• Últimas Notícias

    sábado, 29 de setembro de 2018

    A bala de prata: Conheça os jornalistas da VEJA que pulicaram matéria sobre divórcio de Bolsonaro

    Resultado de imagem para veja bolsonaroNesta quinta-feira (27), a revista Veja teve acesso a um processo judicial de 500 páginas sobre a separação de Bolsonaro com a ex-mulher Ana Cristina Siqueira Valle.
    Além da ilegalidade do ato (assunto que analisaremos numa próxima matéria), algo asqueroso chamou a atenção de quem acessou as redes sociais dos subscritores da matéria jornalística.
    O Conexão Política fez uma análise nas mídias sociais dos jornalistas responsáveis pela matéria e constatou através das publicações que eles são afetos à esquerda, inclusive com curtidas em páginas relacionadas ao Foro de São Paulo e ao movimento terrorista dos Black Bloc’s.
    Ao consultarmos o perfil do jornalista Nonato Viegas, um dos autores da matéria, verificamos que ele não só votou em Lula e Dilma, como também manifestou abertamente seu apoio aos líderes petistas.
    “Sou do povo, sou do Partido dos Trabalhadores, vou de Dilma e voto 13”, escreveu.
    Em outra publicação, Nonato afirmou que foi graças ao PT que o brasileiro pôde voltar a ter poder de consumo.
    “Graças ao Lula e Dilma, tô há horas no mercado. O povo todo agora pode comprar no Carrefour. Mais: encher o carrinho. Mesmo esperando, voto 13”.
    Em consulta ao sistema do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), obtivemos uma certidão de filiação partidária do jornalista, onde se verifica que o mesmo é filiado ao PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) desde maio de 2011.
    Continue a leitura AQUI

    Contas de luz continuam com tarifa mais alta em outubro

    Resultado de imagem para bandeiras tarifáriasNos quatro primeiros meses do ano, vigorou a bandeira verde, sem cobrança extra na conta de luz. Em maio, vigorou a bandeira tarifária amarela, em que há adicional de R$ 1 na conta de energia do consumidor a cada 100 kWh consumidos.

    Em junho, quando decidiu adotar a bandeira vermelha no patamar 2, a Aneel disse que a decisão foi tomada em razão do fim do período chuvoso e da redução no volume dos reservatórios das usinas hidrelétricas.
    Sistema

    O sistema de bandeiras tarifárias foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. A adoção de cada bandeira, nas cores verde (sem cobrança extra), amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica. No patamar 1, o adicional nas contas de luz é de R$ 3 a cada 100 kWh; no 2, de R$ 5.

    A ira de Alckmin com o Jornal Nacional

    Quando forem reveladas as histórias de bastidores das eleições de 2018, uma das mais constrangedoras terá se passado nos estúdio da Rede Globo, no Rio, depois da entrevista do candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, ao Jornal Nacional.

    O sempre tranquilo e fleumático Alckmin conseguiu ocultar sua ira durante a entrevista, quando foi duramente interpelado por William Bonner e Renata Vasconcellos – aliás, como seus adversários. Diferentemente de outros, como Jair Bolsonaro, que contra-atacaram e criaram situações embaraçosas para a emissora, aguentou calado a pancadaria. Quando acabou, porém, virou-se para integrantes do Jornalismo da Globo e disse:

    – Vocês acabaram de eleger o Jair Bolsonaro. Se é isso que vocês queriam, conseguiram, com a forma como me trataram – desabafou o tucano.


    Com cara de poucos amigos, Alckmin foi conduzido à sala onde ficou esperando a entrevista seguinte, ao Jornal das Dez, da GloboNews. Lá, foi procurado por integrantes da direção da emissora que, acompanhados por Bonner e Renata, tentaram suavizar o clima. Não adiantou. A eles, o candidato do PSDB repetiu:

    – Vocês estão elegendo Jair Bolsonaro.

    Blog do Magno

    Justiça do Rio de Janeiro anula eleições no Vasco da Gama

    A Justiça do Rio de Janeiro anulou as eleições no Clube de Regatas Vasco da Gama. A decisão é da juíza Glória Heloiza Lima da Silva, da 28ª Vara Cível da Capital.

    O pleito foi realizado no dia 7 de novembro de 2017, e escolheu os membros do Conselho Deliberativo que, em janeiro de 2018, elegeram o presidente do clube, Alexandre Campelo.

    A ação foi movida pelo sócio Alan Balaciano, que denunciou fraude na captação de votos dos associados. A juíza também estabeleceu a data de 8 de dezembro para realização de nova eleição para o Conselho Deliberativo, e o dia 17 de dezembro, para eleição do novo presidente.

    Na decisão, a magistrada destacou que foi constatada a existência de reais evidências de que as demais urnas que compuseram o processo eleitoral contabilizaram votos viciados de sócios que não estavam habilitados para votar, seja pelo atraso no pagamento de suas mensalidades, seja por sequer serem realmente sócios, apresentando declarações falsas de filiação, identificadas na perícia realizada pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli.

    “Por tudo o que foi exposto, consideradas as gravíssimas denúncias relatadas na petição inicial que se encontram devidamente comprovadas na farta documentação que instrui a petição inicial, nas decisões deste Poder Judiciário fluminense, que reconheceram e afirmaram a ocorrência de fraudes no processo eleitoral do Clube de Regatas Vasco da Gama, a anulação das eleições, com todos os transtornos que possa ocasionar, é medida salutar, saneadora e imperativa, nos termos do estatuto do Clube de Regatas Vasco da Gama. A fim de restaurar a ordem social e jurídica dos litigantes, servindo de exemplo para toda a sociedade”, decidiu a juíza.

    Na decisão, ela também acenou com a possibilidade de mediação entre as partes. O clube tem prazo de 15 dias para contestação.

    Por Agência Brasil

    quinta-feira, 27 de setembro de 2018

    TJRN declara inconstitucionalidade de leis para contratações temporárias

    Os desembargadores do TJRN julgaram procedente o pedido para declarar a inconstitucionalidade das Leis Complementares nºs 017/2013, 020/2014 e 022/2014 do Município de Rio do Fogo, as quais autorizavam a contratação temporária de servidores públicos para diversos cargos, tais como médicos em diversas especialidades, fonoaudiólogo, farmacêutico, ASG, dentre outras.

