• Últimas Notícias

    sábado, 12 de agosto de 2017

    RN atinge marca de 1.500 homicídios em 2017, diz OBVIO

    Variação de homicídios ano a ano no RN (Foto: OBVIO)O Rio Grande do Norte segue apresentando altos índices de crimes contra a vida. Segundo levantamento feito pelo Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) – instituto que contabiliza e analisa delitos dessa natureza – o estado chegou a 1.500 assassinatos registrados somente este ano. O número foi atingido nesta sexta-feira (11) e a média de vítimas por 100 mil habitantes é de 42,77.

    “A violência e a insegurança são promovidas pelo próprio governo do Rio Grande do Norte, quando, para se esquivar de sua responsabilidade, insiste em criar bodes expiatórios para seus próprios erros. A prova disso é que chegamos a 1500 CVLIs (Condutas Violentas Letais Intencionais) nesses 222 dias de 2017”, critica o especialista em gestão e políticas de segurança pública Ivenio Hermes, que também é coordenador do Observatório.

    Em comparação ao mesmo período do ano passado, ou seja, levando em consideração a quantidade registrada de pessoas vítimas de homicídio entre 1º de janeiro e 11 de agosto de 2016, o ano de 2017 já contabiliza um crescimento de 25,2%.

    Em Natal, foram 392 assassinatos entre 1º de janeiro e o dia 11 de agosto. Na lista das cidades mais violentas do no estado, também preocupam:

    Mossoró, com 150 homicídios contabilizados;
    Ceará-Mirim, com 105;
    Parnamirim, com 93;
    São Gonçalo do Amarante, com 67.
    Macaíba, com 59;

    Com informações do G1/RN

    Governo quer limitar serviço do SUS

    Proposta que vem gerando polêmica entre entidades de saúde, o modelo de atendimento nas unidades básicas de saúde (UBS), principal porta de entrada para o SUS, deve passar por mudanças.

    As propostas foram apresentadas pelo Ministério da Saúde nessa quinta-feira (10), quando terminou uma consulta pública sobre o tema. Entre as medidas em discussão estão a flexibilização dos padrões hoje estabelecidos para formação e atuação de equipes de atendimento; a integração, em um só profissional, entre agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias; a criação de uma lista de serviços obrigatórios a serem ofertados e a retirada dos enfermeiros como gerentes desses locais.

    Para o Ministério da Saúde, a proposta de revisão da Política Nacional de Atenção Básica, que hoje orienta o atendimento nas unidades, “deve aumentar a resolutividade da atenção básica”.

    Já entidades como Associação Brasileira de Saúde Coletiva, Centro Brasileiro de Estudos de Saúde e alguns conselhos de profissionais de saúde têm divulgado notas em que afirmam que a proposta ameaça os avanços já obtidos com as equipes da Estratégia Saúde da Família, modelo prioritário de atendimento nessa etapa.

    Terceiro concurso da Mega Semana dos Pais sorteia R$ 2,5 milhões neste sábado

    Neste sábado (12), a Mega-Sena sorteia o prêmio de R$ 2,5 milhões do concurso nº 1.958, o último da Mega Semana dos Pais.

    O sorteio será realizado a partir das 20h (horário de Brasília), no Caminhão da Sorte, que está em Feijó (AC), estacionado no centro da cidade.

    O prêmio, se investido na Poupança da instituição financeira, pode render aproximadamente R$ 14 mil mensais ao apostador que acertar sozinho os seis números da modalidade.