• Últimas Notícias

    quarta-feira, 31 de maio de 2017

    Ministro Fachin autoriza Polícia Federal a interrogar Temer

    O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta terça-feira (30) o desmembramento de inquérito e, a partir de agora, o presidente Michel Temer e o seu ex-assessor Rodrigo Rocha Loures passarão a ser investigados de modo separado ao do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG).

    Apesar do desmembramento, Fachin rejeitou redistribuir a investigação contra Temer para outro relator e também decidiu que a Polícia Federal já pode colher o depoimento do peemedebista, podendo, desde já, encaminhar as perguntas, que deverão ser respondidas por escrito em um prazo de 24 horas após o recebimento dos questionamentos.

    Agência Estado

    Auditoria não encontra atos ilícitos de Lula na Petrobras

    A coluna Radar On-Line da Veja.com divulgou que a KPMG Auditores Independentes esclarece e informa, por meio de nota, ao juiz Sergio Moro, que não encontrou indícios de corrupção do ex-presidente Lula na Petrobras. As contas estatais auditadas pela empresacorrespondem ao período entre 31.12.2006 e 31.12.2011.

    “Em resposta ao ofício supra, a KPMG Auditores Independentes vem, respeitosamente, à presença de V.Exa, esclarecer que, durante a realização de auditoria das demonstrações contábeis da Petrobras, que abrangeu os exercícios sociais encerrados no período de 31.12.2006 e 31.12.2011, efetivada por meio de procedimentos e testes previstos nas normas profissionais de auditoria, não foram identificados pela equipe de auditoria atos envolvendo a participação do ex-presidente da república, Sr. Luiz Inácio Lula da Silva, na gestão da Petrobras que pudessem ser qualificados como representativos de corrupção ou configurar ato ilícito”, disse a KPMG.

    Além da KPMG, outra auditora analisou o período entre 2012 e 2016. A PricewaterhouseCoopers também afirma não ter encontrado atos de corrupção de Lula.

    Após perder amistosos da seleção, Globo demite diretor de esporte

    Em comunicado interno aos funcionários, a Rede Globo anunciou a saída de Renato Ribeiro do cargo de diretor da Central Globo de Esportes. A função será ocupada interinamente por Roberto Marinho Neto, diretor-geral de esportes do Grupo Globo até que "nova estrutura seja definida".

    A decisão acontece no mesmo dia em que reportagem revelou que a emissora não transmitirá os amistosos da seleção brasileira contra Argentina e Austrália, em 9 e 13 de junho, respectivamente. A CBF comprou horários na TV Brasil para exibir os jogos.

    Até o ano passado, a Globo transmitia com exclusividade todos os jogos da seleção. Não houve renovação de contrato.

    Fecam-RN empossa coordenadores de polos regionais

    A Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (Fecam-RN) empossou nesta terça-feira (30) os novos coordenadores de polos regionais da entidade.

    A ideia é que cada parlamento possa discutir os problemas comuns as suas cidades e definam soluções conjuntas. A solenidade de posse foi comandada pelo presidente da Fecam-RN, vereador Raniere Barbosa (PDT).

    “A ideia é descentralizar a participação da Fecam-RN, permitindo que a população esteja mais próxima da entidade e, principalmente, que a instituição possa colaborar de maneira efetiva na busca por melhorias para a sociedade e para a atuação dos vereadores nas suas respectivas casas legislativas”, disse Raniere Barbosa.

    A solenidade empossou titulares para quatorze núcleos espalhados pelo Rio Grande do Norte.

    *Confira a lista de coordenadores e sub-coordenadores regionais da Fecam-RN, empossados nesta terça-feira.

    Anac reajusta tarifas cobradas no aeroporto internacional de Natal

    A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) reajustou, nesta terça-feira (30), os tetos das tarifas cobradas no Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte. 

    A decisão tem como base a resolução nº 78, de 29 de maio de 2017, conforme fórmulas estabelecidas no contrato de concessão. As novas tarifas entram em vigor somente 30 dias após a publicação da medida.

    Os tetos das tarifas de embarque de passageiros, de pouso e permanência de aeronaves e de armazenagem e capatazia de cargas foram reajustados em -1,1259%. A alteração foi aplicada sobre os tetos estabelecidos pela Decisão nº 192, de 22 de dezembro de 2016, considerando a inflação acumulada entre abril de 2016 e abril de 2017, medida pela variação do IPCA - Índice de Preços ao Consumidor Amplo do IBGE observada no período -, além de fatores associados a produtividade, qualidade e compartilhamento de parte das receitas comerciais do aeroporto.

