• Últimas Notícias

    quarta-feira, 5 de julho de 2017

    Polícia Rodoviária Federal reduz policiamento em estradas por falta de verbas

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) anunciou redução nas atividades de policiamento das estradas federais por falta de verbas. Em nota divulgada na noite de terça-feira (4), a corporação anunciou diminuição imediata do patrulhamento com viatura, suspensão de resgates aéreos e fechamento de unidades.

    A PRF diz que os cortes de serviços decorrem de um contingenciamento de verbas decretado pelo governo federal em março deste ano, e que buscará diminuir o prejuízo no atendimento de ocorrências emergenciais.

    Medidas

    Suspensão, a partir do quinta-feira (6), dos serviços de escolta de cargas superdimensionadas e escoltas em rodovias federais;
    Suspensão imediata das atividades aéreas (policiamento e resgate aéreo);
    Redução imediata dos deslocamentos terrestres de viaturas em patrulhamento;
    Desativação de unidades operacionais.
    Alteração do horário de funcionamento das unidades administrativas, com priorização de atendimento ao público entre 9h e 13h;

    “Frente ao caráter temporário do contingenciamento, as medidas adotadas foram selecionadas de maneira que impactem o mínimo possível a atividade finalística do órgão e que possam ter reversão sem prejuízos à administração quando da recomposição orçamentária”, diz trecho da nota divulgada.

    De acordo com a PRF, será estipulado um cronograma para desativar unidades operacionais, conforme planejamento regional. O policiamento destas áreas que ficarem descobertas será feito por outras unidades operacionais.

    A PRF informou ainda que, em conjunto com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, negocia com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão para que o orçamento seja recomposto o mais breve possível. G1

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.