• Últimas Notícias

    terça-feira, 5 de setembro de 2017

    Fim das coligações será votada nesta terça-feira

    Estadão conteúdo

    De olho no calendário eleitoral, deputados chegaram enfim a um acordo e definiram que vão começar a votação da reforma política nesta terça-feira, 5, pela proposta relatada pela deputada Shéridan (PSDB-RR), que estabelece o fim das coligações para as eleições proporcionais e cria uma cláusula de desempenho para os partidos.

    A decisão foi anunciada após uma reunião na residência oficial do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) – que está exercendo a Presidência da República por causa da viagem de Michel Temer à China. Líderes que participaram do encontro afirmaram que ainda não há consenso sobre o mérito das propostas, mas que houve um “acordo de procedimento”.

    Após votar o primeiro turno da PEC da Shéridan nesta terça-feira, os deputados vão analisar na próxima semana a proposta que propõe alterar o sistema eleitoral e criar um fundo público para financiamento da campanha, relatada pelo deputado Vicente Cândido (PT-SP).

    Traficante acusado da morte de policiais no Rio de Janeiro é preso em Serra de São Bento RN

    Depois de receberem informações do Disque Denúncia a respeito da localização do traficante Carlos André da Conceição, o Maõzinha, considerado um dos líderes do tráfico no Jacarezinho e acusado da morte do policial civil Bruno Guimarães Buhler, o Bruno Xingu, lotado na Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), policiais da 41ª DP (Tanque) conseguiram realizar a prisão do traficante na madrugada desta terça-feira, em Serra de São Bento, cidade localizada a cerca de 140 km da capital Natal, no Rio Grande do Norte.

    Segundo os policiais, na semana passada, após terem recebido a informação do Disque Denúncia de que o bandido teria se escondido no Nordeste, os agentes viajaram para o Rio Grande do Norte, onde, após monitoramento, conseguiram localizar o bandido escondido dentro de uma residência. De acordo com a delegada responsável pela sua prisão, Carlos André da Conceição também é acusado de ter participado do assassinato de um policial militar em 2015.

    Após a morte do policial Bruno Xingu, o Disque Denúncia, através do Portal dos Procurados, lançou um cartaz com recompensa de R$ 50 mil por informações que levassem a polícia à sua prisão.

    Com informações O Globo