4 de março de 2018. Os salários serão de R$ 954 durante a formação e R$ 2.904 após o ingresso.

    “Gatonet” poderá render multa e cadeia para quem instala e para quem usa

    Ter TV por assinatura com “sinal pirateado”, prática mais conhecida como “gatonet”, poderá se tornar crime no Brasil. O Projeto de Lei 186/2013 começou a tramitar na Comissão de Constituição e Justiça do Senado nesta semana e, caso aprovado, vai tipificar os crimes de interceptação e recepção clandestina de sinal de TV por assinatura.

    Isso quer dizer que, tanto a pessoa que oferece e instala os famosos gatonet quanto os clientes que solicitam a pirataria poderão ser punidos com multa de até R$ 10 mil. Também está prevista reclusão de seis meses a dois anos, com a possibilidade de aumentar a pena em 50% caso fique provado danos a terceiros.

    Dessa forma, as autoridades poderão não apenas confiscar equipamentos utilizados para piratear sinal de TV por assinatura, mas também poderão prender os responsáveis e colocá-los no sistema sob legislação específica.