• Últimas Notícias

    terça-feira, 27 de junho de 2017

    Presidente do PT do Rio defende 'confronto popular' caso Lula seja condenado

    Resultado de imagem para Presidente do PT do Rio defende 'confronto popular' caso Lula seja condenadoO presidente do PT do Rio de Janeiro, Washington Luiz Siqueira, conhecido como Washington Quaquá, divulgou nota nesta segunda-feira (26) na qual sugere “confronto popular aberto nas ruas” caso o ex-presidente Lula seja condenado pelo juiz Sérgio Moro. 

    "Queremos, a partir do Rio de Janeiro, dizer em alto e bom som: condenar Lula sem provas é acabar de vez com a democracia! Se fizerem isso, se preparem! Não haverá mais respeito a nenhuma instituição e esse será o caminho para o confronto popular aberto nas ruas do Rio e do Brasil!", afirma o dirigente. 

    Quaquá afirma que o partido quer “repactuar o Brasil em torno da democracia” e dos direitos e reformas “que melhorem, de fato, a vida do povo”, mas aponta que “a burguesia que deu o golpe” dará o tom dos próximos passos e definirá “se será pacto democrático ou luta aberta”. 

    "Vamos nos preparar pra luta da forma como ela vier. O judiciário brasileiro precisa dizer se vai aprofundar o golpe ou vai ajudar a restituir a democracia roubada. 

    A garantia de eleições e do direito do Lula concorrer às eleições limpas (já que está mais do que evidente que não há crime por ele cometido e nenhuma prova produzida, depois de anos de investigação e de pressões e benefícios absurdos concedidos para quem se dispusesse a delatá-lo) é a última trincheira, que caso ultrapassada, não restará mais nenhum compromisso democrático no Brasil", encerra o comunicado.

    Bahia Notícias

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.