• Últimas Notícias

    quarta-feira, 13 de junho de 2018

    Campestre: Vereadora poderá perder o mandato na próxima segunda (18)

    Foi adiada para a próxima segunda-feira (18) a seção de julgamento no TRE-RN que poderá cassar o mandato da Vereadora Gerusa Cavalcante (PR). Esse julgamento estava programado para acontecer na tarde de ontem (12). 

    Entenda o caso

    No período de campanha eleitoral de 2016, o Promotor Eleitoral da Comarca, Dr. Flávio Henrique de Oliveira Nóbrega, deu voz de prisão em em flagrante a então candidata um dia antes das eleições com uma bolsa carregada centenas de santinhos, uma agenda com anotações de doação de dinheiro em espécie com nomes dos beneficiados, passagens, gás de cozinha, espelho para salão de beleza, etc, que geraram três processos eleitorais: 

    1º- Nº 0000343-28.2016.6.20.0015, Corrupção eleitoral – Art. 299, tramita na Polícia Federal, 

    2º- nº 0000086-66.2017.6.20.00156, Ação Penal, tramita na 15ª zona eleitoral e;

    3º) nº 0000468-93.2016.6.20.0015, Captação ilícita de sufrágio – Perda de mandato eletivo, que a qualquer o momento pode ser publicada a sentença, pedindo a cassação de seu mandato de vereadora e anulação dos seus votos para fins de quociente eleitoral. 

    Lembrando que por muito menos o mesmo TRE-RN, de forma rápida e espantosa, cassou o mandato da ex-prefeita Alda Romão por simplesmente ter dito em um comício que teria doado um "caixão de defunto". Pois bem, esperamos que usem da mesma forma ao cassar o diploma da Vereadora com processos tão graves!

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.