• Últimas Notícias

    segunda-feira, 15 de maio de 2017

    MPF apela contra absolvição de mulher que ameaçou e desacatou perita do INSS

    O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) recorreu da decisão de primeira instância que inocentou Hawilla Paiva La Porta. Ela foi denunciada pelo MPF por ameaça e desacato, após empurrar objetos contra uma médica perita do INSS e, posteriormente, fazer ameaças e até mesmo jogar água na profissional.

    O episódio ocorreu em 2 de dezembro de 2013. Durante a análise pericial, segundo a médica, Hawilla La Porta “ficou agressiva, levantou-se da mesa e empurrou todos objetos” na direção da perita. Pouco depois, no mesmo dia, em uma lanchonete próxima ao INSS, a ré disse para a vendedora do local colocar veneno no lanche da vítima, além de ter arremessado água na médica e chamado diversos palavrões. Segundo a perita, foram usadas frases como “coloque bem muito veneno pra essa ai” e “eu quero matar você, porque eu não gosto de você”.

    A sentença de primeira instância foi proferida na audiência de instrução e julgamento no último dia 7 de março, quando o juiz considerou improcedente a denúncia do MPF, absolvendo a ré. Sobre a ameaça feita por Hawilla Paiva, ele entendeu que “o estado de irritação já é o bastante para descaracterizá-lo”, acrescentando, ainda, que “se os crimes foram cometidos em concurso formal, o estado de irritação que descaracteriza o crime de ameaça, igualmente, desconstrói o de desacato”.

    No entanto, o procurador da República Fernando Rocha, que assina a apelação do MPF, cita que “nem mesmo a embriaguez completa, quando não proveniente de caso fortuito ou força maior, é capaz de excluir a imputabilidade penal (…) o que dirá de uma mera condição de exaltação (…), em que o agente mantém completo controle de suas faculdades mentais”.

    RN tem Final de semana sangrento com registro de 22 homicídios, e número de assassinatos chega a 910 só em 2017

    Durante o último final de semana, houve um registro de 22 homicídios no estado do Rio Grande do Norte. Segundo informações do Observatório da Violência Letal Intencional do RN (OBVIO), somados aos demais registros, o número total de assassinatos no ano de 2017 cresceu para 910.

    Em comparação com os dados do mesmo período no ano anterior, os números mostram uma diferença superior de 207 homicídios. Ainda de acordo com o OBVIO, o número tem crescido anualmente em comparação com outros anos. Em 2015, o registro foi de 603 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) e no ano de 2016, 702.

    O número de femicídios também alavancou. Segundo o observatório, foram registrados 48 casos apenas no estado no ano ano de 2017. Em 2016, haviam sido registrados 35 no mesmo período. Cerca de 10 feminicídios foram registrados até o momento.

    Os municípios de Caicó, Ceará-Mirim, Macaíba, Mossoró, São José do Campestre, São Paulo do Potengi e Natal registraram 2 homicídios cada. Já os municípios de Monte Alegre, Nísia Floresta, Parazinho, Parnamirim, Pedro Velho, São Francisco do Oeste, Ipanguaçu e Taipu registraram 1 assassinato cada. (Portal Agora RN)

    Carro colide com carroça e mata duas pessoas na RN de Japi

    Uma colisão envolvendo uma carroça de burro e um veículo Gol de cor prata, acabou resultando na morte de duas pessoas e provocando ferimentos em 5 ocupantes do carro e 4 do veículo de tração animal.

    A tragédia ocorreu no início da noite deste domingo (14), Dia das Mães, no trecho da RN-092 conhecido como ''Lixão de Corina'', distante há 2km da zona urbana de Japi.

    O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado para socorrer as vítimas, onde faleceu uma aposentada de aproximadamente 70 anos e o namorado de sua neta, um jovem de 18 que também não resistiu aos ferimentos e foi a óbito (fotos acima). O carro e a carroça transportavam duas famílias, e apesar da gravidade do acidente as outras vítimas passam bem.

    De acordo com a Polícia Militar, a ausência de sinalização na carroça pode ter contribuído para a fatalidade, além da escuridão na rodovia.

    Com informações e fotos Blog do Joabson


    Garoto de 11 anos baleado pelo pai quando tentava proteger mãe de agressão

    Garoto foi socorrido após incidente ocorrido no bairro Santo Antônio, em Mossoró
    Uma desavença ocorrida em Mossoró no fim da tarde deste domingo, 14, deixou um garoto de apenas 11 anos baleado. O caso ocorreu no bairro Santo Antônio.

    De acordo com a Polícia Militar o pai do garoto é o suspeito do crime. Separado da mãe do menino, o homem teria atirado na ex-mulher depois de uma discussão, e acabou acertando o filho que tentava defender a mãe.

    O mesmo foi socorrido por familiares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do bairro Santo Antônio e após receber os primeiros socorros, foi transferida por uma ambulância ALFA com suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM).

    De acordo com os socorristas o garoto foi entregue aos médicos de plantão consciente e orientado e aparentemente não corre risco de morte.

    A Polícia Militar foi ao local do crime, realizou diligências, mas não conseguiu localizar o suspeito que fugiu após a prática da ação criminosa.

    Foto: Passando na Hora
    Com informações do Site O Mossoroense

    Homem mata a companheira e depois se mata; em São Francisco do Oeste, no RN

    A cidade de São Francisco do Oeste, a 18 km de Pau dos Ferros, foi palco, nesta noite, 14 de maio (Dia das Mães) de um crime brutal que chocou a população. Um homem matou a esposa de depois colocou fim à própria vida por enforcamento. Duas vidas foram brutalmente ceifadas, já que a mulher, possivelmente, estivesse grávida.

    Em conversa com o Sargento Lima Araújo, comandante de guarnição para esta noite, o blog Jair Sampaio recebeu dados com o nome da vítima, identificada como Maria de Lourdes Valentina de Oliveira, 23 anos, também carinhosamente chamada de Dudu. Já o assassino, foi identificado como Marcelo Pereira. Ele também morreu.

    Para a polícia, ainda é cedo para tirar conclusões do fato, contudo, segundo o Sargento Lima Araújo, há informações de populares para a polícia de que a vítima foi morta simplesmente por ciúmes do marido. Maria de Lourdes foi atacada pelo companheiro dentro do banheiro de um bar naquela cidade, ela correu e caiu já sem vida na calçada.

    O crime foi registrado por volta das 23:00 horas, e às 23:30, quando fizemos contato com a PM local, fomos informados que o ITEP de Pau dos Ferros já havia sido comunicado do fato e que a Polícia Civil da cidade também fora avisada e um delegado estava em deslocamento para o local de crime, enquanto a Polícia Militar isola a área.

    Agra, a polícia quer descobrir se o casal estava separado, e o que realmente teria motiva o crime. Marcelo tirou a própria vida minutos depois de matar Maria de Lourdes, numa casa próxima do bar, onde matou a mulher.

    Com informações do Blog Jair Sampaio