• Últimas Notícias

    domingo, 10 de setembro de 2017

    Ninguém acerta sorteio da Mega-sena deste sábado e prêmio acumula em R$ 5,5 milhões

    Ninguém acertou as seis dezenas do concurso nº 1.966 da Mega-Sena.

    As dezenas sorteadas foram: 10-13-19-32-40-60.

    A expectativa de prêmio era de R$ 2,5 milhões, e o sorteio foi às 20h deste sábado (09) no município de Salto (SP). A Quina teve 29 ganhadores. Cada um leva R$ 47.097,01. Outras 2.758 pessoas acertaram a Quadra.  Neste caso, o prêmio é de R$ 707,45 para cada uma.

    O concurso nº 1.967 da Mega-Sena será realizado na próxima quarta-feira (13), e a estimativa de prêmio é de R$ 5,5 milhões.

    Janot: PMDB da Câmara, de Temer recebeu R$ 350 mi

    O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vai apontar recebimento de R$ 350 milhões em propinas pelo “PMDB na Câmara”, grupo político que tinha como um dos líderes o presidente, Michel Temer, no esquema de corrupção e cartel descoberto na Petrobrás.

    É a última denúncia criminal do “quadrilhão da Lava Jato” e será apresentada nesta semana ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo atual PGR. São 4 acusações contra políticos do PP, do PT, do PMDB do Senado e do PMDB por crime de associação à organização criminosa.

    Depoimento de Palocci divide PT sobre plano B

    O depoimento do ex-ministro Antonio Palocci ao juiz Sérgio Moro não apenas fechou o cerco ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como escancarou o racha no PT sobre quem encarnará o “plano B” para a eleição de 2018, caso ele seja impedido de entrar na disputa. Embora os petistas não admitam em público a possibilidade de a candidatura Lula ser inviabilizada politicamente ou juridicamente, há grande temor entre alguns dirigentes de que Palocci tenha reunido provas ou indícios do que contou ao juiz Sérgio Moro na quarta-feira da semana passada.

    Segundo apurou o Estado, se fechar um acordo de delação premiada, Palocci detalhará, com provas, a movimentação financeira de campanhas eleitorais petistas e indicará quando e onde valores foram entregues ao partido e quem foi o responsável pela operação. Ao contrário do que dizem dirigentes do PT e apoiadores de Lula, um advogado e dois amigos de Palocci afirmaram que ele está “lúcido”, “sereno” e “aliviado” com a confissão a Moro.