• Últimas Notícias

    quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

    Lula diz ao PT que irá ao julgamento no TRF-4

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comunicou a dirigentes do PT que vai comparecer ao julgamento que pode torná-lo inelegível, no Tribunal Regional da 4ª Região (TRF-4), dia 24, em Porto Alegre (RS).

    A direção do partido já prepara um grande ato de recepção ao ex-presidente no próprio dia 24, na volta a São Paulo. No dia seguinte a Executiva Nacional do PT faz uma reunião ampliada para reafirmar a candidatura do ex-presidente, seja qual for o resultado do julgamento.

    Lula foi condenado, em primeira instância, a 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá (SP). Se a condenação for confirmada, o ex-presidente pode ser impedido de disputar a eleição presidencial.

    Oficialmente, a assessoria do Instituto Lula não confirma que o ex-presidente vá acompanhar o julgamento em Porto Alegre. Segundo o instituto, a defesa do petista solicitou ao TRF-4 que o ex-presidente seja ouvido durante o julgamento, mas o pedido ainda não foi apreciado pelos desembargadores do tribunal.

    Sindicato dos Policiais Federais emite nota de apoio aos policiais do Rio Grande do Norte e critica postura do Governador e da Bancada Federal

    O SINPEF-RN -Sindicato dos Policiais Federais do Rio Grande do Norte, acompanha com preocupação e, sobretudo com indignação, a lamentável situação dos policiais civis e militares em nosso Estado. É preocupante perceber que o Governo do Estado negue aos cidadãos e as cidadãs o direto à segurança. Causa indignação que o governador, Senhor Robinson Faria, não se mostre capaz de viabilizar o pagamento do salário dos policiais que precisam alimentar suas famílias. Não dá para aceitar calado, o desprezo do atual governante com profissionais que se dedicam, de corpo a alma, arriscando suas próprias vidas, em defesa da sociedade. Como se não bastasse, além de não pagar os salários, ameaça os policiais de prisão. Robinson quer nos colocar na idade média. Isto é um absurdo!

    O governo se mostra mais que incompetente, se mostra ingrato com os policiais. Pois são estes mesmos que o governador deixa sem dinheiro e quer colocar atrás das grades, que saem de suas casas todos os dias para defender, não apenas os cidadãos comuns, mas o próprio governador. Neste quesito, o senhor Robinson Faria poderia acrescentar ingratidão ao seu sobrenome.

    O SINPEF é solidário aos policiais do Estado do Rio Grande do Norte, porque sabe da falta de condições de trabalho destes dedicados profissionais. Sabemos que as viaturas estão em grande parte quebradas e sem a devida manutenção. Que faltam coletes, que o armamento é inadequado. Robinson, o ingrato, bem que poderia olhar o exemplo de Estado vizinho. Enquanto o Ceará investe 11 milhões de reais em equipamentos de segurança, ele (O ingrato) promete prisão aos policiais.

    O trabalho do policial é por natureza estressante. Sem salário e sem condições de trabalho, torna-se impossível obter o melhor resultado em favor da sociedade. Bem como, a favor da própria saúde psicológica dos profissionais. Pois, a excelência do serviço prestado está diretamente relacionada à qualidade do equipamento e a saúde do profissional.

    É ensurdecedor o silencio da nossa Bancada Federal em relação à insegurança pública no Rio Grande do Norte. No mínimo, nossos senadores e deputados estão sendo omissos com a população, sobretudo com as pessoas que não podem pagar segurança privada. A omissão da Bancada Federal é um tiro na dignidade dos policiais potiguares.

    De público, o SINPEF faz um apelo ao governador Robinson Faria, que pague urgentemente os salários atrasados e o décimo terceiro de todos os policiais e bombeiros. Que se lembre, que prometeu ser o “governador da segurança”, e não o governador perseguidor de policiais. Toda nossa solidariedade aos bravos homens e bravas mulheres que fazem as polícias do Rio Grande do Norte.

    A Diretoria do SINPEF

    FONTE: SINPEF/RN


    ABIN publica edital de concurso para 300 vagas e salários de até R$ 16,6 mil

    ABIN publica normas do concurso público para 300 vagasSaiu o edital do concurso ABIN 2018. A Agência Brasileira de Inteligência divulgou na manhã desta quarta-feira, 03 de janeiro, pelo Diário Oficial da União, as normas de realização do concurso público que tem 300 vagas nos cargos integrantes do Plano de Carreiras e Cargos do órgão. Há oportunidades tanto para lotação em Brasília-DF, como para as superintendências regionais espalhadas pelo país, sendo algumas restritas para lotação no Distrito Federal e outras com opção de preferência de lotação a ser feita ao final do Curso de Formação em Inteligência (CFI), conforme a classificação no concurso.

