• Últimas Notícias

    domingo, 14 de maio de 2017

    Astrofísico diz que Terra é zoológico dos ETs: 'Burros demais para eles'

    Nosso planeta pode ser um Big Brother intergaláctico mantido por alienígenas. Parece ideia de maluco, mas pense bem: até que os ETs apareçam por aqui, não dá para provar o contrário.

    E não é teoria de bar – quem disse isso foi o astrofísico Neil DeGrasse Tyson, na conferência Starmus, na Espanha. Para ele, só há três certezas: a vida alienígena existe, é muito mais inteligente do que a nossa e não está nem aí para o nosso planetinha azul.

    Em sua palestra, Tyson afirma não acreditar que a humanidade conseguirá entrar em contato com uma civilização alienígena – pelo menos, não como os filmes e livros de ficção científica profetizam.

    De acordo com o cientista, qualquer vida extraterrestre desenvolvida deve ser muito mais inteligente que os seres humanos, e, por isso, fazer contato seria uma perda de tempo para eles – nos destruir, então, deve dar até preguiça.

    Para explicar, o astrofísico comparou: “Os alienígenas inteligentes devem nos ver do mesmo jeito que você vê uma lagarta”. É, ninguém quer parar o que está fazendo para bater um papo com uma lagarta sobre a tecnologia dela. O físico continua: “Mesmo que você quisesse matar todas as lagartas do mundo, você rapidamente ficaria entendiado e iria fazer outra coisa”.

    A mesma coisa seria verdade para os ETs, afirma Tyson: nos aniquilar seria, no máximo, chato para eles.

    Internacional: Coreia do Norte lança míssil e assusta vizinhos do Sul

    Kim Jong-un durante exercício militar na Coreia do Norte
    A Coreia do Norte lançou na manhã deste domingo (horário local) um míssil balístico que caiu no mar entre a sua costa nordeste e o Japão. A informação foi confirmada pelos governos da Coreia do Sul e do Japão.

    O míssil foi lançado de uma região chamada Kusong, ao norte da capital Pyongyang, e voou cerca de 700 quilômetros – e por aproximadamente meia hora – antes de cair no mar. Foi o primeiro teste em duas semanas. Nos últimos dois meses, a Coreia do Norte já havia feito testes e disparado ao menos outros quatro mísseis balísticos. São mísseis que, se bem sucedidos, são capazes de voar distâncias superiores a 5 000 quilômetros – ou seja, de cruzar diferentes continentes.

    O novo presidente sul-coreano, Moon Jae-in, convocou uma reunião de emergência do Conselho Nacional de Segurança para discutir a nova agressão dos vizinhos do norte. Ele tomou posse na quarta-feira passada e havia prometido insistir no diálogo para tentar encerrar o clima de animosidade com a Coréia do Norte, do ditador Kim Jong-un.

    Com informações da VEJA



    Ônibus que transportava cantor sertanejo vira e deixa um morto e sete feridos

    Um ônibus que transportava a banda do cantor Robson Souza tombou e caiu dentro do Arroio Grande, em Candelária, no Vale do Rio Pardo, por volta das 6h deste domingo (14). Uma pessoa morreu e outras sete ficaram feridas, conforme informações do Grupamento Rodoviário da Brigada Militar.

    Uma das vítimas foi levada para o Hospital de Santa Maria em estado grave, enquanto os outros seis sobreviventes foram encaminhados ao Hospital de Candelária. A esposa de um dos feridos conta que falou rapidamente com o marido instantes depois do acidente.

    “O Fernando conseguiu me ligar através de um telefone de um caminhoneiro que passava na faixa, viu o acidente e emprestou o telefone pra ele. Ele só me relatou que eles tinham sofrido o acidente, que estavam bem, que ele estava com falta de ar e caiu a ligação. Não consegui mais falar com ele”, lamenta Franciane Moura.

    Quem morreu foi o baixista da banda, Joran Teixeira da Cruz, de 20 anos. Ele foi localizado pelos bombeiros voluntários de Candelária a 150 metros do ônibus, dentro do arroio.

    Ainda não foram identificados todos os feridos ou determinadas as causas do acidente. Conforme a polícia, o ônibus que transportava a banda trafegava pela ERS-400, quando bateu nas laterais de uma ponte e tombou, na altura do km 11. O motorista relatou às autoridades que o veículo ficou sem freio na descida da rodovia e ele perdeu o controle. Não chovia forte naquele momento.

