• Últimas Notícias

    sábado, 1 de abril de 2017

    Delator: Odebrecht depositou propina para Aécio em NY

    O senador Aécio Neves é o terceiro grão-tucano a cair na teia de delações da Odebrecht — e em relação aos seus antecessores, José Serra e Geraldo Alckmin, é seguro dizer que sua situação é um pouco pior. E pode se complicar ainda mais. VEJA teve acesso com exclusividade ao conteúdo da delação do ex-­pre­sidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Junior, um dos 78 executivos da empreiteira a firmar acordo de delação com a Justiça. Em seu depoimento, BJ, como é conhecido, afirmou que a construtora baiana fez depósitos para Aécio em conta sediada em Nova York operada por sua irmã e braço-direito, a jornalista Andrea Neves.

    De acordo com BJ, os valores foram pagos como “contrapartida” — essa é a expressão usada na delação — ao atendimento de interesses da construtora em empreendimentos como a obra da Cidade Administrativa do governo mineiro, realizada entre 2007 e 2010, e a construção da usina hidrelétrica de Santo Antônio, no Estado de Rondônia, de cujo consórcio participa a Cemig, a estatal mineira de energia elétrica.

    VEJA 


    Astronomia: Cometa vai passar "perto" da Terra e iluminará céu de verde

    Neste sábado, dia 1º de abril, o céu de boa parte do planeta ficará esverdeado devido a um cometa que passará o mais próximo da Terra na sua história. O cometa 41P/Tuttle-Giacobini-Kresak, que começará a ser visível na madrugada deste sábado, no entanto, apenas para o Hemisfério Norte, passará a uma distância de 21 milhões de quilômetros do nosso planeta, cerca de 53 vezes a distância entre a Terra e a Lua, que é de 384 mil km.

    Ele estará visível apenas no Hemisfério Norte por volta de 19h30 e 20h no horário de Brasília.

    Preços de remédios sobem até 4,76%

    Foi publicado ontem no Diário Oficial da União o aumento de até 4,76% no valor dos medicamentos. O reajuste é o menor registrado nos últimos dez anos e foi definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED). 

    A regulamentação abrange mais de 19 mil tipos de remédios disponíveis no mercado varejista brasileiro. Em Barra Mansa, as farmácias devem começar a repassar os novos preços ao consumidor ainda este mês.

    O ajuste será divido em três grupos. O primeiro diz respeito aos medicamentos de maior concorrência, ou seja, aqueles que possuem mais laboratório produzindo diversas marcas ou genéricos (como omeprazol). Nesses casos, o aumento máximo é de 7,76%. O segundo grupo abrange os remédios que têm concorrência moderada como antifúngicos sistêmicos e analgésicos narcóticos (como tramadol) – o reajuste máximo será de 3,06%. No terceiro grupo estão os medicamentos com baixa concorrência como corticosteroides oral puto e penicilinas injetáveis (como amoxilina) – eles terão os menores ajustes de até R$ 1,36%.

    Governo do RN anuncia concurso com 142 vagas para a Polícia Civi

    O governo do RN anunciou, nesta sexta-feira (31), concurso público para o preenchimento de 142 vagas para a Polícia Civil. A previsão é de que nos próximos dois meses seja lançado edital referente a realização do concurso para agentes, escrivães e delegados.

    A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, de acordo com o governo, tem uma previsão legal para o preenchimento de 5.150 cargos, porém 1.534 cargos estão ocupados. Por G1

    Para evitar pressão de parlamentares, inclusive do PMDB, presidente antecipa regulamentação terceirização

    temer O presidente Michel Temer sancionou na noite desta sexta-feira (31) o projeto de lei que regulamenta a terceirização no país. A iniciativa foi publicada em edição extra do “Diário Oficial da União” e inclui vetos parciais a três pontos da proposta. Um deles é a possibilidade de prorrogação do prazo de até 270 dias de contrato temporário de trabalho. Os outros dois parágrafos foram vetados porque repetem direitos já previstos na Constituição Federal.

    A ideia inicial era de que o presidente sancionasse a iniciativa aprovada pela Câmara próximo ao prazo de 12 abril, em um evento no Palácio do Planalto com a presença de parlamentares e empresários. Ele, contudo, foi recomendado a antecipá-la para evitar novas pressões e eventuais retaliações de um grupo de senadores peemedebistas, que pediu em carta ao presidente para vetar integralmente a proposta.

    Justiça do Trabalho interdita prédio da Sesap e dá 60 dias para desocupação

    Diante da inércia do do Rio Grande do Norte na concretização das obrigações destinadas a garantir proteção à vida e à saúde de trabalhadores do prédio da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), a Justiça do Trabalho acaba de decretar a desocupação do local, ordem que deve ser cumprida em até 60 dias, sob pena de multa de R$ 1 milhão e, caso não haja a desocupação voluntária, haverá a interdição do prédio.

    Assinada pelo juiz da 2ª Vara do Trabalho de Natal, Luciano Athayde Chaves, a determinação resulta de execução de sentença, movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT/RN). A penalidade de interdição estava prevista na referida sentença, obtida em ação civil pública ajuizada pelo MPT/RN, assim como a aplicação de multa diária de R$ 10 mil, que também foi deferida pelo juiz, cujo valor deve ser atualizado pela Contadoria.


    Contas de energia elétrica terão bandeira tarifária vermelha nesse mês de Abril, avisa Aneel

    Resultado de imagem para bandeira tarifaria vermelhaComeçou abril, e os consumidores de energia elétrica vão pagar R$ 3 a mais para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. É que no próximo mês vai vigorar a bandeira tarifária vermelha patamar 1, que é usada quando é preciso acionar usinas termelétricas mais caras, por causa da falta de chuvas.

    É a primeira vez neste ano que a bandeira vermelha é ativada. Em março, a bandeira tarifária em vigor foi a amarela, com adicional de R$ 2 para cada 100 kWh e, anteriormente, a bandeira era a verde, sem custo extra para o consumidor.

    Congresso do Paraguai é incendiado após Senado aprovar reeleição

    Resultado de imagem para Congresso do Paraguai é incendiado após Senado aprovar reeleição
    Manifestantes invadiram e incendiaram o Congresso do Paraguai na noite desta sexta-feira, em Assunção, após o Senado - controlado por partidários do presidente Horacio Cartes - aprovar uma emenda que prevê a reeleição presidencial.

    Aos gritos de "Ditadura nunca mais", centenas de opositores entraram no prédio legislativo depois de destruir barreiras, portões e janelas.

    Os opositores invadiram e saquearam gabinetes de congressistas favoráveis à emenda, e atearam fogo em alguns setores do prédio, segundo imagens da TV local.

    O alarme de incêndio soou por vários minutos enquanto labaredas e fumaça saíam de algumas zonas do prédio.

    Segundo os bombeiros, os confrontos deixaram ao menos 30 feridos.