• Últimas Notícias

    sexta-feira, 21 de julho de 2017

    Sesap divulga nota com orientações sobre riscos com chuvas intensas

    Resultado de imagem para chuvas intensasCom o objetivo de sensibilizar a vigilância em saúde dos municípios para orientar a população sobre os riscos e agravos decorrentes de chuvas intensas, provocados por enchentes, inundações, enxurradas, alagamentos e deslizamentos, a Subcoordenadoria de Vigilância Ambiental (Suvam) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) lançou uma nota técnica informativa com recomendações.

    Neste período de chuvas, algumas consequências ambientais e socioeconômicas podem surgir como contaminação da água, alimentos e solo, o que reforça a importância das ações de vigilância nos municípios.

    Doenças como leptospirose, hepatites A e E, gastroenterites agudas causadas pela ingestão de água ou alimentos contaminados, além do tétano acidental e febre tifóide, causada pela salmonella typhi - bactéria encontrada nas fezes de animais - podem ser evitadas tomando o cuidado de não manter contato com águas sujas de alagamentos e, caso necessário, utilizar botas de borracha e luvas, ou sacos plásticos para manusear objetos que tenham sido atingidos pelas águas contaminadas com esgoto, lixo, produtos químicos e outras impurezas presentes nas áreas urbanas e rurais.

    Também recomenda-se que seja tomado cuidado com a presença de animais venenosos e peçonhentos (cobras, aranhas, escorpiões), devendo verificar roupas e calçados antes de usar; não tocar nesses animas mesmo que estejam ou pareçam mortos, e em caso de se deparar com pessoas que tenham sofrido acidente com estes tipos de animais, encaminhar o acidentado para socorro médico urgente, tentando identificar o tipo de animal para que se administre o antídoto específico.

    Procon Estadual encontra alimentos vencidos em restaurante de hotel

    Nesta quinta-feira a Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/RN) fez diligência em hotel de Ponta Negra, fiscalizando os produtos oferecidos no frigobar dos quartos do estabelecimento, bem como o estoque de produtos alimentícios do restaurante.

    Em diligência que durou mais de 4 horas, os fiscais do Procon/RN averiguaram várias unidades de apartamentos com a autorização dos hóspedes.

    Após não ser encontrado nenhum produto vencido, de responsabilidade do hotel, do total de mais de 400 produtos vistoriados no interior dos apartamentos, foi exigida a visitação do estoque de produtos alimentícios do bar e restaurante, que inclusive compõem os itens do café da manhã. E para surpresa do órgão de proteção ao consumidor foram encontrados aproximadamente 30 quilos de produtos vencidos congelados, e 16 kg de panetone impróprios para consumo, por estarem com as embalagens furadas, supostamente deteriorada por animais roedores.

    PM registra triplo homicídio em Ielmo Marinho, RN; irmãos de 15 e 17 anos estão entre as vítimas

    Três pessoas foram mortas na madrugada desta sexta-feira (21) no distrito de Umari, zona rural do município de Ielmo Marinho, na Grande Natal. Entre as vítimas estão dois irmãos, um de 15 e outro de 17 anos. A outra vítima tem 21 anos. Segundo a Polícia Militar, ainda não há pistas dos assassinos nem da motivação do crime.

    Segundo a assessoria de comunicação da PM, os irmãos foram identificadas como Bernardo e Breno Torres, de 15 e 17 anos, respectivamente, e ainda Breno Gustavo dos Santos, de 21. “O corpo do adolescente mais novo estava dentro de casa, na sala. Já o irmão dele, foi estava caído do lado de fora da residência. E a terceira vítima, o rapaz de 21 anos, acreditamos que tenha tentado fugir correndo, porque o corpo dele estava a uns 500 metros da casa”, relatou tenente-coronel Júlio César Vilela.

    Ainda segundo o oficial, os disparos foram ouvidos por volta das 2h50, mas ninguém viu quantos eram os criminosos. “Também não temos informações de como fugiram”, acrescentou. 

    Portal G1RN

    Governo aumenta imposto sobre os combustíveis; medida começa a vigorar nesta sexta

    O governo federal anunciou nesta quinta-feira (20) o aumento da tributação sobre os combustíveis e um bloqueio adicional de R$ 5,9 bilhões em gastos no orçamento.

    Em nota, os ministérios da Fazenda e do Planejamento informaram que será elevada a alíquota de PIS e Cofins sobre os combustíveis. O aumento começa a vigorar já nesta sexta-feira (21).

    Segundo o governo, a tributação sobre a gasolina subirá R$ 0,41, por litro. Com isso, a incidência mais que dobrou e deve passar a custar aos motoristas R$ 0,89 para cada litro de gasolina, se levada em consideração também a cobrança da Cide, que é de R$ 0,10 por litro.

    A tributação sobre o diesel subirá em R$ 0,21 e ficará em R$ 0,46 por litro. Já para o etanol, subirá R$ 0,20.

    Fiscalização: SET, Polícias Militar e Civil realizaram operação na divisa com a PB

    A Secretaria de Estado da Tributação (SET), as Polícias Militar e Civil realizaram ontem (19) uma operação conjunta de fiscalização de veículos de cargas e passeio na rodovia BR101, próximo à divisa entre o Rio Grande do Norte e a Paraíba. A operação ocorreu no Posto Fiscal de Caraú, em Canguaretama.

    Por parte do Fisco Estadual, nesta operação, foram lavrados 18 Termos de Apreensão de Mercadorias (TAM) e exigida a regularização de pagamento do ICMS por Antecipação Tributária, conforme o caso, o que resultou num montante de R$ 90.000,00.

    Ao todo foram abordados 916 veículos de carga e 1.318 veículos de passeio.

    Quarenta auditores fiscais, vinte policiais civis e quinze militares participaram da intervenção. A maior parte das irregularidades encontradas estava enquadrada no imposto devido à alíquota de 18%, referente ao valor da mercadoria, e 30% de multa.