• Últimas Notícias

    sexta-feira, 29 de setembro de 2017

    Militante irado: Apoio petista a Aécio irrita o ator José de Abreu: ‘Bye bye, PT’

    José de Abreu
    O ator José de Abreu, que perdeu a paciência com o apoio do PT a Aécio (Alex Palarea e Felipe Panfili/AgNews/VEJA)
    Petista histórico, o ator José de Abreu, que sempre defendeu o partido mesmo nas horas mais difíceis, como nos escândalos do mensalão e da Petrobras, aparentemente, perdeu a paciência com a decisão da legenda de se posicionar contra o afastamento do cargo do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

    O partido decidiu compor uma ampla frente no Congresso para peitar o Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou o afastamento com base nas suspeitas sobre o tucano desencadeadas pelas delações da JBS. A ideia mais ou menos geral no Senado é que o Judiciário foi além de suas prerrogativas ao afastar um político com cargo eletivo.

    Para minimizar a nota em que critica o STF por ter afastado Aécio, o PT entrou com uma representação no Conselho de Ética do Senado, instância que o partido julga adequada para decidir o afastamento de um senador. O órgão colegiado, no entanto, já ignorou uma representação anterior, pela mesma acusação, contra o tucano.

    A ideia de apoiar Aécio contra o STF e recorrer ao Conselho de Ética irritou o ator. Em sua conta no Twitter, onde é bastante ativo, principalmente na militância de esquerda, José de Abreu criticou duramente o partido e afirmou que, se a legenda insistir nessa ideia, ele vai desistir do PT.

    A principal crítica – não só do ator, mas de outros militantes petistas na rede – é que o PT se deixa pautar por uma espécie de republicanismo inocente em um momento em que o partido é vítima de golpes de todo o lado, inclusive do Judiciário e da força-tarefa da Lava Jato.

    Veja

    O massacre do governo Temer: Correios fecham 183 unidades do Banco Postal em todo o RN e prejudicam milhares de aposentados e pensionistas

    Os Correios anunciaram que as atividades de correspondente bancário por meio de seu Banco Postal devem ser encerradas a partir de 11 de outubro. Serviços como pagamento de contas, abertura de contas, empréstimos e recebimento de aposentadorias e pensões deixarão de existir em todas as 1.836 unidades, presentes em 12 estados. 

    Em Santa Cruz, centenas de aposentados e pensionistas já não estão sendo mais atendidos na Agência dos Correios uma vez que seus pagamentos já foram transferidos para outras agências bancárias. No total, 183 agências dos Correios encerrarão as atividades do Banco Postal em todo o Rio Grande do Norte.

    Essa medida atinge principalmente pequenas cidades que não contam com agências bancárias. Em alguns casos, aposentados terão de se deslocar até o município vizinho. O Estado do RN foi um dos mais prejudicados com o fechamento do banco postal.

    Motivo
    A empresa alega que custos de manutenção das operações, em especial o cumprimento de medidas de segurança – com vigilantes armados e portas giratórias –, motivou o fechamento dos pontos de atendimento do Banco Postal. 

    O Paralelo

    "arte ou incentivo à pedofilia": Interação de criança com homem nu gera polêmica durante exposição

    Interação de criança com homem nu gera polêmica após abertura de exposição no MAM
    A participação de uma criança em uma performance protagonizada por um homem nu deu início a nova polêmica sobre a liberdade artística nas redes sociais, desde a noite dessa quinta-feira (28). Fotos e vídeos registrados no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) mostram uma menina, que aparenta ter em torno de cinco anos, tocando os pés de um artista nu que estava imóvel e deitado sobre o chão.

    Em nota divulgada no Facebook, o MAM ressalta que a criança estava acompanhada da mãe e que a sala onde ocorria a performance estava "devidamente sinalizada sobre o teor da apresentação, incluindo a nudez artística". O museu também garante que o trabalho, intitulado "La Bête", não tem qualquer conteúdo erótico.

