• Últimas Notícias

    domingo, 22 de janeiro de 2017

    TCE alerta prefeituras para golpes praticado por estelionatários

    Essa semana o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte divulgou nota alertando prefeituras e outros órgãos públicos sobre a ação de estelionatários solicitando, através de telefonemas, depósitos bancários e se identificando como funcionários do TCE, segundo esse órgão o golpe é bastante antigo e alvo de investigação.

    Leia a nota:

    O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte reforça o alerta para que prefeituras municipais e demais órgãos e gestores públicos fiquem atentos a ligações telefônicas de pessoas desconhecidas solicitando depósitos bancários por suposto pedido de membros desta Corte ou mesmo se passando por eles. O alerta se dá especialmente pela reincidência desse tipo de golpe que, apesar das recentes prisões e condenações de estelionatários, continua registrando ocorrências e, consequentemente, sendo alvo de investigação policial.

    Serra de São Bento: Sindicatos ligados a CUT no RN e Movimentos de Mulheres emitem nota de repúdio contra funcionário que ameaçou de morte colegas de trabalho

    Na cidade de Serra de São Bento o clima esquentou entre funcionários do Município. Segundo informações dos sindicatos SINDSERRAMONTE, Secretaria Estadual da Juventude CUT/RN e FETAM/RN/CONFETAM/CUT, um funcionário teria chegado a secretaria de Educação daquele Município e agredido verbalmente professoras que ali estavam. As funcionárias registraram um BO contra o acusado na Delegacia de Polícia Civil de São José do Campestre. 

    Veja uma das notas de emitida pela FETAM e Movimento de Mulheres do RN

    Uso de smartphones está criando epidemia de 'pescoço tecnológico'

    Resultado de imagem para epidemia de 'pescoço tecnológico'Pescoço de texto, geração da cabeça baixa ou pescoço tecnológico…já ouviu falar?! O problema vem se tornando cada vez mais comum e preocupante em todo o mundo; entre jovens e adultos. E o negócio é sério: a Organização Mundial de Saúde já considera a síndrome epidêmica.

    Você já parou para prestar atenção como a gente inclina a cabeça para frente quando está usando o celular? Na rua, existe uma legião de cabeças baixas. E é toda hora! Pesquisas recentes indicar que, atualmente, as pessoas consultam seus dispositivos móveis até 150 vezes por dia - o que consumiria quatro horas do dia assim: com o pescoço torto para baixo. Quatro horas por dia? Faça as contas, são 120 horas por mês…mais de 1400 horas por ano de estresse contínuo sobre a coluna.

    O número de queixas em todo o mundo é cada vez maior; por isso, ortopedistas, fisioterapeutas e outros profissionais de saúde têm alertado sobre o problema de postura causado por esse uso excessivo do smartphone.

    A má postura pode levar a um desgaste da coluna vertebral, sobrecarregando as vértebras cervicais. Mais do que isso, a tensão muscular pode causar a compressão de nervos e até hérnias de disco. O primeiro sintoma é sempre a dor; na região superior das costas e no pescoço. Em crianças e jovens ainda em fase de desenvolvimento ósseo, a postura errada do pescoço pode comprometer até o crescimento.

    Um estudo do Centro Médico de Cirurgia Espinhal e Reabilitação de Nova York mostrou que a postura ideal é definida pelo alinhamento das orelhas com os ombros. Mas ao usar o celular com a cabeça baixa, a maioria das pessoas ainda projeta os ombros para frente. Se a gente levar em conta que a cabeça de um adulto pesa entre cinco e oito quilos, à medida que a cabeça dobra para frente e para baixo, a pressão sobre a coluna cervical aumenta. Segundo esse mesmo estudo do instituto americano, se o ângulo de curvatura do pescoço ficar em 15 graus, por exemplo, a carga sobre a coluna será de aproximadamente 12 quilos. Aos 60 graus de inclinação, o peso já chega a quase 30 quilos!

    Algumas dicas podem garantir uma postura um pouquinho melhor e menos agressiva para o seu pescoço como, por exemplo, olhar para baixo apenas com os olhos, sem dobrar tanto o pescoço; controlar o tempo de uso do celular também é uma boa.

    Com 16 anos de idade, o Vitor confessa que passa praticamente o dia inteiro entre o computador e o smartphone. Ele não liga muito para a posição do pescoço; pelo menos ainda. Apesar de nunca ter sentido dor, por histórico familiar de sucessivos problemas na coluna, ele já se previne e faz sessões de fisioterapia todas as semanas para acertar a postura.