    Robson Souza é cantor de música sertaneja conhecido em Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul. A banda voltava para a cidade após show na cidade de Sobradinho, no Vale do Rio Pardo.

    A Polícia Civil coletou informações no local e o ônibus deve passar por perícia para descobrir o que causou o acidente. (Por G1 RS).

    Violência: Casal é executado com tiros na cabeça em São josé do Campestre

    A Polícia Militar de São José do Campestre registrou por volta das 02:50 desta madrugada de domingo (14) um duplo homicídio com características de execução no bairro da Paraíba. 

    Segundo informações policiais, homens armados invadiram a residência do casal e executaram com tiros na cabeça as vítimas identificadas pelo nome de Adailton Rodrigues da Silva, 22 anos, vulgo Nêgo Biu. A segunda Vítima identificada como Gislene Camilo dos Anjos, 18 anos.

    O Itep foi acionado e compareceu ao local do crime para os procedimentos de praxe e remoção dos corpos. 

    Esse duplo homicídio será investigado pela Políca Civil de Campestre.


    MPRN desenvolve projeto para combater feminicídios no estado

    O Ministério Público do RN, através do Núcleo de Apoio à Violência Doméstica e Familiar (Namvid), desenvolveu um novo projeto com o qual busca auxiliar as vítimas de violência doméstica e familiar, logo após os primeiros registros perante as autoridades, fornecendo informações acerca dos seus direitos, promovendo discussão sobre a Lei Maria da Penha, e as Medidas Protetivas de Urgência.

    O projeto “Guardiã Maria da Penha”, tem o objetivo principal de fortalecer a proteção à mulher vítima de violência doméstica e familiar, especialmente as que já têm medidas protetivas deferidas, com a finalidade de evitar a reiteração da violência e, principalmente, o feminicídio, que é o assassinato de uma mulher pela condição de ser mulher.

    O projeto é, portanto, uma atuação do MPRN para ir de encontro a essas estatísticas, pois fazendo um recorte para o estado, de acordo com o levantamento feito pelo Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO), foram registrados, em 2014, 31 casos de feminicídio no estado, e em 2015, foram 29 casos. Ao passo que em 2016 essas ocorrências aumentaram para 37 feminicídios. 


    Ônibus do Vasco sofre acidente e três jogadores ficam feridos

    Resultado de imagem para Ônibus do Vasco sofre acidente e três jogadores ficam feridos
    Um acidente com o ônibus que transportava a equipe sub-17 do Vasco deixou três jogadores feridos na tarde deste sábado (13). O veículo virou perto da cidade de Cachoeira de Macacu, na Região Serrana do Rio de Janeiro, quando voltava de Friburgo a caminho da capital fluminense. 

    De acordo com o UOL, os feridos foram levados para um hospital da região e o estado de saúde deles não é grave, segundo informou o Vasco. Eurico Miranda, presidente do clube, enviou ao local uma equipe de médicos vascaínos para prestar assistência. 

    (Noticias ao Minuto)

    Jogadores do ABC usam faixa preta no braço em protesto contra reformas trabalhistas e da previdência

    Jogadores do ABC usam faixa preta no braço em protesto contra reformas trabalhistas e da previdência
    No estádio Frasqueirão em Ponta Negra, o ABC Futebol Clube está estreando na Série B contra o Paraná Clube. O clube está usando seu uniforme tradicional com uma faixa preta no braço simbolizando “luto” pela morte dos direitos trabalhistas e previdenciários da população, segundo informações do jornalista Augusto César Gomes,do GloboEsporte.com a informação foi confirmada pela assessoria do clube.

    Complemento da notícia do G1:

    Na partida deste sábado, os jogadores do ABC usaram uma faixa preta no braço em protesto às reformas previdenciária e trabalhista, que tramitam no Congresso Nacional. A assessoria do clube confirmou. O movimento é organizado pela Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf). Jogadores de Flamengo e Atlético-MG, na abertura da Série A, também participaram do protesto.

    Em nota, a Fenapaf destaca que o protesto é contra contra as modificações no texto da Lei Pelé, que podem trazer prejuízo a quase 30 mil profissionais no país. “Modificação na estrutura do direito de arena, parcelamento de férias, repouso semanal remunerado em 02 períodos de 12 horas, fim do recesso coletivo do calendário e insegurança contratual estão nas propostas de mudança que tramitam no Congresso Nacional e causam revolta na categoria”, diz a publicação.

    (O Natalense)