    O julgamento apreciou esta Ação Direta de Inconstitucionalidade na sessão dessa quarta-feira, 26, fixando, porém, com base no artigo 27 da Lei nº 9.868/99, os efeitos “ex nunc”, que define a aplicação a partir da publicação do acórdão, nos termos do voto do relator, desembargador Amílcar Maia.

    Segundo a Procuradoria Geral de Justiça, tais cargos "são de natureza permanente, visto que suas atribuições estão relacionadas a necessidades perenes da Administração Pública, não apresentando nenhum sentido a investidura a partir de contratações temporárias.

    Palestrante extremista de ensino religioso defende novo atentado contra Bolsonaro

    O diretor do Colégio Santa Cruz, um dos mais tradicionais de São Paulo, enviou uma circular aos pais dos alunos do oitavo ano do ensino fundamental, porque um palestrante habitual da escola defendeu numa rede social um novo atentado contra Jair Bolsonaro.

    Entre outras delicadezas, o palestrante escreveu que “Quando a gente tomar o puder (sic) de assalto, a gente alivia a revolta na cabeça dos nazi-fascistas-xenófobos-racistas-homofóbicos”.

    O diretor afirmou ter sido surpreendido pelas postagens, denunciadas por pais de alunos, e reiterou o compromisso do Santa Cruz com a defesa dos valores humanos e da cidadania.

    O palestrante é de ensino religioso. Deu palestras no Santa Cruz nos últimos três anos sobre protestantismo e igrejas pentecostais. Mas ficou clara qual é a religião do sujeito.

    O Antagonista

    Jair Bolsonaro publica nota em defesa do 13° salário

    Resultado de imagem para BOLSONARONesta sexta-feira (27), Jair Bolsonaro, candidato à Presidência da República pelo PSL, divulgou um tweet em defesa do 13° salário.
    A resposta veio após a veiculação de uma matéria da Folha de São Paulo, que afirma que o vice de Bolsonaro, General Mourão, criticou o 13° salário.
    No Twitter, Bolsonaro escreveu:
    O 13° salário do trabalhador está previsto no art. 7° da Constituição em capítulo das cláusulas pétreas (não passível de ser suprimido sequer por proposta de emenda à Constituição). Criticá-lo, além de uma ofensa à quem trabalha, confessa desconhecer a Constituição.

    Justiça eleitoral pode prender e multar em até 15 mil reais o eleitor que quebrar o sigilo do voto

    Resultado de imagem para eleitor fazendo self do votoO Tribunal Superior Eleitoral (TSE) alerta; Quem registrar o voto com máquinas fotográficas, filmadoras, e telefones celulares, poderá ser multado em até R$ 15 mil e até mesmo ser preso. 

    A lei visa preservar o sigilo do voto, e caso esse sigilo seja quebrado, o eleitor pode ser detido por até 2 anos.

    quarta-feira, 26 de setembro de 2018

    Polícia aborta assalto a avião pagador no aeroporto de Salgueiro/PE; bandidos mortos

    Integrantes de quadrilha foram mortos no momento em que bandidos abordavam avião que abasteceria carros-fortes. Foto: Cortesia
    Uma tentativa de assalto a carros-fortes no aeroporto de Salgueiro, no Pernambuco, terminou em tiroteio entre bandidos e a Polícia Militar. O fato aconteceu na manhã desta quarta-feira (26).

    Segundo informações da polícia, os bandidos teriam atacado no momento em que era feita a transferência de dinheiro de um avião para veículos de transporte de valores.

    A polícia agiu e houve intensa troca de tiros. Segundo informações da polícia, cinco assaltantes teriam sido mortos no confronto. Outros quatro teriam sido presos e cinco teriam conseguido fugir utilizando uma camionete modelo Volkswagen Amarok. Seis fuzis de vários calibres, uma ponto 50 e munição foram apreendidos.
    Metralhadora ponto 50 apreendida na ação
    A intervenção policial que evitou o roubo é fruto de três anos de investigação. A operação conjunta, coordenada pela Policia Federal de Juazeiro, contou com a participação de Policiais Federais COT e GPI , da CIPE Caatinga PMBA, 8° BPM Salgueiro, 2° BIESP PMPE e CIOSAC.

    CidadesnaNet

    Banco do Nordeste adia para 2 de dezembro data de realização das provas de concurso público

    Através de nota enviada à imprensa, o Banco do Nordeste informou que adiou a data de realização das provas de seu concurso público. Antes marcada para o dia 25 de novembro, a aplicação das provas ocorrerá no dia 2 de dezembro.

    Segundo o banco, os turnos permanecem os mesmos: provas para o cargo de nível superior ocorrerão pela manhã, enquanto a tarde fica reservada para o cargo de nível médio. As provas poderão ser realizadas em cidades de todos os Estados do Nordeste, além de Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e Brasília.

    O candidato que tiver concluído o ensino de nível médio até a data de término da qualificação para a posse, com certificado emitido por instituição de ensino devidamente reconhecida pelo órgão competente, poderá concorrer ao cargo de Analista Bancário.

    Bolsonaro tem 31,2% contra 20,2%; Ciro 10,1% e Alckmin 7,6%, segundo pesquisa Crusoé/Instituto Paraná

    Jair Bolsonaro tem 31% na pesquisa da Crusoé, feita pelo Instituto Paraná.

    Fernando Haddad está 11 pontos atrás, com 20%.

    O resto é o resto, como mostraram todas as pesquisas das últimas semanas.

    No segundo turno, Jair Bolsonaro está 5 pontos à frente de Fernando Haddad, segundo a pesquisa da Crusoé.

    Ele tem 44,3% dos votos contra 39,4% do petista.

    A pesquisa nacional foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral(TSE) com o código BR-0352/2018, e foi realizada entre os dias 23 e 25 de setembro. 2020 pessoas foram entrevistadas.

