• Últimas Notícias

    quinta-feira, 16 de março de 2017

    Correios anunciam fechamento de sete agências no RN até novembro

    Os Correios anunciaram o fechamento de sete unidades em Natal e Mossoró, no Rio Grande do Norte. A medida faz parte de um plano de fusão de agências anunciado em fevereiro pelo governo federal.

    Na capital potiguar, serão extintas as agências: da avenida Sete de Setembro, no bairro Cidade Alta, em abril; da Rodoviária, no bairro Cidade da Esperança, em maio; do Fórum Varella Barca, no bairro Potengi, em julho; do Praia Shopping, no bairro Ponta Negra, em agosto; e da Filatélica, na avenida Princesa Isabel, em novembro.

    A agência da avenida Capitão-Mor Gouveia, em Natal, foi fechada em fevereiro, e os serviços foram transferidos para a agência do Fórum Seabra Fagundes, no bairro Lagoa Nova.

    Em Mossoró, a agência do Tribunal de Justiça será fechada em abril.

    Do Portal G1/RN



    Polícia Civil de Pedro Velho prende foragido da Cadeia de Nova Cruz

    WhatsApp Image 2017-03-16 at 12.08.19Uma equipe de policiais civis da Delegacia Municipal de Pedro Velho prendeu em Natal o foragido da Justiça Ricardo Tomaz de Oliveira, vulgo "Rico", 24 anos, na manhã desta quinta-feira (16). Ele que é acusado por uma tentativa de homicídio cometida em 2014, fugiu da Cadeia Pública de Nova Cruz em 2016, usando uma corda conhecida como "Teresa". 

    No momento da fuga, ele estava sem roupas. O foragido foi preso quando estava em uma parada de ônibus na capital potiguar. 

    Ex-presidiário e suspeito de divulgar áudios ameaçando uma facção rival e policiais é executado após prestar depoimento em delegacia

    Um ex-presidiário identificado como Francisco Marcos Alves, de 22 anos foi executado na noite desta quarta-feira (15), após prestar depoimento na delegacia de plantão da zona Norte no bairro Potengi. A vítima era suspeita de divulgar áudios ameaçando uma facção criminosa e policiais militares.

    O fato ocorreu às 22h, Francisco foi conduzido a delegacia e ouvido pelos policiais civis na condição de averiguado, contra ele também existia a suspeita da participação na morte do sargento Irineu ocorrida na manhã da terça. Em seguida o suspeito foi submetido ao exame radiográfico no ITEP e liberdado depois do procedimento.

    Cliente da SKY no interior do RN será indenizada após suspensão indevida do serviço

    Resultado de imagem para SKY LIVREUma cliente da SKY Brasil Serviços Ltda. será indenizada pelos danos morais sofridos em virtude do não fornecimento do serviço durante um mês, mesmo tendo quitado a fatura no prazo acordado com a empresa. O valor do dano moral foi arbitrado em R$ 3 mil, corrigidos monetariamente e acrescidos de juros legais.

    A sentença é do juiz de direito substituto na Comarca de Gov. Dix-Sept Rosado, Evaldo Dantas Segundo, que determinou ainda que a empresa, no prazo de dez dias, restabeleça o sinal da Rede Globo de televisão, sob pena de multa diária de R$ 500,00 a partir do 11º dia, até o limite de R$ 3 mil.

    Operação Quimera V: PF desarticula quadrilhas especializadas em fraudes bancárias no RN

    Policiais federais cumprem 10 mandados judiciais em Natal, Parnamirim, Nova Cruz, Tibau do Sul e Lagoa D’Anta
    Foto divulgação PF 

    A Polícia Federal no Rio Grande do Norte, em conjunto com a Polícia Federal na Paraíba, deflagrou na manhã de hoje, 16/3, a Operação Quimera V, visando desarticular organizações criminosas especializadas em fraudes bancárias que se utilizavam de documentos falsificados para obter empréstimos consignados e sacar precatórios judiciais.

    No RN, cerca de 30 policiais federais estão cumprindo 10 mandados judiciais, sendo 5 de busca e apreensão e 5 de prisão preventiva nas cidades de Natal, Parnamirim, Nova Cruz, Tibau do Sul e Lagoa D’Anta.

    Estão sendo cumpridos 06 (seis) mandados de busca e apreensão – 02 (dois) na Paraíba e 04 (quatro) no Rio Grande do Norte – além de 07 (sete) mandados de prisão, sendo 02 (dois) na Paraíba e 05 (cinco) no Rio Grande do Norte, todos expedidos pela 16ª Vara Federal da Seção Judiciária da Paraíba.

    Os investigados responderão pelos crimes de Estelionato, Associação Criminosa, Lavagem e Falsificação de dinheiro..