    Com a alteração dos valores, a tarifa máxima de embarque doméstico paga pelos passageiros passará de R$ 21,99 para R$ 21,74. A tarifa máxima de embarque internacional, por sua vez, passará de R$ 101,62 para R$ 101,19, valores esses que incluem o Adicional do FNAC de US$ 18,00, criado pela Lei nº 9.825/99 e que atualmente corresponde a R$ 62,70, conforme estabelecido pela Portaria ANAC n° 23/SRA/2017. 

    Tarifas

    As tarifas aeroportuárias são valores pagos à concessionária pelas companhias aéreas, pelo operador da aeronave ou pelo passageiro. Esses valores correspondem aos procedimentos de embarque, conexão, pouso, permanência, armazenagem e capatazia dentro dos aeroportos.

    A tarifa de embarque é a única paga pelo passageiro e tem a finalidade de remunerar a prestação dos serviços, instalações e facilidades disponibilizadas pela concessionária aos passageiros.

    Os reajustes estão previstos nos contratos como mecanismo de atualização monetária e tem como objetivo preservar o equilíbrio econômico-financeiro estabelecido nos contratos de concessão.

    Fonte: Portal Brasil, com informações da Anac

    Ricardo Motta tentou comprar o silêncio de delator por R$ 50 mil, afirma procurador

    Resultado de imagem para ricardo mottaA notícia foi publicada na tarde desta terça-feira (30) pelo portal G1 - RN, e revela que o deputado Ricardo Motta (PSB) é acusado de tentar comprar o silêncio do delator Gutson Johnson Bezerra, chefe do esquema de corrupção no Idema-RN, desbaratado pela operação Candeeiro.

    Leia:

    Procuradoria-Geral de Justiça do Rio Grande do Norte disse que o deputado estadual Ricardo Motta (PSB) tentou comprar o silêncio de Gutson Bezerra, apontado pelo Ministério Público como o principal responsável pelo esquema que desviou R$ 19 milhões do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) entre janeiro de 2013 e dezembro de 2014.


    De acordo com documento encaminhado pelo Ministério Público ao desembargador Glauber Rêgo e obtido pelo jornal Tribuna do Norte, Gutson Bezerra, que fez um acordo de delação premiada, contou que, enquanto estava preso, recebeu a visita de Jorge “Fuleiro”, que teria oferecido a ele R$ 50 mil para omitir o envolvimento de Ricardo Motta na fraude.


    À Inter TV Cabugi, o advogado de defesa do deputado, Thiago Cortez, disse que vai se posicionar sobre o assunto nos autos do processo, mas que a acusação de Gutson Bezerra é uma “mentira absurda” e que Ricardo Motta nunca teve contato com o delator.


    Em depoimento prestado no ano passado, Gutson Bezerra acusou o deputado de ficar com 60% dos desvios do Idema, ou seja, R$ 11,4 milhões. Vinte por cento teriam ficado com o próprio delator e os outros 20% teriam sido rateados entre outros dois ou três réus do processo. O deputado negou a acusação.


    Ricardo Motta também é suspeito de chefiar um esquema criminoso, investigado na Operação Dama de Espadas, que desviou recursos públicos da Assembleia Legislativa do RN através de “servidores fantasmas”. De acordo com o Ministério Público, o rombo nos cofres da AL pode passar de R$ 5,5 milhões. Sobre essa denúncia, a defesa disse que “só vai se pronunciar após ter acesso não só à denúncia mas também às provas”.


    Ainda segundo a Procuradoria, o deputado teve acesso a informações sigilosas relativas a medidas cautelares solicitadas pelo Ministério Público ao Tribunal de Justiça do RN e que poderiam ser usadas interferir da investigação. O MP pediu o afastamento de Ricardo Motta do cargo de deputado estadual.

    Projeto do ITEP leva emissão de identidades a toda região Seridó

    O Instituto Técnico Científico de Perícia (ITEP) do Seridó está realizando o projeto Identificando Cidadania, cujo objetivo é facilitar a emissão de identidades para a população de todas as cidades da região. No Seridó, o ITEP tem dois pontos para emissão de carteiras de identidade, que ficam localizados nas cidades de Caicó e Currais Novos. 

    “Às vezes as pessoas tem dificuldades para se deslocar para esses municípios e é por isso que ações como essas são necessárias”, explica Janilson César, diretor da unidade regional do Seridó. Segundo Janilson César, o projeto visa beneficiar, prioritariamente, grupos de pessoas com necessidade de atendimento (idosos, crianças, deficientes, entre outros). 

