• Últimas Notícias

    quarta-feira, 26 de julho de 2017

    TJRN vai participar das ações de combate à violência contra a mulher durante o Agosto Lilás

    O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte participou nesta terça-feira (25) do lançamento da campanha ‘Agosto Lilás’, promovida pela Secretaria Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres. A campanha visa promover iniciativas de conscientização e combate à violência contra a mulher e terá o apoio do Judiciário potiguar.

    Responsável pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica (CE-Mulher), o juiz Deyvis Marques foi um dos representantes do TJRN na reunião. O magistrado aprovou o evento e confirmou a participação do Judiciário como parceiro da campanha.
    “O Tribunal vai entrar como parceiro do Agosto Lilás, promovendo ações de combate a violência contra a mulher. É neste mês que vai acontecer a nossa Semana da Justiça pela Paz em Casa, na qual vamos ter pautas de audiência para julgar casos relativos a esta temática”, explicou.

    Ainda de acordo com o magistrado, a realização dos chamados ‘pautões’ vai funcionar em uma sistemática similar à de um mutirão, onde os casos relacionados à violência contra a mulher serão priorizados. Ao todo, 180 audiências já estão aprazadas nos municípios de Natal e Parnamirim - os casos também serão priorizados por varas e comarcas do interior do estado.

    Além das audiências aprazadas para todo o estado, o magistrado ainda vai atuar como palestrante em eventos promovidos durante a programação da campanha. As palestras, segundo o magistrado, vão destacar e explicar a atuação do Poder Judiciário no combate à violência no RN.

    Além do coordenador da CE-Mulher, também representou o Tribunal de Justiça durante o lançamento da campanha o juiz Jarbas Bezerra, da 11ª Vara Criminal de Natal. Compareceram ao evento, ainda, a Secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Flávia Lisboa, e a deputada estadual Cristiane Dantas, e os comandantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Com informações do TJ RN

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.