• Últimas Notícias

    domingo, 26 de março de 2017

    Em jogo polêmico, Ferj afasta árbitro e bandeirinha que erraram em pênalti no fim do clássico

    O clássico entre Flamengo e Vasco mal terminou e a Federação de Futebol do Rio de Janeiro agiu. O árbitro Luis Antonio Silva dos Santos, o Índio, e o auxiliar Daniel do Espírito Santo Parro, foram afastados por período indeterminado e não apitam mais no Carioca. O comunicado partiu do Grupo de Gerenciamento de Problemas da entidade.

    O que determinou o afastamento da dupla foi o pênalti marcado a favor do Vasco no fim da partida. Aos 47 minutos do segundo tempo, Nenê cruzou, a bola bateu na barriga do lateral Renê e Índio marcou pênalti. O lance gerou enorme revolta dos rubro-negros e determinou o empate cruz-maltino no clássico.

    Antes, o árbitro já havia roubado a cena na partida no lance da expulsão de Luis Fabiano. O atacante recebeu cartão amarelo por falta em Márcio Araújo no meio de campo. Ficou transtornado e foi para cima do árbitro, dando um encontrão e recebendo o vermelho.

    Servidor que atirou em procurador-geral e promotor passou 3 anos planejando crime

    O servidor do Ministério Público do Rio Grande do Norte Guilherme Wanderley Lopes Silva teve motivações políticas e administrativas para atacar procuradores e um promotor de justiça, nesta sexta-feira (24), deixando dois baleados. Em carta escrita antes de praticar o crime, ele destacou que: 'terrorismo se combate com fogo'. E ainda 'alguém precisava fazer algo efetivo e dar uma resposta a esse genuíno crime organizado'.


    Criança de 7 anos e seu pai são atingidos por tiro durante tentativa de assalto no RN

    Imagem
    Garotinha ferida sendo transferida da UPA do São Manoel para o HRTM (Foto Passando na Hora)
    Uma menina de sete anos foi atingida por um disparo de arma de fogo, na madrugada deste domingo (26), na cidade de Mossoró. Ela estava chegando em casa com o pai quando bandidos teriam se aproximado para assaltar. O pai da criança também foi atingido de raspão.

    A ocorrência aconteceu no bairro Planalto. Pai e filha chegavam em casa em uma motocicleta e, quando entravam, bandidos chegaram e disseram: "perdeu, perdeu". Nesse momento, as vítimas fecharam o portão rapidamente para evitar que os criminosos entrassem.

    No entanto, eles começaram a atirar. A criança de sete anos foi atingida no tórax e o pai atingido de raspão. Depois disso, os criminosos fugiram.

    A menina foi socorrida e levada para a UPA de São Manoel, mas depois transferida para o Hospital Regional Tarcísio Maia. O tiro que atingiu a criança transfixou. Ela tem quadro de saúde estável e está em observação.

    Portal G1RN