    A primeira ação do Identificando Cidadania foi realizado no município de Jucurutu e outras já estão agendadas. No próximo sábado (3) é a vez do município de Serra Negra do Norte ser atendido pelo projeto, já no sábado (10) da próxima semana, a população de Jucurutu será beneficiada. Ainda de acordo com o diretor da unidade regional, o projeto será realizado em todas as cidades do Seridó. 

    Polícia Civil prende caminhoneiro por uso de documento falso

    Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) prenderam, nesta terça-feira (30), Francisco Canindé de Araújo, 46 anos, pelo mesmo portar um documento falsificado. Francisco, que é caminhoneiro, é investigado por dois desvios de cargas que ele transportava, e que afirma terem sido roubadas nas estradas. 

    O primeiro caso ocorreu em junho de 2016 no município de Pombal, localizado na Paraíba, quando o homem levava uma carga de leite que não foi entregue. Ele também teria subtraído uma carga de biscoito transportada por ele, meses antes no município de Santa Maria, interior do Rio Grande do Norte. 

    Francisco apresentou à polícia um boletim de ocorrência falsificado do caso ocorrido em Santa Maria, e após policiais civis verificarem que o mesmo era falsificado, ele foi preso e autuado pelo crime de uso de documento falso, sendo encaminhando ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. (Assecom/Polícia Civil)

    Polícia Civil de Tangará prende suspeito de cometer vários estupros contra jovem

    Policiais civis de Tangará prenderam, nesta terça-feira (30), João Antônio dos Santos Neto, 31 anos, suspeito de cometer vários estupros contra uma jovem de 12 anos. 

    Através de investigações, o homem foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva e autuado por estupro de vulnerável, sendo encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. 

    Fonte original: policiacivil.rn.gov.br/

    Detido na Cracolândia, irmão de Suzane Richthofen é internado em ala psiquiátrica

    Reprodução de foto da família Richthofen. Da esquerda para a direita: Suzane von Richthofen, o irmão Andreas Albert von Richthofen e os pais Marísia von Richthofene e Manfred Albert von Richthofen (Foto: Sérgio Castro/Estadão Conteúdo/Arquivo)
    Andreas von Richthofen, de 29 anos, irmão de Suzane von Richthofen, foi internado nesta terça-feira (30) no Hospital Municipal do Campo Limpo, na Zona Sul de São Paulo. Segundo o boletim médico, ele foi levado ao hospital por policiais militares após invadir uma casa. Andreas estava dormindo no quintal da residência e apresentava diversos ferimentos pelo corpo.

    Suzane cumpre pena na prisão em Tremembé por mandar matar os pais em 2002.

    Andreas deu entrada no Hospital Municipal do Campo Limpo, na Zona Sul da capital paulista, por volta das 8h30. Com roupas rasgadas, “higiene precária” e “olhos vidrados”, como definiu o boletim médico, ele chegou escoltado por uma equipe da PM.

    No pronto-socorro, passou por um médico a quem disse estar “paranoico”. As escoriações, espalhadas principalmente pelas pernas, teriam sido causadas pelas pontas de lança da grade do imóvel invadido, conforme relatou ao clínico geral.

    Funcionários do hospital também ouviram de Andreas que a ideia de invadir a casa não foi dele, e sim uma “ordem do imperador”. O rapaz contou à equipe médica que faz uso esporádico de álcool e maconha, mas afirmou que não consumiu nenhuma das substâncias recentemente.

    Andreas foi avaliado novamente na parte da tarde, desta vez por um psiquiatra, e acabou internado na ala de saúde mental da unidade. Oscilando entre momentos de lucidez e devaneio, em que diz temer que alguém o mate, ele agora divide um quarto com outros dois pacientes.

    A ala em questão é guardada por um segurança e só pode ser acessada por quem tem a chave. Pacientes lá internados têm a liberdade de deixar as macas e caminhar quase que livremente pela seção, que mais parece pertencer a um hospital ou casa de repouso particular, tamanha organização.

    Enrolado em um cobertor cinza, André, como foi involuntariamente rebatizado no hospital, vaga pelos corredores e até já troca breves palavras com outros internos. A maca dele fica no chão, mas por questão de segurança, de acordo com funcionários.

    Até a tarde desta terça, nenhum familiar de Andreas havia aparecido no hospital para visita-lo ou procurar notícias. O único elo com a família no local, por enquanto, é o brasão de ouro que foi recolhido em seu bolso e que traz o sobrenome que diversas vezes estampou capas de jornais do país. O objeto está guardado na administração.

    Com informações do portal G1