    O nível de confiança da pesquisa é de 95%, com margem de erro de dois pontos.

    Antagonista

    Eleitor tem até quinta (27) para pedir segunda via do título impresso

    Termina nesta quinta-feira (27), dez dias antes do primeiro turno das eleições 2018, o prazo para o eleitor potiguar solicitar a segunda via do seu título no cartório eleitoral. O pedido deve ser feito na zona onde está cadastrado. Para isso, o cidadão deve estar quite com a Justiça Eleitoral, não poderá ter débitos pendentes, como multas por ausência às urnas ou aos trabalhos eleitorais, como o de mesário.

    Também estão impedidos os eleitores que tenham recebido multas em razão de violação de dispositivos do Código Eleitoral, da Lei das Eleições e leis conexas. Multas devem ser pagas por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU) emitida pelo cartório eleitoral e podem variar de R$ 1,05 a R$ 35,14.

    O título de eleitor não é o único documento que possibilita a participação nas eleições. O eleitor pode se apresentar à mesa de votação levando qualquer documento oficial com foto, como a carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira de motorista ou o passaporte, por exemplo.

    Petrobras mantém preço médio da gasolina inalterado em R$ 2,2381 nesta quinta

    A Petrobras manteve inalterado o preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias, válido para esta quinta-feira, 27, em R$ 2,2381. Entre 14 e 24 de setembro, o combustível foi mantido em R$ 2,2514, máxima histórica após a estatal ter passado a divulgar o preço médio diariamente em seu site, no dia 19 de fevereiro.

    Já o preço do diesel permanece em R$ 2,2964, conforme tabela disponível no site da empresa petrolífera.

    Em 6 de setembro, a diretoria da companhia anunciou que além dos reajustes diários da gasolina, terá a opção de utilizar um mecanismo de proteção (hedge) complementar.

    Atraso no Fies bate recorde, dívida chega a R$ 20 bi e governo já estuda mudanças

    Os contratos em atraso do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies)atingiram número recorde. De 727.522 em fase de amortização em junho, 416.137 (57,1%) estão com atraso de pelo menos um dia. A dívida oficial cresceu mais de 30 vezes em três anos. Segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o rombo em prestações atrasadas atual é de R$ 20 bilhões, podendo triplicar nos próximos anos. Em 2015, segundo auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), esse número era de R$ 625 milhões. 

    Órgão responsável pela política, o Comitê Gestor do Fies (CG-Fies) pretende discutir um novo modelo de renegociação em outubro. A ideia é adotar parcelas menores e mais tempo para quitar a dívida. Dos atrasados, 75% já passam dos 90 dias sem pagar, apresentando maior risco para o governo.

    Continue a leitura AQUI

    terça-feira, 25 de setembro de 2018

    Decreto regulamenta 5% de vagas em concursos para pessoas com deficiência

    O Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 25, traz o decreto que regulamenta a determinação de 5% dos cargos e empregos públicos para pessoas com deficiência.

    Com o decreto, as provas de concursos públicos também deverão ser adaptadas. Será assegurado aos candidatos o acesso a tecnologias que permitam adaptações para pessoas com deficiência. O ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha, explicou que houve uma atualização da lei.

    “A cota de 5% já existia, mas carecia de atualizações. O decreto foi atualizado porque esses 5% ainda tinham como base a legislação antiga”, afirmou.

    O texto traz ainda esclarecimentos sobre as regras para caso de concurso regional, como será feita a sequência de chamada, como tem que ser o edital escrito e quais as ajudas técnicas disponíveis, entre outras informações.

    Após repercussão negativa, Marília Mendonça exclui vídeo contra Bolsonaro e pede desculpa

    Imagem: AG News
    A cantora Marília Mendonça, do gênero sertanejo, removeu o vídeo de seu perfil no Instagram sobre o movimento ‘Ele Não’, grupo de oposição ao candidato à presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro.

    “Essa sou eu, aquela é minha mãe e aquele é meu irmão. Minha família é constituída dessas 3 pessoas, que juntas acreditaram nas promessas de Deus e nos seus sonhos. Eu sou uma menina de 23 anos, cheia de amigos das mais variadas formas e conceitos que sempre respeitou o seu espaço, e construiu com apenas algumas boas torcidas e muita fé, o que tenho hoje. Em uma noite, tudo o que foi construído com amor e carinho foi apagado na mente de algumas pessoas. Me sinto mal e minha cabeça dói por imaginar que anos de luta se basearam nisso, no final das contas. Deixo aqui, o meu pedido de desculpas à todas as mulheres que acreditei estar defendendo naquele momento”, escreveu.

    “Deixo aqui o meu pedido de desculpas à todos os homens, por em um instante de loucura acreditar que uma opinião não feriria já vocês. Eu realmente achei que poderia. Minha mãe tem recebido ataques tanto quanto o restante da minha família que nem compartilham da mesma opinião que a minha. Deixo aqui essa mensagem, e o meu profundo silêncio em qualquer questão que seja política. A gente pede encarecidamente PAZ! É isso que eu busco! Não posso opinar já que não sei do que o Brasil precisa! Tá na mão de vocês, galera! Boa sorte á todo mundo! Que Deus nos abençoe!”, reiterou.

    A campanha ‘Ele Não’ tem sido levantada por artistas de diversas áreas, grupo esse que tem sido acusado de manifestar-se contra Jair Bolsonaro devido a Lei Rouanet.

    Em entrevistas e campanhas, o candidato já se manifestou abertamente contra esta Lei, que financia projetos milionários de artistas com verba pública.

    Por Conexão Política

    domingo, 23 de setembro de 2018

    TSE disponibilizará aplicativo que mostra apuração em tempo real

    O aplicativo da Justiça Eleitoral, campeão de downloads nas eleições de 2014, já tem sua versão para 2018 e a expectativa é que novamente seja um recorde de acessos. Este ano, o aplicativo foi rebatizado para “Resultados 2018”. A ferramenta é gratuita e a expectativa é que esteja disponível até o final de setembro para tablets e smartphones que operam com os sistemas Android e IOS.