    Se você se preocupa com seu pescoço e sua postura, exercícios de alongamento podem ser úteis. É fácil, basta movimentar a cabeça para cima e para baixo e da esquerda para a direita - repita o movimento pelo menos 10 vezes seguidas. Tente encostar o queixo no tórax para alongar. Agora se você já estiver com qualquer sinal de pescoço tecnológico, procure o quanto antes um profissional.

    *Com informações Olhar Digital


    Resultado de imagem para jk cartuchos impressoras
    Atenção Prefeituras e Câmaras Municipais: 

    Trabalhamos com recargas de toner e manutenção de impressoras a laser da HP-SAMSUNG-BROTHER-EPSON, emitimos notas fiscal e certidões negativas. Entre em contato conosco e solicite orçamento.

    Para Ayres Britto, facção de assaltantes do erário é pior que PCC

    Resultado de imagem para Ayres Britto
    Na explosão de criminalidade deste início de 2017, as quadrilhas que convertem prisões em centros de delinquência e selvageria disputam o noticiário com os corruptos e corruptores pilhados na Lava Jato.

    Em entrevista ao blog, Ayres Britto, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal na época do julgamento do mensalão, foi convidado a dizer qual das duas facções é mais nociva para o país — a dos mensalões e petrolões ou a dos PCCs e Comandos Vermelhos? (assista no vídeo acima) “Ambas são deletérias”, disse o ex-ministro, antes de acrescentar:

    “Os assaltantes do erário são os meliantes mais prejudiciais à ideia de vida civilizada. […] O dinheiro que desce pelo ralo da corrupção —sistemicamente, enquadrilhadamente—, é o que falta para o Estado desempenhar bem o seu papel no plano da infraestrutra econômica, social, prestação de serviços públicos, educação de qualidade, saúde. O assaltante do erário, no fundo, é um genocida. É o bandido número um.”

    Josias de Souza


    Atenção Prefeituras e Câmaras Municipais: 

    Trabalhamos com recargas de toner e manutenção de impressoras a laser da HP-SAMSUNG-BROTHER-EPSON, emitimos notas fiscal e certidões negativas. Entre em contato conosco e solicite orçamento.
    Resultado de imagem para jk cartuchos impressoras

    Prefeituras podem ter 'trava' a recolhimento inferior ao previsto

    A criação de uma espécie de "trava" para impedir que as prefeituras façam um recolhimento inferior ao porcentual de 20% previsto nas contribuições previdenciárias e deixe esse passivo para ser coberto futuramente, por uma nova administração, é uma das propostas do provável relator da reforma da Previdência Social na Comissão Especial da Câmara, Arthur Maia (PPS-BA).

    Maia citou um exemplo hipotético de uma prefeitura que paga R$ 1 milhão em folha salarial e, por essa razão, teria R$ 200 mil a pagar em contribuições previdenciárias. Mas essa prefeitura emite uma guia de recolhimento do imposto, paga um valor inferior aos R$ 200 mil, faz uma renegociação do passivo por período de 20 anos e deixa a dívida para o próximo prefeito.

    O deputado afirmou que essa forma de agir é uma prática muito comum atualmente. A forma de evitar essas atitudes, em sua opinião, seria a criação de regras para barrar o adiamento de recolhimento dessas contribuições. "Nessa questão da dívida poderemos avançar no sentido de penalizar aquele que não esteja pagando a Previdência", defendeu ele.

    Devedores

    A lista de devedores do INSS contabilizava, em 2015, um passivo de R$ 374 bilhões. Somente com os cem maiores devedores a dívida era de R$ 44 bilhões. Maia disse que a cobrança dessas dívidas não depende mais do Executivo e do Legislativo, por já estarem na Justiça. Por isso, avalia ele, esse potencial recurso não pode ser contabilizado como recurso "líquido e certo" para o caixa deficitário da Previdência.

    Agência Estado


    Atenção Prefeituras e Câmaras Municipais: 

    Trabalhamos com recargas de toner e manutenção de impressoras a laser da HP-SAMSUNG-BROTHER-EPSON, emitimos notas fiscal e certidões negativas. Entre em contato conosco e solicite orçamento.
    Resultado de imagem para jk cartuchos impressoras

    Ridículo: A gambiarra criada pelo Governo do RN para por fim a guerra campal entre facções criminosas em Alcaçuz

    A imagem pode conter: atividades ao ar livre
    Só depois de uma semana de batalha campal entre as facções do PCC e o sindicato do RN em Alcaçuz, onde dezenas de detentos perderam suas vidas, enfim, o Governo da segurança apresentou para o Estado, o País e o Mundo a solução para tentar acalmar os ânimos dos detentos. Um muro de contêineres. Parabéns Governador pela gambiarra, nem as organizações Tabajara teria tal ideia mirabolante.