    A apresentação ocorreu na abertura da "Mostra Panorama da Arte Brasileira", realizada na última terça-feira (26). Trata-se de uma leitura interpretativa da obra "Bicho", de Lygia Clark, segundo o MAM. O coreógrafo Wagner Schwartz se posiciona nu sobre um tatame, manipulando um origami de papel, de forma a sugerir a interação. Em fotos de divulgação, participantes o abraçam, o mudam de posição e grande parte o filma.

    Já as imagens da interação da menina com a apresentação foram divulgadas na internet. A criança parece mostrar curiosidade enquanto engatinha pelo tatame, vendo uma mulher adulta tocar os pés do artista. A mulher a incentiva a participar, a menina ri, toca rapidamente os dedos dos pés dele, e volta à plateia diante de sorrisos do público.

    Críticas

    As críticas, que se multiplicaram em publicações durante a madrugada, acusam o museu de "incentivo à pedofilia". O teor dos comentários é o mesmo daqueles que levaram o Santander Cultural a encerrar a exposição "Queermuseu", alvo de protesto ligado ao Movimento Brasil Livre (MBL) em Porto Alegre. O MAM não mostra qualquer intenção de cancelar a mostra ou a performance. "As referências à inadequação da situação são fora de contexto", diz a nota do museu.

    Agência Estado

    Nordeste é responsável por mais de 50% dos empregos gerados no País em agosto

    A Região Nordeste gerou 19.964 postos de trabalho, o equivalente a 56% do total de empregos criados no País, em agosto. Os números constam em análise realizada pelo Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), feita com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgados pelo Ministério do Trabalho.

    O resultado positivo na Região foi impulsionado principalmente pelos setores de Administração Pública (+7.519), Agropecuária (+5.145), Comércio (+4.458) e Construção Civil (+2.883). Apenas o setor de Serviços apresentou saldo negativo, com redução de 455 trabalhadores com carteira assinada.

    No mesmo período, o Brasil registrou a criação de 35.457 empregos com carteira assinada e as demais regiões também apresentaram saldo positivo: Sul (+5.935), Centro-Oeste (+4.655), Norte (+3.275) e Sudeste (+1.628). No acumulado do ano, o País apresentou crescimento de 163.417 postos de trabalho, representando expansão de 0,43% em relação aos dados de dezembro de 2016.

    Fonte: AsCom/BNB

    Comissão proíbe aplicação de provas do Enem e de concursos públicos aos sábados

    A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou o Projeto de Lei 6542/16, que proíbe a aplicação, aos sábados, em todo o território nacional, de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e de concursos públicos.

    De autoria do deputado Moisés Diniz (PCdoB-AC), o projeto estabelece que as provas do Enem sejam realizadas em dois domingos consecutivos, e não em um só final de semana, como aconteceu até 2016.

    O parecer do relator, deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), foi favorável à proposta. Segundo ele, a proposta dá “respaldo legal” aos fiéis da Igreja Adventista de Sétimo Dia e praticantes de judaísmo, que, por sua fé, não podem realizar esse tipo de atividade aos sábados. Ele defendeu “o respeito a grupos minoritários”.

    Conforme Silva, atualmente, candidatos que, por preceitos religiosos, “guardam os sábado” têm direito de iniciar as provas após 18h de sábado, mas têm que entrar nas salas onde as provas são aplicadas no mesmo horário que os outros candidatos. Para o relator, isso configura desvantagem para esses candidatos, ferindo a Constituição.

    Para 2017, a realização do Enem já está prevista para dois domingos consecutivos. O Ministério da Educação tomou a decisão de mudar a prova para dois domingos, após realização de consulta pública.

    Tramitação
    O projeto será analisada em caráter conclusivo pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. (Agência Senado)

    RN participa de missão nos EUA para debater reforma do ensino médio

    A secretária de Estado da Educação e Cultura, professora Claudia Santa Rosa participa, de 30 de setembro a 8 de outubro, nos Estados Unidos, da “Missão aos EUA sobre reforma do Ensino Médio- Modelos Exitosos e Flexibilização do Currículo”. A missão, organizada e custeada pela Embaixada Norte Americana, conta com a participação de representantes do Conselho Nacional de Secretários de Educação – que a professora Claúdia e os Secretários Estaduais de Educação da Paraíba e Distrito Federal representam-, Ministério da Educação e do Fórum dos Conselhos Estaduais de Educação. 