    Há quatro anos, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a plataforma foi disponibilizada apenas para aparelhos com sistema Android e foi chamada de “Apuração 2014”. O aplicativo foi baixado em 2,7 milhões de dispositivos.

    Pesquisa
    Pelo aplicativo, os eleitores poderão acompanhar a contagem dos votos em tempo real. É possível pesquisar desde o desempenho de um determinado candidato por meio de consulta nominal até um dado mais nacional.

    Na tela da pesquisa, aparecerá, por exemplo, o quantitativo de votos para cada candidato com a indicação dos eleitos ou, no caso da disputa para governador e presidente da República, dos que irão para o segundo turno. Também é possível selecionar os candidatos favoritos e visualizá-los com destaque.

    Eleições 2018: Perguntas para debate com candidatos ao Governo podem ser feitas até esta segunda

    A Televisão Universitária (TVU), da Universidade Federal do RN (UFRN), realiza no dia 27 de setembro, próxima quinta-feira, das 21h às 23h, o debate com os candidatos ao Governo do Estado e abre espaço para receber perguntas da população.

    O debate será realizado em parceria com Departamento de Comunicação (Decom), Superintendência de Informática (Sinfo) e seção local da Ordem dos Advogados do Brasil no RN (OAB/RN).

    Sete dos oito candidatos ao Governo do Estado confirmaram participação no Debate Eleitoral da TVU: Carlos Eduardo (PDT), Carlos Alberto (PSOL), Fátima Bezerra (PT), Brenno Queiroga (Solidariedade), Freitas Júnior (Rede), Heró Bezerra (PRTB) e Dário Barbosa (PSTU).

    O candidato à reeleição Robinson Faria (PSD) não confirmou presença, diz nota do Portal N10.

    Bolsonaro não arrecadou R$ 1 milhão em sua campanha; Alckmin já vai com R$ 51 milhões

    Resultado de imagem para bolsonaroO candidato a presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) só arrecadou até agora a cifra de R$ 897.829,06, frente a R$ 51 milhões obtidos por Geraldo Alckmin (PSDB).

    O maior numerário de Bolsonaro vem do financiamento coletivo, totalizando R$ 541.982,00.

    DEMAIS

    Já o petista Fernando Haddad (PT) arrecadou R$ 21,7 milhões até o momento.

    Ciro Gomes (PDT) atingiu a cifra de R$ 20,1 milhões.

    O ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles (MDB), arrecadou R$ 45 milhões. Ele financia sua própria campanha eleitoral.

    Lula (PT) tinha já arrecadado R$ 20,5 milhões. 

    Marina Silva (REDE) contabiliza R$ 7,2 milhões.

    Guilherme Boulos (PSOL) obteve até agora R$ 5,9 milhões.

    Álvaro Dias (PODE) está em R$ 5,2 milhões arrecadados. 

    João Almoêdo (NOVO) totaliza R$ 2,8 milhões.

    Eymael (DC) soma R$ 849 mil em arrecadação.

    Vera (PSTU) angariou R$ 402 mil.

    João Goulart Filho (PPL) arrecadou somente R$ 316 mil.

    Cabo Daciolo (PATRI), apenas R$ 9,1 mil.

    sexta-feira, 21 de setembro de 2018

    Dirceu aponta erro do PT ao indicar ministros do STF: “Eram todos progressistas e foram coniventes com o golpe”

    Resultado de imagem para O ex-ministro José Dirceu (PT) preso pela PFO ex-ministro José Dirceu (PT) salientou em entrevista coletiva, em João Pessoa, nesta sexta-feira (21), que os ministros do STF indicados pelo PT eram progressistas, mas mudaram de postura para serem coniventes com o ‘golpe’ e medidas ‘ilegais’.

    Segundo Dirceu, os mesmos devem se explicar em suas biográficas, já que eram militantes de esquerda e mudaram sua postura ao ascender ao Supremo.

    “Foram indicados mas tem autonomia, eles que tem que responder na biografia deles porque mudaram, nós não temos. Nos indicamos ministros, talvez com exceção de um ou dois, eram todos progressistas, todos com participação democrática, alguns deram suporte, alguns foram suplentes do PT, outros vieram do Partido Comunista Brasileiro e fizeram toda a militância ao lado dos sem-terra e da Cut, da universidade, da esquerda, e chegaram no Supremo e mudaram, mudaram para ser conivente com golpe, com ilegalidades, com violação da constituição”, definiu.

    O ex-ministro afirmou que o PT deveria ter se preparado mais ao indicar os ministros, como se faz em outras partes do mundo.

    “Não nos preparamos para isso, respondendo a mais um erro, falo que cheguei a propor para que nos preparamos para isso. Cheguei a propor que nos preparássemos par isso, em outros países existem praticamente uma sessão para cuidar disso, do acompanhamento dos juízes, prováveis candidatos, para você ter segurança”, declarou. (Por WSCOM)

    Provas para o concurso da PM do RN serão realizadas nesse domingo 23 em Natal, Mossoró e Caicó

    As provas objetiva e de redação do Concurso Público para provimento de vagas do quadro de Praças da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte serão aplicadas neste domingo, 23, nas cidades de Natal, Mossoró e Caicó, conforme escolha do candidato no momento da inscrição. O certame registrou um total de 12.841 inscritos.

    Os portões serão abertos às 7h30 e o fechamento será às 8h30, considerando o horário do Estado do Rio Grande do Norte. Os candidatos deverão acessar e imprimir o Comunicado Oficial de Convocação para Prova (COCP), constando data, horário e local de realização, disponível no site: www.ibade.org.br

    Candidato não pode ser preso a partir deste sábado sem flagrante

    Resultado de imagem para CANDIDATO PRESOA partir deste sábado, dia 22 de setembro, nenhum candidato poderá ser preso, a não ser que seja pego em flagrante cometendo algum delito.

    A medida de proteção é garantida pelo Código Eleitoral e serve para impedir abusos de autoridades policiais ou judiciais, que possam ser cometidos com intenção de interferir nas disputas pelo voto.

    Entre os casos que podem permitir a prisão em flagrante estão incluídos os crimes eleitorais, como a compra de votos.