    O Cespe/Cebraspe coordena o certame que tem 220 vagas na carreira de Oficial de Inteligência, 60 para Oficial Técnico de Inteligência e 20 para Agente de Inteligência.

    As 220 vagas de Oficial de Inteligência exigem formação superior em qualquer área e têm remuneração inicial de R$ 16.620,46.

    Com algemas nos punhos, policiais civis se apresentam para serem presos em Natal

    (Foto: Sinpol/Divulgação)
    Em greve desde o último dia 20 de dezembro, policiais civis do Rio Grande do Norte se apresentaram na Delegacia Geral de Polícia, na manhã desta quarta-feira (3), em Natal, para serem presos. Durante a tarde desta terça-feira (2), em assembleia, os policiais decidiram que permanecem trabalhando em regime de plantão, mesmo diante da possibilidade de serem presos.
    (Foto: Sinpol/Divulgação)

    O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte considerou o movimento ilegal e determinou a prisão de policiais da ativa e da reserva que incentivem, promovam ou defendam a greve. 

    Senado tem contrato de R$ 4,4 milhões para serviços de motorista

    O Senado Federal tem um contrato de R$ 4,4 milhões para a contratação de empresa para prestação de serviços de motorista (sem veículo), ajudante e atendente para a condução dos veículos locados e de propriedade da Casa. O valor corresponde à uma vigência contratual para o período de um ano com a empresa Ecolimp Serviços Gerais Eireli.

    De acordo com o Senado, a contratação visa dar continuidade aos serviços de condução de veículos de serviço e demais atividades de transporte relacionadas, necessários à Administração para o desempenho de suas atribuições. Além disso, o órgão explica que contratação foi necessária porque o Senado Federal não dispõe de recursos humanos nos seus quadros para realização dessa atividade.

    Ao todo, são 77 motoristas contratados para o serviço. Confira as atribuições de cada atividade prevista no contrato. 

    Portal Contas Abertas.

    'PMs devem se entregar para serem presos', afirma líder grevista do RN

    PMs do RN deverão se entregar e serem presos
    Nuno Guimarães/Framephoto/Estadão Conteúdo – 02.01.2018
    "Se nada for resolvido até amanhã, alguns policiais militares devem se entregar ao quartel para serem presos", afirmou o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Natal (RN), subtenente Eliabe Marques, em entrevista ao R7.

    A categoria está em greve desde o dia 19 de dezembro e solicita melhores condições de trabalho — o salário de 86% dos policiais civis e militares foi pago na última sexta-feira (29).

    No último domingo (31), o desembargador Claudio Santos, do plantão judicial do TJ-RN (Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte), atendeu a um pedido do governo estadual e determinou que os comandantes da PM, Corpo de Bombeiros e o delegado-geral da Polícia Civil prendam quem apoiar ou defender a greve.

    O presidente da associação diz que o "governador do Estado [Robinson Faria (PSD)] não tem a humildade de reconhecer o problema" e, como consequência, não tem uma solução para a crise que assola a segurança pública no Rio Grande do Norte. "O Estado nos abandonou", afirma. "E abandonou a população também". 

    Para Marques, a única saída que o Estado vê é a prisão dos agentes de segurança. "É lastimável o que está acontecendo. Se a Justiça entende que nós estamos contrariando a lei, nós iremos nos entregar", lamenta.

    O presidente da associação explica que, na terça-feira (2), os policiais militares já queriam se entregar. "Só não se entregaram porque conseguimos retomar a situação e esperar mais um pouco", disse Marques, que é um dos líderes da greve.

    Os policiais que se dispuseram a voltar para o patrulhamento ostensivo estão fazendo isso a pé. A assessoria de imprensa do Comando Geral da Polícia Militar confirmou a retomada dos serviços, mas ocorre de forma gradativa.

    Com informações do Portal R7

    Trump a Kim: seu botão nuclear é maior e funciona

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, rebateu as afirmações do líder norte-coreano Kim Jong-un sobre ter um botão nuclear em sua mesa. A diferença apontada pelo republicano diz respeito ao tamanho e poder entre o botão de Washington e o de Pyongyang.

    Trump usou a sua conta no Twitter para mandar uma mensagem para Kim. "O líder norte-coreano Kim Jong Un apenas afirmou que o "Botão Nuclear está em sua mesa em todos os momentos". Alguém de seu regime abatido e faminto por comida, por favor, [deve] informá-lo de que eu também tenho um botão nuclear, mas é muito maior e mais poderoso do que o dele, e meu botão funciona!", escreveu.