• Últimas Notícias

    segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

    Multinacional quer pesquisar a existência de scheelita em Nova Cruz


    O ano de 2017 iniciou com uma nova expectativa de resultado para o setor de mineração. O Departamento Nacional de Produção Mineral no Estado do Rio Grande do Norte-DNPM, órgão do Governo Federal responsável pela autorização de pesquisa e exploração de todos os minérios, registrou pela primeira vez um pedido para pesquisa de scheelita na região de Nova Cruz. A solicitação foi apresentada pela Neiman Mineração Brasil LTDA., empresa do Neiman Group, multinacional instalada no País, com capital espanhol e americano. 

    De acordo com o engenheiro de minas da empresa e consultor da Federação das Associações de Engenheiros de Minas do Brasil-FAEMI, Ranieri de Araújo Pereira, a empresa está apenas aguardando a autorização do DNPM para começar a pesquisar a existência da scheelita na área de Nova Cruz. “Temos conhecimento de que existe esse minério naquela região e é isso que vamos comprovar para, posteriormente, começarmos a explorar”, explicou Ranieri. 

    A pesquisa, na qual serão identificados o volume de minério existente na área e a viabilidade de exploração, deverá durar de dois a três anos. Após a autorização para exploração, prevista para sair dentro de um mês, a empresa firma um contrato com o proprietário da área para dar início à exploração no local. “O trabalho irá necessitar da contratação de mão de obra, aquisição e aluguel de máquinas e equipamentos, fatores que irão gerar renda e emprego para o estado.

    A scheelita extraída será destinada ao mercado externo, possibilitando também a entrada de divisas”, enfatizou o engenheiro de minas da Neiman Mineração Brasil LTDA. O Rio Grande do Norte exportou em 2016 cerca de US$ 2,0 milhões em scheelita para um volume equivalente a 212 toneladas, de acordo com dados obtidos pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (SEDEC).

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.