    Mesmo se houver prisão ou detenção em flagrante o candidato deve ser levado imediatamente a um juiz para que o magistrado avalie no mesmo momento a legalidade do ato.

    Apesar da proteção, não é incomum que candidatos sejam presos neste período. Nas eleições de 2014, por exemplo, 80 candidatos foram presos somente no domingo de votação, a maior parte pela prática de boca de urna ou transporte irregular de eleitores até a seção eleitoral.

    Esta regra também vale para eleitores, mas somente cinco dias antes da eleição.

    Com informações da EBC

    Saúde: Língua presa compromete a amamentação e a pronúncia; aprenda a identificar

    Clic na imagem para aumentar
    Ter dificuldade de pronunciar corretamente algumas palavras é o principal sintoma da alteração do frênulo da língua, popularmente conhecido como língua presa. Esta condição pode impactar negativamente na qualidade de vida e na saúde de quem a tem. O desmame precoce, a mastigação ruim e até o bullying sofrido por falar diferente são alguns dos problemas. As causas da língua presa ainda não foram descobertas. O que se sabe é que isto ocorre por malformação durante a gestação.

    — Durante o desenvolvimento fetal, as estruturas da boca são praticamente uma só e, aos poucos, vão se separando. A língua, inicialmente, fica no “chão” da boca e vai se soltando durante a gestação. Mas nem sempre o frênulo se solta totalmente — explica a fonoaudióloga Irene Marchesan.

    Desde 2015, o teste da linguinha se tornou obrigatório em todas as maternidades do país. Esta medida evita justamente que os recém-nascidos sintam dificuldade de sugar o leite materno. Os pais precisam ficar atentos ao comportamento de seus filhos para identificar características de quem tem a língua presa.

    — Os pais podem pedir para a criança abrir a boca e levantar a língua em direção ao lábio superior. Se ela apresentar um formato arredondado, está tudo normal. Mas se ficar em forma de “v” ou de “coração”, é preciso buscar ajuda profissional — ensina Jane Celeste, fonoaudióloga do Estúdio da Voz.

    A cirurgia para “soltar” a língua normalmente é simples, rápida e de fácil recuperação. Ela pode ser feita por médicos ou dentistas.

    — Apesar de ser uma cirurgia simples, ela deve ser feita por profissionais, para que não haja lesão dos nervosos da língua. Ninguém deve fazer isto em casa — alerta Irene.

    EXTRA

    Eleições 2018: Pesquisa XP Investimento tem Bolsonaro 28% e Haddad 16%

    Jair Bolsonaro se mantém na liderança das intenções de voto, segundo pesquisa estimulada da XP Investimento divulgada hoje, com 28%, dois a mais que no levantamento anterior. Fernando Haddad subiu seis pontos, passando de 10% para 16% em relação à semana anterior.

    No andar de baixo, Ciro Gomes (12% para 11%), Geraldo Alckmin (9% para 7%) e Marina Silva (8% para 6%) oscilaram para baixo. A pesquisa, realizada entre os dias 17 e 19 com 2.000 pessoas, está registrada no TSE com o número BR-02995/2018

    Ministério Público Federal recomenda anulação de parte de concurso da UFRN

    O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) a anulação de parte do Concurso Público de Professor da Carreira do Magistério Superior, Classe Adjunto A (Edital n.º 35/2017). O pedido se refere especificamente à área de Teoria Sociológica e o MPF requer o cancelamento imediato de todos os atos relacionados a essa área, inclusive a eventual nomeação de candidatos.

    De acordo com a recomendação, as provas didáticas do concurso tiveram o resultado publicado no dia 7 de abril deste ano. Como o prazo para recursos era de 24 horas e cairia em um domingo, por previsão do próprio edital deveria ser estendido para 9 de abril, uma segunda-feira. Contudo, a etapa seguinte do concurso (Prova de MPAP – Apresentação de Memorial e Projeto de Atuação Profissional) acabou sendo realizada antes, em 8 de abril.

    Devido a essa e outras irregularidades, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da universidade chegou a anular por unanimidade - em 26 de junho - essa parte do concurso (tendo determinado a realização de nova seleção a partir da prova escrita), mas no final de julho mudou de posição e homologou os resultados. Essa mudança desrespeitou até mesmo o Regimento Geral da UFRN, que não prevê recursos em casos de decisões unânimes do Consepe.

    MPF determina que PT terá que devolver dinheiro destinado à candidatura de Lula

    Todos os candidatos julgados inelegíveis pela Justiça Eleitoral terão de devolver os recursos públicos usados na campanha deste ano. A interpretação é da Procuradoria Geral da República e inclui o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teve o registro da candidatura negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

    Conforme dados disponíveis no portal do TSE, a candidatura de Lula arrecadou R$ 20,6 milhões, sendo R$ 20 milhões do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) e contratou despesas no valor total de R$ 26,2 milhões. A assessoria do TSE informou que será necessário fazer uma prestação de contas separada da candidatura de Fernando Haddad.

    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que também é procuradora-geral Eleitoral, disse que a devolução dos recursos do fundo especial aos cofres públicos não é surpresa aos candidatos, uma vez que foi amplamente divulgado antes da realização das convenções partidárias. “Necessário é o ressarcimento dos cofres públicos dos recursos do fundo de campanha utilizado por candidato inelegível”, disse.

    Segundo Dodge, a Procuradoria espera que os candidatos inaptos devolvam espontaneamente os recursos utilizados na campanha eleitoral. “Caso não acolham, iremos a juízo pedir o ressarcimento do erário público”, afirmou a procuradora. Ela disse que antes das convenções foram feitas reuniões com os procuradores regionais eleitorais para esclarecimento dessa questão.

    Neste ano, a Procuradoria Geral Eleitoral editou quatro instruções sobre o processo, incluindo o financiamento público, a destinação de recursos para as campanhas das candidaturas e o ressarcimento, por exemplo. O intuito, segundo Dodge, foi dar transparência à aplicação da verba pública para custeio da campanha eleitoral, que chegou a R$ 1,7 bilhão.

