• Últimas Notícias

    segunda-feira, 17 de julho de 2017

    Peso-pesado amador morre após luta de MMA, e evento acaba cancelado

    O lutador americano e amador Donshay White faleceu no último sábado depois de uma luta no evento Hardrock MMA 90, na Expo Five, na cidade de Louisville, no estado americano do Kentucky. White, de 37 anos, disputava uma luta de pesos-pesados contra Ricky Muse, e foi nocauteado com 2m22 do segundo round, quando o árbitro Gary Copeland interrompeu a luta quando o lutador já não respondia aos golpes do adversário.

    Segundo reportagem do site “Blue Grass MMA”, depois da luta, Donshay White parecia exausto e imediatamente recebeu atendimento médico. Ao caminhar para os vestiários com suas próprias forças, ele desmaiou e não reagiu mais. Ele recebeu os primeiros socorros ainda no local e depois foi levado de ambulância para o hospital KentuckyOne Health Sts. Mary e Elizabeth. A causa da morte ainda não foi divulgada.

    Donshay White tinha feito apenas uma luta amadora de MMA na vida, em novembro de 2015, quando venceu John Johnson Jr., por nocaute, no primeiro round. Na noite de sábado, lutava pela segunda vez, contra um adversário que fazia sua estreia no esporte.

    Durante a oitava luta da noite, entre Matthew Schofield e Bryan Hamilton, os médicos foram chamados mais uma vez para os bastidores. Kalen Ray, que havia feito a luta anterior e foi nocauteado no segundo round por Jason Keller, também desmaiou e foi levado para o hospital, mas passa bem. Diante destas circunstâncias, o restante do evento foi todo cancelado.

    Combate via Paraíba.com

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.