• Últimas Notícias

    segunda-feira, 10 de julho de 2017

    Bizarro: jovem gasta R$ 100 mil para ser um elfo: 'Minha própria percepção de beleza'

    Jovem pretende ser um elfo
    O argentino Luis Padrón, de 25 anos, quer se transformar em um elfo. Nos últimos sete anos, ele já passou por 30 cirurgias. Com os procedimentos, Luis — que se considera uma "trans-espécie", da mesma forma que algumas pessoas se identificam com outro gênero — gastou aproximadamente R$ 100 mil. As alterações em sua aparência, contudo, ainda não terminaram.

    Luis Padrón ao lado do "Vou fazer o necessário para me transformar em um ser fantástico, etéreo, elegante e delicado", disse ao jornal argentino "El Clarín". Para ele, ser um cosplayer, ou seja, fantasiar-se de personagens ficcionais, não bastava: "Queria me transformar em minha própria percepção de beleza".

    O jovem já modificou sua mandíbula, reduziu o pomo de Adão, fez uma depilação completa do corpo e um procedimento para clarear sua pele. Mas ele ainda não se deu por satisfeito. 
    Ao todo, Luis contabiliza dez intervenções cirúrgias que ainda precisa realizar, como a alteração da cor de seus olhos, de castanhos para azuis, que fará na Índia, e depois buscará um cirurgião plástico para deixar suas orelhas pontudas e seus olhos com um aspecto felino. Além disso, pretende remover quatro costelas — para dar a ilusão de ser mais alto — e colocar implantes capilares e musculares.

    Para compor o visual, Luis dispõe de muitas lentes de contato e vestimentas especiais que combinam com sua maneira de ser.

    Sem o apoio dos pais na mudança de sua aparência, Luis financiou sozinho o seu sonho, por meio da venda de produtos para cosplayers durante cinco anos.

    Desde criança, ele é fã da literatura fantástica e, por causa de seus gostos peculiares, sofreu bullying na escola. No entanto, isso não impediu seus impulsos por sentir-se na pele de seus personagens favoritos.

    Por Extra

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.