    A procuradora disse que o momento de cobrar o ressarcimento será no julgamento das prestações de contas dos candidatos. A primeira parcial foi feita na semana passada e abrange a fase inicial da campanha – entre 16 de agosto e 8 de setembro.

    Agência Brasil

    'Canastra Real': MPRN investiga secretário geral da Assembleia, tio-afim do presidente Ezequie

    Presidente Ezequiel Ferreira com o tio-afim Augusto Carlos Viveiros
    O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), mantém o silêncio sobre a operação Canastra Real, mas a sua preocupação tornou-se maior com o avanço das investigações pelo Ministério Público Estadual (MPRN). É que outro nome bem próximo do seu gabinete e do ambiente amigo-familiar passou a ser investigado.

    Trata-se do ex-deputado federal Augusto Carlos Viveiros, tio-afim de Ezequiel e atual secretário geral da Assembleia Legislativa. Contra Viveiros foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em dois endereços seus: Rua Doutor Manoel Dantas, 516, residencial Solar João e Marilda Ferreira de Souza, apartamento 2001, Petrópolis, Natal; e na Avenida Rio Branco, edifício Barão do Rio Branco, 571, salas 507/508, Cidade Alta, também na capital do estado.

    Segundo as investigações, Viveiros teria falsificado pelo menos seis declarações de domicílios em favor de servidores fantasmas com residências no município de Espírito Santo do Oeste. Essas pessoas, que foram presas pela Canastra Real, teriam sido recrutadas pela chefe de Gabinete da presidência da Assembleia Legislativa, Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho, apontada como chefe do esquema fraudulento. Espírito Santo é governado pelo prefeito Fernando Teixeira (PSDB), marido de Ana Augusta. Os dois foram presos durante a operação.

    O Ministério Público apreendeu documentos nos endereços de Augusto Viveiros em que aparecem a sua assinatura. Cópias desses documentos foram liberadas para conhecimento público pelo MPRN. Viveiros não foi inserido na lista dos que tiveram prisão temporária decretada pelo juiz Raimundo Carlyle, titular da 3ª Vara Criminal de Natal. A decisão judicial autorizou o Ministério Público à busca e apreensão.

    Apesar de o novo escândalo de funcionários fantasmas alcançar a antessala da presidência e envolver pessoas de sua confiança e que trabalham sob a sua orientação, Ezequiel Ferreira decidiu, até aqui, não se pronunciar. O parlamentar tem viajado pelo interior do estado em campanha pela reeleição. Na quarta-feira, 19, em Mossoró, ele recebeu o apoio do vereador João Gentil (sem partido) e participou de evento político-eleitoral com o deputado federal Fábio Faria (PSD) e o candidato a vice-governador Tião da Prest (PR). Ezequiel não falou do assunto nem deixou espaço para perguntas de jornalistas.

    quarta-feira, 19 de setembro de 2018

    Candidatos já receberam R$ 1,4 bi de partidos; MDB, PR e PP lideram repasses

    Os partidos já destinaram R$ 1,4 bilhão para candidaturas nas eleições deste ano, segundo a primeira parcial da prestação de contas, divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As candidaturas a deputado receberam a maior parcela: R$ 930 milhões do total – o equivalente a 68,7% do montante. Os números finais devem ser apresentados pelos candidatos à Justiça Eleitoral em até 30 dias após o fim das eleições.

    Esta é a primeira eleição com o Fundo Eleitoral, que totaliza R$ 1,7 bilhão, destinado a financiar candidaturas após a proibição das doações de empresas, em 2015. Os diretórios também podem repassar dinheiro recebido pelo Fundo Partidário (previsto em R$ 513 milhões neste ano) e por outras fontes (doações e contribuições, por exemplo).

    Apenas três partidos (MDB, PR e PP) respondem por mais de 1/3 (36,9%) desses repasses a candidatos. O MDB foi a sigla que mais destinou dinheiro a candidaturas – no total, R$ 202 milhões. PR e PP transferiram R$ 162,2 milhões e R$ 142,5 milhões, respectivamente.

    O PCO foi o único partido a declarar que não repassou dinheiro a candidatos. Já os partidos PPL, PMB e Novo foram os que transferiram menos dinheiro para candidatos. O PPL, por exemplo, destinou R$ 320 mil a candidaturas, sendo que 62,4% desse valor foram destinados à campanha do presidenciável João Goulart Filho.

    PMB e Novo transferiram R$ 428 mil e R$ 471 mil a candidaturas, respectivamente.

    Na prestação de contas parcial, 20 partidos informam que destinaram a maior parte do montante para nomes que concorrem a deputado federal. Já partidos menores, como DC, PPL, PSTU, Rede e Novo, registraram mais gastos com as candidaturas ao Poder Executivo.

    Percentualmente, o PSTU foi o partido que mais destinou dinheiro para a disputa a presidente. Em números absolutos, porém, o PSDB é a sigla que mais transferiu recursos à candidatura presidencial (R$ 45,9 milhões), seguida pelo PT (R$ 20 milhões).

    Geraldo Alckmin (PSDB): R$ 44,3 milhões
    Fernando Haddad (PT): R$ 20 milhões
    Ciro Gomes (PDT): R$ 12,5 milhões
    Marina Silva (Rede): R$ 5,6 milhões
    Guilherme Boulos (PSOL): R$ 4,2 milhões
    Alvaro Dias (PODE): R$ 3,2 milhões
    Eymael (DC): R$ 828 mil
    Vera Lúcia (PSTU): R$ 400 mil
    Jair Bolsonaro (PSL): R$ 268,9 mil
    João Goulart Filho (PPL): R$ 200 mil

    Apenas os presidenciáveis Cabo Daciolo (Patriota) e João Amoêdo (Novo) não receberam repasses dos partidos. Cinco dos 13 candidatos a vice-presidente também ganham dinheiro dos diretórios.

