• Últimas Notícias

    quarta-feira, 26 de abril de 2017

    Crise espanta correspondentes estrangeiros do Brasil

    Reportagem de Julia Michaels, no site da revista Piauí, mostra que a forte crise nacional também está afetando a mídia internacional que opera no Brasil. Muitos escritórios de grandes empresas de comunicação estão sendo fechados e os correspondentes indo embora. 

    "Ao contrário do que se passou no escritório do NYT, que apenas trocou seu jornalista de país, a maioria dos veículos de imprensa internacionais está fechando as portas ou enxugando drasticamente seu quadro de funcionários no Brasil. A revoada dos repórteres estrangeiros começou em fevereiro, quando foi extinto o escritório do serviço de broadcasting BBC no Rio de Janeiro, que empregava seis pessoas. Metade da equipe foi demitida e os demais foram transferidos para São Paulo", diz o texto.

    Um dos exemplos da forte redução de quadros é o Wall Street Journal, que já chegou a ter dez jornalistas no Brasil e hoje tem metade. 


    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.