• Últimas Notícias

    terça-feira, 23 de maio de 2017

    Medalhas da Olimpíada do Rio são devolvidas após oxidação, revela jornal francês

    Resultado de imagem para medalhas da Rio-2016 são devolvidas após oxidação, revela jornal
    O jornal francês “Le Figaro” revelou hoje que “9 meses depois da Olimpíada, 130 atletas viram suas medalhas oxidarem e, literalmente, cair aos pedaços”. Esse número equivale a 7% dos objetos entregues aos medalhistas, de um total de 5.130 premiações. 

    DEFEITUOSAS
    De acordo com o “Le Figaro”, “os atletas têm devolvido pouco a pouco à Casa da Moeda as medalhas defeituosas para que sejam restauradas”. As mais afetadas por esse desgaste foram as medalhas de prata, que tinham 92% de pureza. Os medalhistas precisam esperar entre 3 e 4 semanas para que a Casa da Moeda possa corrigir os problemas. 

    A DESCULPA É A TEMPERATURA
    O Comitê Organizador dos Jogos disse que o problema é causado pelas mudanças na temperatura entre um país quente e um frio. As 5.130 medalhas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio foram desenvolvidas em parceria com o Comitê Organizador Rio 2016.