    Kátia Abreu (PDT): R$ 3,5 milhões
    Germano Rigotto (MDB): R$ 2 milhões
    Sonia Guajajara (PSOL): R$ 1,8 milhão
    Ana Amélia (PP): R$ 1,5 milhão
    Eduardo Jorge (PV): R$ 100 mil

    Distribuição por região

    Mais da metade do dinheiro repassado pelos partidos teve como destino nomes que concorrem no Sudeste ou no Nordeste. O PSL, sigla que abriga o presidenciável Jair Bolsonaro, foi o partido que destinou a maior parcela para candidaturas do Nordeste – o equivalente 67,4% do total.

    Esse percentual se deve, principalmente, ao ex-presidente do partido Luciano Bivar, que é candidato a deputado federal pela Paraíba e recebeu 1,8 milhão do PSL, segundo a parcial do TSE.

    Por outro lado, quase todos os repasses do Novo (95,9%) foram para o Sudeste. A fatia maior foi para a candidatura de Rogerio Chequer a governador de São Paulo. O Novo diz que não usa os fundos eleitoral e partidário e que o dinheiro do diretório vem de filiados e apoiadores.

    Já o PSB aposta na chapa para o governo de Pernambuco, para a qual repassou mais de R$ 6 milhões. A chapa é formada por Paulo Câmara, candidato a governador, e Luciana Santos, candidata a vice-governadora. Eles receberam R$ 4,5 milhões e 1,7 milhão, respectivamente.

    O PRB, por exemplo, se destaca por ter destinado 17% dos repasses para São Paulo e 10,2% para candidaturas do Rio de Janeiro. Em SP, o deputado federal Celso Russomanno recebeu R$ 1,5 milhão. Esse valor é quase o dobro do candidato do PRB que teve o segundo maior repasse: Maria Rosas (R$ 840 mil).

    No RJ, o principal destinatário do dinheiro foi Eduardo Lopes, que tenta a reeleição ao Senado. Antes de Marcelo Crivella assumir a Prefeitura da capital, Lopes era 1º suplente na Casa.

    No DEM, 19,2% do montante transferido para candidaturas também foram para o Rio de Janeiro. O ex-prefeito Eduardo Paes tenta se eleger governador e recebeu R$ 3,9 milhões da sigla. Os deputados federais Sóstenes Cavalcante e Laura Carneiro tentam se reeleger no estado e também conseguiram abocanhar parte do montante. Cada um ficou com cerca de R$ 1 milhão do DEM.

    Recursos de partidos

    O Fundo Eleitoral foi criado em outubro de 2017 pelo Congresso Nacional com o objetivo de financiar as campanhas com recursos públicos. O montante do fundo foi fixado em R$ 1,7 bilhão. Desde setembro de 2015, as doações de empresas a campanhas eleitorais estão proibidas.

    A maior parte do Fundo Eleitoral (R$ 1,3 bilhão) é formada por dinheiro que ia ser destinado para emendas parlamentares de bancada, formada por deputados e senadores.

    G1

    Polícia prende um dos suspeitos de assassinar Giltemberg Gomes Soares, " Gil " do Uber

    Conforme o Blog O Paralelo publicou na reportagem anterior que o crime em que foi vítima o motorista de Uber natural de São José do Campestre o caso já apresenta resultados positivos.

    Policiais civis da delegacia de Arez investigavam suspeitos de envolvimento no desaparecimento do motorista de Uber conhecido por "Gil" desde o dia 05/09/18, paralelo as investigações realizadas pela DP de Goianinha. 

    No dia 17/05/18 após um roubo de veículo em Arez, um dos autores do roubo foi preso em Parnamirim sendo este um dos investigados no caso do Uber, logo, aproveitando o estado de flagrância, o chefe de investigação de Arez apreendeu no interior da residência do suspeito pertences da vítima Gil, até então desaparecido. 

    Após o flagrante do roubo, na manhã do dia 18/09/18 policiais civis de Arez e Goianinha iniciaram uma operação policial em busca do segundo suspeito e da localização de Gil, ocasião em que o supervisor de segurança da biosev informou um local em meio ao canavial em Arez que exalava forte odor, logo a policia militar de Arez localizou o local e em seguida os policiais civis chegaram e foi constatado a presença de um corpo humano em estado de decomposição posteriormente reconhecido pelas vestes como sendo o motorista desaparecido conhecido por Gil. 

    O delegado de Goianinha junto com o chefe de investigação de Arez interrogou o suspeito José Carlos de Oliveira Júnior no dia 19/09/18 e o mesmo confessou participação no crime que vitimou Giltemberg Gomes Soares, " Gil " do Uber. As investigações continuam em busca da identificação de um segundo autor do crime. 

    Agradecemos o apoio da Polícia Militar de Arez e Parnamirim, da população em relação a confiança de denunciar mesmo que anonimamente e do diretor da DPCIN o delegado Lenivaldo

    Câmara dos Deputados tem registro de visitas de Adélio Bispo no dia do atentado contra Jair Bolsonaro

    Ofício da Polícia Legislativa, obtido com exclusividade por O Antagonista, informa a existência de dois registros de entrada de Adélio Bispo de Oliveira na Câmara dos Deputados, no dia 6 de setembro – data do atentado contra Jair Bolsonaro.

    O documento oficial foi enviado ao terceiro-secretário, deputado JHC, que atendeu à solicitação de O Antagonista por todos os registros de visitação do criminoso.

    “Constatou-se a existência de mais dois registros de entrada referentes à pessoa do Senhor Adélio, ambos datados do dia 6 de setembro de 2018, dia em que fora efetuada sua prisão no estado de Minas Gerais em decorrência do atentado ao deputado Bolsonaro”, escreve o diretor Paul Pierre Deeter.

    Como é impossível Adélio ter estado na Câmara, Deeter desconfia que os registros tenham sido forjados e determinou a abertura de uma investigação interna para “averiguar as circunstâncias nas quais se deram os supostos registros”. Ele também pediu a decretação de sigilo.

    Há duas semanas, O Antagonista havia obtido a confirmação de uma visita de Adélio ao Anexo IV no dia 6 de agosto de 2013. Não foi possível, porém, saber o destino do criminoso nas dependências legislativas – se esteve em algum gabinete parlamentar, por exemplo.

    Agora, porém, a situação é muito pior.