    “Esta missão tem uma importância muito singular, no momento em que o Brasil discute a tão aguardada reforma do ensino médio. Será uma oportunidade de ampliarmos os olhares e os conhecimentos a partir de experiências exitosas”.

    A comitiva desembarca no estado de Nova Iorque. De lá os representantes brasileiros irão participar de uma apresentação sobre o sistema educacional adotado naquele país, promovida pelo Departamento Educacional Americano e Prefeitura de Nova Iorque. 

    Durante a semana, o grupo participará de diversas reuniões e fará visitas técnicas em escolas na cidade de Manchester, estado de New Hampshire. No ocasião os participantes vão conhecer o dia-a-dia das instituições e debater com diretores e gestores das escolas os modelos de ensino aplicados.

    Escola da Magistratura sedia debate sobre Solução de Conflitos no Novo CPC

    O novo Código de Processo Civil (CPC), apesar de estar há mais de um ano em vigor, ainda vem gerando diversos debates sobre os resultados que suas mudanças estão gerando. Por isso, por meio de uma parceria entre o Instituto Potiguar de Direito Processual Civil (IPPC), o Núcleo Permanente de Mediação e Conciliação (Nupemec) do Tribunal de Justiça do RN e o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), a Escola da Magistratura (Esmarn) sediou, na manhã desta sexta (29), uma palestra para discutir sobre os melhores meios que o judiciário pode decidir na solução de conflitos entre as partes de um processo.

    Palestrante do evento, o coordenado do curso de Direito na UFERSA e doutor em Direito pela UNB, José Albenes, afirma que o objetivo do tema é promover uma reflexão sobre como está realidade do processo civil, já que esse é o meio consensual na solução de conflitos. Segundo ele, a implantação do novo CPC permitiu uma possibilidade maior de utilizar a mediação e conciliação como instrumentos no judiciário; por isso, faz-se necessário analisar como estão sendo os resultados da prática.

    Em protesto contra os atrasos, servidores deliberam paralisar atividades no dia 10 de outubro

    Os servidores do funcionalismo estadual decidiram que vão paralisar suas atividades no próximo dia 10 de outubro. A deliberação aconteceu na manhã desta quinta-feira (28) em mais um protesto contra os recorrentes atrasos de salários.

    A atividade encampada pelo Fórum dos Servidores Estaduais rendeu uma audiência com a chefe do Gabinete Civil do Governo, Tatiana Mendes, e, de acordo com informação do portal virtual do Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do RN (SINAI/RN), o encontro não trouxe novidades.

    O Governo do Estado voltou a alegar dificuldades para cumprir a folha de pagamento, embora os representantes do Fórum tenham apontado que a arrecadação mensal do Executivo é de R$ 800 milhões enquanto a folha de pagamento é da ordem de R$ 400 milhões.

    TSE promove palestra sobre o sistema eletrônico de votação na próxima terça-feira

    Na próxima terça-feira (03), às 14h, no edifício-sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na capital federal, será realizada palestra sobre o funcionamento da urna eletrônica e dos sistemas correlatos.

    O presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes participará da abertura da palestra. O evento, que é uma das etapas do Teste Público de Segurança (TPS) do Sistema Eletrônico de Votação, acontecerá no auditório III e será transmitido ao vivo pelo hotsite do evento.

    A palestra servirá de subsídio para os investigadores ou grupos de investigadores pré-inscritos no TPS, que terão informações necessárias sobre o sistema.

    A novidade deste ano é que os estudantes da área de Tecnologia da Informação – ou de áreas afins – de faculdades públicas e privadas também poderão assistir à palestra, porém sem direito a certificado.