    Resultado de imagem para jk cartuchos impressoras

    Atenção Prefeituras e Câmaras Municipais: 


    Trabalhamos com recargas de toner e manutenção de impressoras a laser da HP-SAMSUNG-BROTHER-EPSON, emitimos notas fiscal e certidões negativa. Entre em contato conosco e solicite orçamento.

    Em Alcaçuz, presos controlam chave de pavilhões e até entrada de comida

    Todos os dias, a empresa contratada para fornecer alimentação aos cerca de 1.300 detentos deixa as quentinhas na portaria da penitenciária de Alcaçuz. Naquele momento, agentes chamam um preso, conhecido como "pagador", que tem um carrinho já preparado para levar os alimentos aos colegas. Sim, são os presos que distribuem a comida entre si --podendo decidir, inclusive, quem se alimenta.

    Essa é só uma das rotinas que mostram o domínio dos presos na penitenciária de Nísia Floresta (na Grande Natal), onde, no dia 14 de janeiro, houve um massacre com pelo menos 26 mortes de detentos.

    'Muro' que separa facções em Alcaçuz tem 1ª fileira de contêineres pronta

    Por G1/RN - Está pronta a primeira fileira do muro feito com contêineres – estrutura improvisada para separar as duas facções criminosas que disputam o poder dentro da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte. Uma segunda fileira, posta sobre a base, deverá ser feita ainda neste domingo (22). Apesar da separação, os detentos permanecem soltos pela unidade.

    Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal. Foi lá, no fim de semana passado, que pelo menos 26 detentos foram mortos durante a invasão de um pavilhão. Na quinta (19), após novo enfrentamento, muitos presos ficaram feridos. A PM confirma que há novos mortos dentro da unidade, mas não informou o número. Neste sábado, enquanto os contêineres eram posicionados, equipes do Instituto Técnico de Perícia (Itep) encontraram e recolheram duas cabeças, um antebraço, um braço e uma perna.

    A medida, segundo o governo, é temporária até que um muro definitivo seja construído dividindo os pavilhões 1, 2 e 3 (ocupados por membros do Sindicato do RN) dos pavilhões 4 e 5 (dominados pelo PCC). Os contêineres, cada um com 12 metros, darão lugar a um muro de concreto de 90 metros de extensão. Ainda de acordo com o governo, a construção deste muro permanente levará 15 dias.

    Rombo: Prefeita Alda Romão descobre dívida de R$ 1,5 milhão deixada por Sione Oliveira na prefeitura de São José do Campestre

    A prefeita do município de São José do Campestre, professora Alda Romão, esteve recentemente na receita federal, para tomar conhecimento dos motivos pelos quais, a cota do FPM do dia 10 de janeiro, ficou “zerada”. A receita federal informou que a gestão da ex-prefeita Sione Oliveira “sonegou” contas de junho a dezembro de 2016, a importância de RS 403.701,36, deixou debito em cobrança de R$ 628.288,10, não pagou o INSS patronal referente à folha de pagamento dos servidores, do mês de dezembro e do 13º, valor estimado de R$ 500.000,00. Como também, não pagou o PASEP, referente aos meses de novembro e dezembro, podendo o município, ter o FPM bloqueado pela falta de pagamento do PASEP. 

    O mais grave é que, a ex-prefeita Sione Oliveira, não fechou a contabilidade do ano de 2016, sem essas informações contábeis, a nova administração tem dificuldades para resolver essas pendências junto à receita federal. Toda essa divida deixada junto à receita federal, totaliza a importância de R$ 1.531.670,87.

    Em dezembro passado, a prefeita Alda Romão, tinha nomeado uma comissão de transição de governo municipal, para ter acesso às informações contábeis e financeiras do município. A comissão de transição, não obteve as informações necessárias da administração da ex-prefeita Sione Oliveira, conforme relatório conclusivo apresentado pelo coordenador da comissão, Dr. Otacílio Cassiano do Nascimento Neto. Diante desse fato, a nova administração, vem tendo algumas surpresas desagradáveis, dentre elas, a 1ª cota do FPM, do último dia 10 de janeiro que foi “zerada”, e que ainda existe a possibilidade da 1ª cota de fevereiro vim "zerada", caso a atual administração não consiga quitar essa pendencia deixada pela gestão anterior.

    Infelizmente a ex-prefeita, Sione Oliveira, faltou com a verdade ao usar uma emissora de rádio comunitária para dizer a população campestrense que deixou mais de 700 mil reais nas contas do município. Toda essa irresponsabilidade poderá penalizar os servidores municipais, comprometendo pagamentos da folha de pessoal e um terço de férias dos profissionais do FUNDEB. O procurador geral do município, Dr. Otacílio Neto, está tomando as medidas legais cabíveis para o caso.