    A constatação da Polícia Legislativa revela uma grave vulnerabilidade do sistema de controle de acesso às dependências da Câmara.

    Se os registros de entrada de Adélio foram feitos antes do atentado, significa que alguém de dentro – com acesso ao sistema – tentou forjar um álibi para Adélio.

    Caso tenham sido forjados posteriormente, resta evidente a tentativa de apagar qualquer rastro do criminoso e confundir as autoridades, numa clara tentativa de obstrução da Justiça.

    O Antagonista

    Em operação, filho de ex-ministro Henrique Eduardo Alves é detido com ecstasy e haxixe

    Hugo Barreto/Metrópoles
    Filho do ex-ministro de Turismo Henrique Eduardo Alves, o produtor cultural Eduardo José de Azambuja Alves, 35 anos, foi detido nessa terça-feira (18/9) por porte de drogas. Ele é um dos alvos da Operação Praia de Goa, deflagrada pela Polícia Civil com o objetivo de apurar lavagem de dinheiro, organização criminosa e estelionato contra a administração pública no âmbito do Na Praia. O evento se popularizou nos últimos anos por apresentar atrações muito conhecidas em estrutura de grande porte montada na beira do Lago Paranoá.

    Eduardo Azambuja é um dos sócios da R2, empresa no centro das investigações da Coordenação de Combate ao Crime Organizado, aos Crimes contra a Administração Pública e contra a Ordem Tributária (Cecor), responsável pelo inquérito. O endereço do filho do ex-ministro era objeto de diligência da Polícia Civil, que conseguiu autorização judicial para o cumprimento de busca e apreensão em 15 localidades.

    Ao revistarem o escritório da casa de Eduardo Azambuja, na QI 23 do Lago Sul, os investigadores encontraram três sacos plásticos – em um deles havia ecstasy em pó; no outro, haxixe; e no terceiro, MDMA, uma variação do ecstasy. Em função do achado, o produtor cultural foi levado até a delegacia e teve de prestar depoimento. Aos policiais, disse que a droga era dele, para consumo pessoal, e que teria conseguido as substâncias durante uma festa na casa de “um amigo de um amigo” no Condomínio Ville de Montagne, no Lago Sul.

    Eduardo fez questão de pontuar, em seu relato, que não teria comprado a droga, mas que os entorpecentes foram fornecidos gratuitamente no decorrer da festa. O depoente assinou um termo circunstanciado se comprometendo a se apresentar à Justiça.

    Leilão do Finor oferta R$ 6,9 milhões em ações

    Natal, 19 de setembro de 2018 - O 279º Leilão Especial de Títulos da Carteira do Fundo de Investimentos do Nordeste (Finor), segundo deste ano, será realizado no dia 27 de setembro. Serão ofertadas 9 milhões de ações, o que equivale a um volume financeiro de R$ 6,9 milhões. O leilão será realizado na bolsa de valores oficial do Brasil, em São Paulo (SP), das 10h às 15h.

    Oito empresas oriundas de cinco Estados (Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte) participam do leilão. Cinco delas são oriundas do setor secundário, duas do setor primário e uma do setor de serviços.

    A relação completa das empresas participantes do 279º leilão do Fundo de Investimentos do Nordeste (Finor) encontra-se disponível no portal do Banco do Nordeste (www.bnb.gov.br), ou diretamente no link https://bit.ly/2xpuEto.

    Os leilões do Finor são operacionalizados pelo Banco do Nordeste desde 1977. Neles, ocorre a permuta de cotas do Finor, de propriedade dos investidores, por ações componentes da carteira de títulos do fundo, de emissão de empresas nordestinas dos mais variados setores de atividades.

    Durante os leilões, as sociedades corretoras credenciadas, que representam os investidores, efetuam os lances para a aquisição das ações, observando os preços mínimos, divulgados por meio de editais de licitação. A sistemática de leilões adotada pelo Banco do Nordeste contribui para o aumento das oportunidades de utilização das cotas do Finor e proporciona melhoria na liquidez dessas cotas.

    IMPRENSA - Banco do Nordeste

    São José do Campestre: Prefeito e vice eleitos em pleito suplementar tomam posse do município nessa quarta (19) na Câmara Municipal

    Serão empossados oficialmente na noite dessa quarta-feira (19), o prefeito e o vice que venceram a eleição suplementar em São José do Campestre no último dia 03 de junho. Joseilson Borges da Costa (MDB) e o vice Eribaldo Lima (PHS), que foram diplomados no forúm do município na segunda-feira (10), participarão da cerimônia de Posse marcada para às 19:00 horas na Câmara Municipal presidida pelo presidente da Casa Legislativa, Ver. Francisco Nunes da Silva (PHS), antes porém, o prefeito e vice partiparão de uma missa na Igreja Matriz de São José celebrada pelo Padre Aldo Alves Pimentel às 17:00 horas. 

    Logo após a missa haverá uma festa dedicada a população e aos eleitos que será realizada no pátio da Rodoviária. Três atrações, Bandas Cavalo de Aço, Paulinho Pauleira e Tony Farra, animarão a noite festiva. 

    Justiça Eleitoral potiguar inicia a fase de carga das urnas nesta quarta-feira (19)

    O Tribunal Regional Eleitoral do RN (TRE/RN) dá início nesta quarta-feira (19) à fase da inserção das informações nas 8.043 urnas eletrônicas que serão utilizadas no estado durante as eleições gerais que ocorrem em 07 de outubro.

    O trabalho, que será coordenado pela Secretaria de Tecnologia da Informação do TRE, começará pelas 1.465 urnas da capital.

    As urnas serão alimentadas a partir das 8h, no Centro de Operações da Justiça Eleitoral (Coje), em Natal.

    No interior do estado, o sistema de alimentação de urnas vai acontecer no período de 25 a 28 de setembro, cabendo a cada zona eleitoral a responsabilidade por esse serviço.

    Confira o quantitativo de candidatos – no total geral de 436 – nas urnas: Governador, oito concorrentes; Senador, 15; Deputado Federal, 111; e, Deputado Estadual 302.

    TRE RN